Com 29 gols no ano, Gilberto iguala Kieza e só não supera Nonato
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Artilheiro do Bahia na temporada com 29 gols marcados, Gilberto está entre os maiores goleadores do Esquadrão de Aço no Século XXI. A marca de 2019 foi a mesma de Kieza em 2015 e só não superou Nonato.

 

Em 2001 e 2002, Nonato marcou 34 e 35 gols, respectivamente. Ele é o sétimo maior marcador da história do Tricolor, com 125 tentos anotados.

 

Gilberto, que está no clube desde julho de 2018, soma 38 gols em 83 partidas disputadas. A sua marca pelo Bahia deve aumentar, já que ele tem o retorno previsto para a próxima temporada.

Quarta, 11 de Dezembro de 2019 - 08:55

Time de transição do Bahia vai 'testar' Cidade Tricolor no fim de dezembro

por Ulisses Gama

Time de transição do Bahia vai 'testar' Cidade Tricolor no fim de dezembro
Foto: Divulgação

A Cidade Tricolor será o palco da reapresentação do elenco principal do Bahia no dia 6 de janeiro. Mas antes disso, atletas do Esquadrão de Aço já vão estar presentes na nova estrutura do clube.

 

O Bahia Notícias apurou que o time de transição, que ainda está treinando no Fazendão, vai se mudar para o novo CT na última semana de dezembro. A ideia é testar toda a estrutura que passou por um longo período de reformas.

 

A equipe comandada por Dado Cavalcanti se prepara para a disputa do Campeonato Baiano. O primeiro desafio do grupo será no dia 15 de janeiro, contra a Juazeirense, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

 

Confira fotos da Cidade Tricolor:

 

Foto: Divulgação / EC Bahia

 

Foto: Divulgação / EC Bahia

 

Foto: Divulgação / EC Bahia

Terça, 10 de Dezembro de 2019 - 20:17

Cerri sobre permanência no Bahia: 'Senti que precisava honrar esse compromisso'

por Ulisses Gama

Cerri sobre permanência no Bahia: 'Senti que precisava honrar esse compromisso'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Logo após a informação de que Diego Cerri recusou a proposta do Palmeiras, o Bahia divulgou um comunicado sobre a permanência do diretor de futebol no clube. Na publicação, o Esquadrão de Aço divulgou um texto do profissional.

 

Em suas palavras, o dirigente do Tricolor agradeceu pelo convite do Palmeiras, mas afirmou que "precisava honrar esse compromisso" com o Bahia. 

 

Ainda segundo o dirigente, não houve nenhuma mudança financeira em seu contrato com o Bahia. Ele também disse que o objetivo é levar a equipe para grandes conquistas já na temporada 2020.

 

O elenco principal do Bahia se reapresenta para o próximo ano no dia 6 de janeiro, na Cidade Tricolor. A primeira partida será no dia 25 de janeiro, contra o Santa Cruz, no Arruda, pela Copa do Nordeste.

 

Confira o texto completo:

 

"Na tarde desta terça-feira, comuniquei ao presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, que - apesar de honrado com o convite para assumir a direção de futebol do clube - tomei a decisão pela permanência no Bahia.

 

Quando o presidente Guilherme Bellintani assumiu, firmamos um compromisso de tocar um projeto muito grande de cada vez mais profissionalizar o Bahia. Senti que precisava honrar esse compromisso até o fim. Em 2020, traçamos como meta galgar voos ainda maiores. 

 

Ouvi, sim, o projeto do Palmeiras, pois sou profissional e respeito muito a instituição. No entanto, este não era o momento de romper o trabalho sério e profundo que temos feito com o Esporte Clube Bahia.

 

Faço questão de deixar claro que a parte financeira em nenhum momento pesou em minha decisão, sem mudança em remuneração ou premiação em meu contrato com o Bahia.

 

Tenho muita ambição de colocar o Bahia no lugar que ele merece, no topo das instituições do Brasil. Além disso, sou muito orgulhoso em trabalhar em um clube que presta um serviço enorme com causas sociais sérias e necessárias, como forma de retribuição do futebol à sociedade.

 

Obrigado novamente ao Palmeiras pelo convite. Agradeço também ao carinho dos torcedores dos dois clubes, que recebi durante esses dois dias. Ao torcedor tricolor, tenha certeza que o trabalho dessa gestão continua firme em 2020! Bora, Bahêa!".

Terça, 10 de Dezembro de 2019 - 19:34

Diego Cerri recusa proposta do Palmeiras e permanece no Bahia

por Ulisses Gama

Diego Cerri recusa proposta do Palmeiras e permanece no Bahia
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O diretor de futebol Diego Cerri vai permanecer no Bahia. Nesta terça-feira (10), o Palmeiras anunciou oficialmente que o profissional recusou a proposta do clube paulista. Com isso, o planejamento do Tricolor com o dirigente para a próxima temporada está mantido.

 

Conforme apuração do Bahia Notícias, a diretoria do Esquadrão de Aço tinha a perspectiva de permanência de Diego Cerri. No entanto, o alviverde intensificou a procura pelo profissional, o que gerou dúvida sobre a sua continuidade na Cidade Tricolor.

 

Cerri chegou ao Bahia em 2016, inicialmente para ser gerente de futebol no lugar de Éder Ferrari. Na sequência, o gestor assumiu o lugar de Nei Pandolfo no comando do elenco profissional.

Terça, 10 de Dezembro de 2019 - 17:45

Gustavo cita 'grande responsabilidade' de jogar o Baianão: 'Bahia é Bahia'

por Ulisses Gama

Gustavo cita 'grande responsabilidade' de jogar o Baianão: 'Bahia é Bahia'
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Um dos destaques do time de transição do Bahia, Gustavo está prestes a disputar o seu segundo Campeonato Baiano. O atacante, que se destacou pelo Jequié, agora vai ter a missão de defender o Esquadrão na competição estadual.

 

Escolhido para falar com a imprensa nesta terça-feira (10), o jogador destacou o fato de estar treinando enquanto a maioria dos jogadores está de férias e apontou a missão de fazer uma boa pré-temporada.

 

"Tô acostumado. Já treinei mais cedo com times menores. Agora estou pegando esse foco no estadual e o Bahia é o Bahia. Temos que fazer uma boa pré-temporada para defender esse título para o clube", disse.

 

Gustavo apontou que a cobrança no clube é a mesma, independente de ser um time mais jovem.

 

"Responsabilidade gigante. É a segunda vez que disputo o Baiano. Agora estou em uma responsabilidade maior e temos que fazer um bom campeonato. Independente de ser time sub-23, a cobrança é a mesma. É fazer por merecer", indicou o jogador, que não escondeu o desejo de ser visto pela comissão técnica principal, liderada por Roger Machado.

 

"Queremos fazer um bom campeonato para ser vistos. Temos que fazer por merecer. Se fizermos uma boa campanha, com certeza vamos ter oportunidade", completou.

 

O Bahia faz a sua estreia no dia 15 de janeiro, contra a Juazeirense, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

Terça, 10 de Dezembro de 2019 - 15:25

A caminho do Palmeiras, Artur se despede do Bahia: 'Vou levar para a vida inteira'

por Ulisses Gama

A caminho do Palmeiras, Artur se despede do Bahia: 'Vou levar para a vida inteira'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Com retorno previsto ao Palmeiras para a próxima temporada, o atacante Artur foi mais um jogador a se despedir do Bahia. Em uma postagem no Instagram nesta terça-feira (10), o jogador agradeceu ao clube e citou o apoio da torcida durante toda a temporada.

 

"É, sempre chega aquele momento de dizer obrigado...e chegou minha vez! Mais um fim de temporada se encerrando e, claro, mais uma vez agradecendo ao papai do céu pelo ano, pelas conquistas e pelas derrotas... e também minha família, por todo suporte que tive durante o ano. E óbvio que não podia deixar de falar com lágrimas nos olhos o meu muito obrigado ao @ecbahia . Clube que me acolheu, que se tornou o clube que mais defendi na carreira, e onde tive um ano muito bom e pude voltar a realizar o sonho de vestir a camisa da Seleção Brasileira. À torcida apaixonante e aos anjos que me cercaram e apareceram nos momentos em que estava precisando, também quero dizer muito obrigado de coração por tudo... literalmente tudo, atletas, comissão, staff... eu só tenho a agradecer pela convivência e pelos ensinamentos! Vou levar para minha vida inteira esse clube no coração e com o sentimento de que todo ciclo tem um recomeço. Espero um dia voltar e conquistar mais títulos com essa camisa. Mais uma vez, muitíssimo obrigado por tudo!!", escreveu.

 

O camisa 98 foi um dos destaques da equipe tricolor nesta temporada. Em 57 partidas disputadas, o baixinho deu onze assistências para gol e balançou as redes dez vezes. Em duas oportunidades neste ano, ele foi convocado para a Seleção Olímpica.

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

É, sempre chega aquele momento de dizer obrigado...e chegou minha vez! Mais um fim de temporada se encerrando e, claro, mais uma vez agradecendo ao papai do céu pelo ano, pelas conquistas e pelas derrotas... e também minha família, por todo suporte que tive durante o ano. E óbvio que não podia deixar de falar com lágrimas nos olhos o meu muito obrigado ao @ecbahia . Clube que me acolheu, que se tornou o clube que mais defendi na carreira, e onde tive um ano muito bom e pude voltar a realizar o sonho de vestir a camisa da Seleção Brasileira. À torcida apaixonante e aos anjos que me cercaram e apareceram nos momentos em que estava precisando, também quero dizer muito obrigado de coração por tudo... literalmente tudo, atletas, comissão, staff... eu só tenho a agradecer pela convivência e pelos ensinamentos! Vou levar para minha vida inteira esse clube no coração e com o sentimento de que todo ciclo tem um recomeço. Espero um dia voltar e conquistar mais títulos com essa camisa. Mais uma vez, muitíssimo obrigado por tudo!!! #AVG #BBMP ??????

Uma publicação compartilhada por Artur Victor Guimarães (@arturvictor08) em

Bahia segue como líder do Nordeste no ranking da CBF; Vitória é o terceiro
Foto: Max Haack/Ag. Haack/ Bahia Notícias

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou na noite da última segunda-feira (9) o Ranking Nacional de Clubes de 2019. O Bahia segue como líder na região Nordeste com 10.719 pontos, seguido pelo Sport (7237) e Vitória (7045). O trio segue com as mesmas colocações do ano passado (relembre aqui).

 

Na lista geral, o Bahia pulou de 15ª para a 10ª posição, enquanto o Vitória permaneceu em 17º.

 

O terceiro clube baiano melhor colocado na lista da CBF é a Juazeirense, que saiu da 67ª posição para a 64º. O Cancão de Fogo acumula 1292 pontos. O Fluminense de Feira aparece na sequência, em 81º (924).

 

O Palmeiras é o líder nacional com 16.640 pontos. O Flamengo, atual campeão brasileiro, figura na segunda posição (15.428), acompanhado do Grêmio (15.160).

 

A lista considera as participações dos clubes realizadas nos últimos cinco anos, é o chamado ranking dinâmico.

Terça, 10 de Dezembro de 2019 - 10:15

Bahia tem preferência na renovação de contrato do zagueiro Ernando, diz empresário

por Ulisses Gama

Bahia tem preferência na renovação de contrato do zagueiro Ernando, diz empresário
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O zagueiro Ernando é um dos atletas que tem o contrato com o Bahia próximo do fim e ainda não há uma definição sobre o seu futuro. Permanecer no Esquadrão para a próxima temporada, porém, só depende do clube. De acordo com Roni, ex-jogador e empresário, existe um pré-contrato e o Bahia está no prazo para se manifestar sobre a continuidade do atleta.

 

"O Bahia tem a preferência de renovar. Ele tem um pré-contrato assinado. Basta o clube se manifestar, coisa que ainda não aconteceu oficialmente. Já está tudo acertado com mais um ano de contrato. O Bahia está no prazo para se manifestar e estamos aguardando", declarou, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Procurado pela reportagem, o clube preferiu não se manifestar sobre o assunto.

 

Ernando chegou ao Esquadrão de Aço no início da temporada e se tornou titular da equipe em uma parte do ano. Uma lesão de hérnia, no entanto, atrapalhou a sua sequência no clube. No total, foram 27 partidas disputadas.

Torcida LGBTricolor vai lançar camisa arco-íris com escudo do Bahia: 'Viemos para ficar'
Foto: Divulgação

A torcida LGBTricolor divulgou na última segunda-feira (9) uma camisa arco-íris com o escudo do Bahia. Apesar de não ser produzida oficialmente pelo clube, o grupo tem o apoio para poder lançar a peça.

 

"A nossa ação é de inclusão, de ampliação de horizontes de diálogo do futebol, inclusão de pessoas que estavam distantes. Nós viemos para ficar, de uma vez por todas. Vamos ocupar os estádios e os espaços do futebol. Queremos contar com o apoio de todos e todas. Nossas ações sempre serão de inclusão, nunca de exclusão de qualquer grupo", disse Onã Rudá, em entrevista ao site UOL Esporte.

 

A publicação sobre a camisa nas redes sociais rendeu uma grande interação de torcedores interessados na compra da camisa, que deve ser lançada para venda ainda nesta temporada. O grupo promete divulgar detalhes em breve.

Terça, 10 de Dezembro de 2019 - 06:00

Retrospectiva 2019: Bahia teve ano de fracassos dentro do campo e orgulho fora dele

por Ulisses Gama

Retrospectiva 2019: Bahia teve ano de fracassos dentro do campo e orgulho fora dele
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Com o fim da temporada 2019, chegou a hora de repassar como foi o ano do Bahia. Dentro de campo, o Esquadrão de Aço manteve seu lugar no topo do Campeonato Baiano, mas acumulou fracassos nas demais competições que disputou. Fora de campo, o clube deu uma lição de que é possível ser importante para a sociedade com ações afirmativas e de conscientização.

 

Fernandão é contratado e recebido com festa

 

O primeiro grande ato da temporada foi a contratação do centroavante Fernandão. Após um longo período de anseio da torcida, o Bahia Notícias revelou a negociação do jogador com o Esquadrão e o acerto foi fechado dias depois com o anúncio do presidente Guilherme Bellintani no Twitter. A chegada do jogador a Salvador foi marcada por uma grande festa da torcida. O camisa 20 acabou sendo reserva de Gilberto. No total, ele disputou 47 jogos e marcou 13 gols.

 

 

Sofrimento e título no Campeonato Baiano

 

Dono do título baiano em 2019, o Bahia viveu uma história de altos e baixos dentro da competição. Inicialmente, o Tricolor entrou com campo com jogadores sub-23 e tropeçou nas partidas contra Fluminense de Feira e Bahia de Feira. O empate e a derrota, respectivamente, complicaram a situação da equipe. 

 

A equipe comandada por Enderson Moreira teve que se mobilizar até a última rodada da primeira fase. No estádio Waldomiro Borges, em Jequié, Fernandão deu um show com quatro gols e classificou a equipe para a semifinal. Depois, passou pelo Atlético de Alagoinhas e fez uma dura decisão contra o Bahia de Feira. No primeiro jogo, 1 a 1 no Joia da Princesa. Já em Salvador, na Arena Fonte Nova, o Esquadrão bateu o Tremendão por 1 a 0 em uma partida dura, com destaque para o camisa 9 Gilberto, autor do gol, e defesa do goleiro Anderson após cobrança de pênalti. Nesta altura, o time já tinha o comando de Roger Machado.

 

A grande lembrança do título fica por conta da homenagem a Seu Adherbal, funcionário do clube que lutava contra um câncer e faleceu em julho.

 

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

 

Eliminação para o modesto Liverpool causou turbulência

 

Não era o Liverpool de Salah, Firmino e Mané, mas sim o modesto homônimo de Montevidéu a eliminar o Bahia na primeira fase da Copa Sul-Americana. Na Arena Fonte Nova, a equipe tricolor pressionou, mas viu Ignacio Ramírez marcar e conseguir uma grande façanha para os uruguaios em Salvador. Fora de casa, um insosso 0 a 0 cravou a eliminação de um Tricolor que sonhava ir além.

 

Gol do meio do campo tira Bahia da Copa do Nordeste na primeira fase

 

Se no Campeonato Baiano o Bahia conseguiu se salvar na última rodada, a sorte não foi a mesma na Copa do Nordeste. O Esquadrão de Aço não conseguiu acompanhar o grande desempenho do Grupo B e precisou reencontrar o Sampaio Corrêa, algoz da Copa do Nordeste de 2018, para conseguir a classificação. 

 

O resultado foi mais uma vez vexatório. Com um gol do meio de campo feito por Cleitinho, a Bolívia Querida venceu a sua primeira partida na competição e tirou o Tricolor, que demitiu o técnico Enderson Moreira logo depois.

 

 

Bahia derruba gigante na Copa do Brasil e iguala melhor campanha

 

Apesar de ser eliminado, Bahia teve motivos para sorrir na Copa do Brasil. Depois de tirar Rio Branco (AC), Santa Cruz (RN) e Londrina, a equipe de Roger Machado eliminou o São Paulo vencendo no Morumbi e na Arena Fonte Nova. Nas quartas de final, fase mais distante que o Esquadrão foi na história da competição, o Tricolor empatou na Arena do Grêmio, mas acabou derrotado por 1 a 0 dentro de casa.

 

Mudança de patamar, expectativa e frustração no Brasileirão

 

Diferente dos últimos anos, o Bahia não falou em rebaixamento em 2019. Em parte do Campeonato Brasleiro, o Esquadrão de Aço fez uma campanha sólida, surpreendendo o país ao brigar pelas primeiras posições e bater o campeão Flamengo por 3 a 0 na Arena Fonte Nova. O Tricolor, inclusive, chegou a emplacar uma sequência de nove partidas sem derrotas.

 

A fase final da competição, no entanto, foi de queda vertiginosa. Tudo começou na derrota para o Ceará por 2 a 1 em pleno estádio de Pituaçu. A equipe, que poderia alcançar o quinto lugar em caso de triunfo à época, viu os voos do zagueiro Luiz Otávio derrubarem o sonho. Os tricolores pareceram ter sentido o baque nas partidas seguintes.

 

Em onze partidas, o Bahia só conseguiu ganhar apenas uma, contra o CSA, na penúltima rodada da competição. O fim melancólico veio no último domingo (8), com a derrota para o Fortaleza por 2 a 1 e o término com 49 pontos, no 11º lugar.

 

Gilberto foi o artilheiro do Bahia no Brasileirão, com 14 gols marcados | Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias


Fora do campo, Bahia dá show, inclui e faz alertas

 

Se dentro do campo os resultados não foram tão satisfatórios para a torcida tricolor, fora dele o clube deu uma aula de como ser importante para a sociedade. O Núcleo de Ações Afirmativas (NAA) promoveu uma série de ações que repercutiu no país e no mundo.

 

Neste ano, o Bahia lançou diversas campanhas contra o preconceito, seja ele contra mulheres, negros ou homossexuais. Das camisas casuais a aula que o técnico Roger Machado deu após o jogo contra o Fluminense, no Campeonato Brasileiro.

 

"Com relação à campanha, não deveria chamar atenção ter repercussão grande dois treinadores negros na área técnica, depois de ser protagonistas dentro do campo. Essa é a prova que existe o preconceito, porque é algo que chama atenção. A medida que a gente tenha mais de 50% da população negra e a proporcionalidade não é igual. A gente tem que refletir e se questionar. Se não há preconceito no Brasil, por que os negros têm o nível de escolaridade menor que o dos brancos? Por que a população carcerária, 70% dela é negra? Por que quem morre são os jovens negros no Brasil? Por que os menores salários, entre negros e brancos, são para os negros? Entre as mulheres negras e brancas, são para as negras? Por que que, entre as mulheres, quem mais morre são as mulheres negras? Há diversos tipos de preconceito. Nas conquistas pelas mulheres, por exemplo, hoje nós vemos mulheres no esporte, como você, mas quantas mulheres negras têm comentando esporte? Nós temos que nos perguntar. Se não há preconceito, qual a resposta? Para mim, nós vivemos um preconceito estrutural, institucionalizado", disse o treinador à época.

 

Outra ação que ganhou destaque foi a camisa manchada de óleo que todos os jogadores usaram na partida contra o Ceará. As manchas eram uma referência ao vazamento de óleo cru na costa brasileira, principalmente nos mares da Região Nordeste.

 

 

 

 

Futebol feminino volta e leva título estadual

 

O ano de 2019 foi marcado pela volta do futebol feminino ao Bahia. Inicialmente, em uma parceria com o Lusaca, a equipe não conseguiu ir longe na disputa da Série A-2 do Campeonato Brasileiro.

 

Quando começou a tomar conta da equipe de forma integral, o Esquadrão de Aço conseguiu o título invícto do Campeonato Baiano, marcado pelo brilho da atacante Gadú, com 21 gols marcados em nove partidas disputadas.
 

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

 

Despedida do Fazendão e abertura de nova era com a Cidade Tricolor

 

O Fazendão, conhecido e muito identificado ao Bahia, chegou aos seus 40 anos em 2019, ano em que chegou o momento do adeus. Com a viabilização da Cidade Tricolor, o clube decidiu fazer a sua mudança já para o início da temporada 2020. A promessa é de modernidade, dando uma estrutura ainda maior aos atletas de todas as categorias do clube.
 

Histórico de Conteúdo