Segunda, 08 de Junho de 2020 - 12:35

Denny teve medo de virar pai por conta do racismo: 'Esse mundo não merece meu filho' 

por Júnior Moreira Bordalo

Denny teve medo de virar pai por conta do racismo: 'Esse mundo não merece meu filho' 
Arte: Bahia Notícias

O cantor Denny Denan foi o convidado da live do Bahia Notícias da manhã desta segunda-feira (8). Iniciando o papo falando em espanhol, o cantor já entrega que estava em reunião com produtores argentinos minutos atrás. O contato faz parte da rotina do baiano que pretende lançar músicas com artistas dos EUA, Argentina e Cuba. Além disso, o ex-timbaleiro contou como tem sido sua rotina na quarentena, os desafios deste período e desabafou sobre racismo. Pai do pequeno Lucca, ele disse que teve medo de gerar um filho.  

 

"Ficava assim: 'Esse mundo não merece meu filho', pois é um mundo que desde o princípio é violento [...]. A gente tem uma herança de violência, é algo surreal. A cada dia a gente vê coisas piores acontecendo e que me deixam muito triste", desabafou. Denny, então, lembrou dos episódios recentes que tomaram as redes sociais, como a morte de George Floyd nos EUA e do pequeno Miguel, que caiu do no 9º andar de um prédio em recife após descaso da chefe de sua mãe (entenda aqui). "É chegado um ponto em que nós negros temos que dizer que 'vidas negras importam'. Olha isso! Já sofri preconceito para caralho, desde criança ando por esse mundo. Todo ano viajava para fazer turnê internacional e passava quatro, seis meses fora do País e daí você já sabe", lembrou. Confira o papo: 

Histórico de Conteúdo