Sexta, 19 de Abril de 2019 - 12:30

Após boas atuações, Nino revela que ganhou mais liberdade com mudança tática de Roger

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Após boas atuações, Nino revela que ganhou mais liberdade com mudança tática de Roger
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O lateral-direito Nino Paraíba atribuiu sua recente subida de produção à chegada do técnico Roger Machado. Bastante criticado pela torcida anteriormente, o jogador foi o destaque do Tricolor nas duas últimas partidas, principalmente na goleada por 4 a 0 sobre o Londrina, nesta quinta-feira (18), em que marcou um gol e deu o passe para outro.

 

"O Roger chegou e deu mais liberdade para a gente lateral. Conseguimos chegar mais na frente. Na outra, eu ficava um pouco na linha de três e o Moisés apoiava um pouco mais. Mas agora o nosso time todo deu o melhor dentro de campo. O Roger falou que se cada um se dedicasse mais do que o jogo passado, a gente sabia que podia fazer um bom resultado", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Nino destacou a importância da boa sequência que tem emplacado, principalmente na visão do torcedor. Ele teve o nome cantado nas arquibancadas da Fonte Nova contra o Londrina. 

 

"Para mim é muito importante. A gente sabe que é difícil, desde janeiro sendo cobrado por uma coisa que eu sei que posso dar mais. Mas está tudo encaminhando, dando certo, meus companheiros estão me dando força em cada jogo. Graças a Deus agora começaram a sair os gols e dar passe", disse.

 

Após a eliminação na Copa do Nordeste, na derrota para o Sampaio Corrêa, o Bahia emplacou quatro jogos sem perder, sendo dois triunfos, ambos pela Copa do Brasil. No próximo domingo (21), o time decide o título do Campeonato Baiano com o Bahia de Feira, na Fonte Nova. Depois, faz o segundo jogo da quarta fase da Copa do Brasil com o Londrina. Em seguida, o Tricolor estreia no Brasileirão diante do Corinthians, em casa, no dia 28 de abril. Nino vibrou com a boa sequência da equipe baiana que parece entrar nos trilhos, após um primeiro semestre irregular.

 

"Para a gente é muito bom. Conseguimos fazer uns bons jogos para quando chegar no Brasileiro a gente começar bem. Sabemos que vai ser difícil, mas dentro de casa temos que fazer o dever de casa. Agora é pensar no Bahia de Feira domingo e esperar sair com o título", falou.

 

Na decisão do Baiano, o confronto entre Bahia e Bahia de Feira está aberto e quem vencer conquista o título. Enquanto o empate leva a disputa para os pênaltis. Já na Copa do Brasil, a situação é bem mais confortável, o Tricolor pode perder por até três gols de diferença para avançar de fase.

Histórico de Conteúdo