Cantor Reinaldinho enaltece Axé com novos projetos musicais: ‘É uma força tratora’
Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Com bom humor e mencionando que optou por viver da arte, Reinaldinho chegou à redação do Bahia Notícias neste mês para falar de sua carreira e dos novos projetos. O cantor está fazendo o “Boteco do Reinaldinho”, no Caranguejo do Baiano, toda semana em Salvador. Ele também está envolvido no projeto “Axé 90º”, ao lado de Tatau e Ninha. Diferente de alguns artistas que têm enterrado o Axé, Reinaldinho prefere buscar fortalecer o ritmo, mostrando que ele continua vivo. “Morrer é uma palavra muito forte. Mesmo que todos os artistas do gênero não existissem mais, ele não morreria, pois está na memória musical. Isso é muito particular de cada um. Eu penso assim. Quando vejo uma Ivete Sangalo cantar, por exemplo, não tem como dizer que morreu”, ressaltou. Para ele, as falas que apontam a crise no ritmo baiano só aumentam a vontade do povo em querer ouvir as músicas do passado. “É uma força tratora. Quanto mais você diz que vai acabar, as pessoas pedem para que volte”. Leia a entrevista completa!

Histórico de Conteúdo