Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Defensoria promove 1º Mamaço virtual em prol da amamentação
Foto: Agência Brasil

A Defensoria Pública da Bahia (DP-BA) promove nesta quinta-feira (10), às 10h, o 1º Mamaço virtual para discutir autonomia, direito ao corpo e amamentação. O evento integra a campanha nacional da ONU 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres “Onde Você Está Que Não Me Vê?”, que tem dado visibilidade às mulheres e meninas que enfrentaram a violência antes e durante a pandemia da Covid-19. 

 

A defensora pública Luanna Ramalho, responsável por idealizar o evento, pontua que o 1º Mamaço virtual da instituição vai visibilizar ainda a opção política da Defensoria Pública da Bahia de vincular as defensoras, servidoras, estagiárias e colaboradoras lactantes ao dever de permanência em regime de trabalho remoto. 

 

“Além de toda a questão que envolve a autonomia da mulher e a amamentação, a ideia deste encontro surge também no contexto dos questionamentos enfrentados para implementação dessa previsão normativa, que passaram por inquirições sobre porquê a instituição vinculou as lactantes ao dever de permanência em trabalho remoto, sobre a forma de comprovação da condição de lactância e até sobre a eventual necessidade de condicionar essa vinculação entre lactante e trabalho remoto a uma ‘idade máxima’ do lactente”, informou a defensora. 

 

O evento vai contar com mediação da defensora pública e coordenadora da Especializada de Proteção aos Direitos Humanos e Itinerante Lívia Almeida, com a participação da antropóloga, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Ufba Naiara Maria Santana, e da médica ginecologista, obstetra, parteira domiciliar com 20 de atuação com atendimento humanizado Carla Bastos Daher. O evento acontecerá pelo Google Meet (Inscrições gratuitas pelo WhatsApp 71 99726-0487). 

Histórico de Conteúdo