Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 22 de Abril de 2021 - 14:45

Feminino: Técnico do Bahia lamenta derrota, mas valoriza desempenho do time

por Ulisses Gama

Feminino: Técnico do Bahia lamenta derrota, mas valoriza desempenho do time
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Bahia perdeu para o Internacional por 2 a 0 na última quarta-feira (21), em Pituaçu, pela segunda rodada do Brasileirão Feminino. A derrota foi lamentada pelo técnico Igor Morena. No entanto, o comandante valorizou a atuação das Mulheres de Aço contra as Gurias Coloradas.

 

"Infelizmente a gente sai com resultado negativo, mas a gente fica satisfeito com o desempenho. Tivemos um jogo difícil e foi um jogo muito igual. Elas conseguiram um gol de bola parada, mas tivemos capacidade de agredir, no bom sentido. Hoje a bola não entrou. Mas a gente fica satisfeito pelo desempenho. Poderia ter sido um resultado melhor", disse.

 

A sequência da equipe é complicada. No domingo (25), o desafio será contra o Napoli, em Santa Catarina. Para manter o nível de atuação, Igor Morena citou a importância de cuidar da parte física do grupo.

 

"Agora é ter o cuidado. Nosso preparador físico tem tido cuidado para recuperar o mais rápido as nossas jogadoras que vem jogando. Nas outras, vamos dando condição para chegar no mesmo nível para quando for preciso. A gente vai lutar o máximo para manter o nível de performance que tivemos hoje", indicou o treinador, que não descartou mudanças no time.

 

"Costumo falar para o grupo que ninguém pode ficar na zona de conforto. Temos atletas pedindo passagem, querendo entrar. Isso otimiza a disputa interna. Temos que ter o cuidado na avaliação para escolher a atleta que vai desempenhar o melhor papel", completou.

 

Com um ponto, o Bahia ocupa o 14º lugar da competição.

Quinta, 22 de Abril de 2021 - 10:45

Rodriguinho vê Bahia em evolução e projeta bom desempenho contra o Fortaleza

por Ulisses Gama

Rodriguinho vê Bahia em evolução e projeta bom desempenho contra o Fortaleza
Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

Após a estreia na Copa Sul-Americana contra o Torque, o Bahia agora foca na semifinal da Copa do Nordeste diante do Fortaleza, neste sábado (24), na Arena Castelão. Na opinião do meia Rodriguinho, o Tricolor vem amadurecendo e a expectativa é de uma boa atuação contra o Leão do Pici para marcar presença em mais uma final de competição regional.

 

"A equipe está vindo numa crescente. Conseguimos emplacar duas vitórias seguidas. Hoje não perdemos. A equipe está amadurecendo muito bem. Aproveitar o momento para que, na decisão, possamos mais uma vez fazer bom jogo e tentar sair vitorioso. Conseguir o triunfo, que é muito importante para passar para a final, que é o objetivo de objetivo de todos", declarou. 

 

Com 33 anos de idade e absoluto na titularidade do Bahia, Rodriguinho tem sido um dos principais destaques no time tricolor na temporada, com quatro gols e três assistências.

Copa do Nordeste: Dênis da Silva Serafim apita semifinal entre Bahia e Fortaleza
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) escolheu o árbitro Dênis da Silva Serafim, de Alagoas, para apitar a semifinal da Copa do Nordeste entre Bahia e Fortaleza neste sábado (24), às 20h30, na Arena Castelão.

 

O juiz será auxiliado por Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira, do mesmo estado. 

 

No árbitro de vídeo, o comando será de Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, do Rio Grande do Norte. Ele vai contar com Jose Ricardo Vasconcellos Laranjeira, de Alagoas, e Cleriston Clay Barreto Rios, de Sergipe, como auxiliares.

 

A vaga é definida em jogo único. Em caso de empate no tempo normal, a decisão vai para os pênaltis.

Após empate, Dado aponta jogo difícil e diz que se viu 'limitado para opções ofensivas'
Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

Depois do empate em 1 a 1 com o Montevideo City Torque no estádio Parque Alfredo Viera, o técnico do Bahia, Dado Cavalcanti, admitiu que o placar poderia ter sido melhor. Em entrevista coletiva, o treinador elogiou o desempenho do time, apontou a dificuldade do jogo e decretou que os três pontos não estão distantes do que foi a conjuntura da partida.

 

"Poderia ser melhor. Acho que fizemos uma boa partida, uma partida equilibrada. Comprovamos a dificuldade do jogo, enfrentamos um adversário que dita bem o ritmo, mas tivemos as melhores chances. O triunfo não seria algo maior do que produzimos em campo", disse.

 

Questionado sobre a demora para fazer substituições, Dado afirmou que estava limitado para opções de ataque e revelou que ficou com receio de prejudicar a estrutura da equipe com mudanças após ter sofrido o gol de empate. Vale lembrar que Rossi, suspenso, e Gabriel Novaes, prestes a ser vendido, ficaram de fora.

 

"A primeira troca foi no intervalo, mas entendo o questionamento. Me vi limitado para opções ofensivas. Após o gol tomado e a pressão do adversário, estávamos equilibrados. Fiquei receoso de causar desequilíbrio. Quando vi que as peças começaram a baixar a guarda, comecei a fazer as trocas para oxigenar nossa equipe e ter agressividade ofensiva", indicou.

 

Questionado sobre a queda de rendimento no segundo tempo, Dado usou a qualidade do adversário na saída de bola como argumento para recuar o time e buscar chances no contra-ataque. 

 

"Mérito do nosso adversário. Já no primeiro tempo a gente viu agressividade. É difícil jogar contra equipes como o Torque por ter jogadores de defesa que tem qualidade na construção. Quando fazemos uma pressão alta e essa pressão não é encaixada, sofremos muito para correr atrás. Para evitar essa condição de uma pressão mais frágil, a saída é baixar as linhas e esperar que o adversário venha para o nosso campo para tomar a bola e sair no contra-ataque", pontuou.

 

Quarta, 21 de Abril de 2021 - 23:48

Rodriguinho lamenta chances de gol perdidas pelo Bahia: 'Isso nos custou caro'

por Ulisses Gama

Rodriguinho lamenta chances de gol perdidas pelo Bahia: 'Isso nos custou caro'
Foto: Divulgação / EC Bahia

Autor do único gol do Bahia no empate em 1 a 1 com o Montevideo City Torque na noite desta quarta-feira (21), no Uruguai, o meia Rodriguinho lamentou as chances perdidas no primeiro tempo do jogo. Por outro lado, o experiente camisa 10 exaltou a dedicação do time e valorizou o ponto conquistado.

 

"O que faltou para gente foi no primeiro tempo, quando tivemos as chances, isso nos custou caro no segundo tempo, já que a equipe adversária empatou. Mas temos que enaltecer a entrega da equipe. Foi um jogo bem difícil, a equipe adversária tem qualidade. Um ponto não foi ruim. Essa equipe vai dar trabalho para os adversário", disse.

 

Na opinião do jogador, a falta da posse de bola foi crucial para a queda de rendimento da equipe na segunda etapa.

 

"A equipe conseguiu marcar forte e depois, nos contra-ataques, manteve a posse de bola, mas a equipe do outro lado tem qualidade. A gente conseguiu marcar no segundo tempo, mas não mantivemos a posse de bola", declarou. 

 

O Tricolor volta a jogar pela Sul-Americana na próxima terça-feira (27), contra o Guabirá, em Pituaçu. Antes, o desafio será contra o Fortaleza, no sábado (24), pela semifinal da Copa do Nordeste.

Quarta, 21 de Abril de 2021 - 23:22

Em Montevidéu, Bahia perde chances e só empata com o Torque pela Sul-Americana

por Ulisses Gama

Em Montevidéu, Bahia perde chances e só empata com o Torque pela Sul-Americana
Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

O Bahia começou a sua caminhada na Copa Sul-Americana com um empate. Fora de casa, o Tricolor até saiu na frente, mas ficou no 1 a 1 com o Montevideo City Torque na noite desta quarta-deira (21), no estádio Parque Alfredo Viera. Rodriguinho marcou o gol do Esquadrão no primeiro tempo. Na segunda etapa, Pizzichillo empatou.

 

Com o resultado, o Bahia soma um ponto e já vê o Independiente assumir a ponta do Grupo B, já que os argentinos venceram o Guabirá fora de casa por 3 a 1.

 

A próxima partida do Esquadrão de Aço será no próximo sábado (24), às 20h30, contra o Fortaleza, na Arena Castelão, pela semifinal da Copa do Nordeste.

 

O JOGO

 

Rodriguinho abre o placar

Aos oito minutos do primeiro tempo, o Esquadrão de Aço abriu o placar. Nino Paraíba mandou bola na área para Gilberto e o camisa 9 ajeitou bem para Rodriguinho, que bateu com categoria para colocar o Tricolor na frente.

 

Aos 19 minutos, quase o segundo gol. Em jogada de contra-ataque, Gilberto soltou a bola para Thaciano, que se atrapalhou com ela, mas a sobra ficou com Rodriguinho. O camisa 10 deixou Gilberto na cara do gol, mas o artilheiro chutou fraco e rasteiro, o que facilitou a rebatida do goleiro Fiermarín.

 

Mais uma boa chance. Aos 22, o Bahia chegou com cinco jogadores na área do Torque. Daniel mandou na área uma bola rasteira, mas Rodriguinho, Gilberto e Thaciano não conseguiram finalizar.

 

Aos 37 minutos, Patrick lançou Thaciano, que limpou o goleiro e chutou na rede de fora.

 

Segundo tempo

Torque empata

 

Aos quatro minutos do segundo tempo, o Torque chegou ao empate. Álvarez recebeu lançamento na área e cruzou rasteiro para Allende, que chutou rasteiro para defesa de Douglas. Na sobra, Pizzichillo colocou a bola para dentro.

 

Com 14 minutos, o Tricolor tentou em cobrança de falta. Na bola parada frontal, Rodriguinho mandou por cima da meta. Aos 28, novamente Rodriguinho, de fora da área, mais uma vez por cima do gol.

 

Eram marcados 35 minutos quando o Torque deu um grande susto no Bahia. O zagueiro Rak fez uma fila de tricolores e bateu colocado. A bola passou muito perto. Aos 41, Luiz Otávio recuou mal e Douglas precisou correr para dar um carrinho na bola e evitar que Del Prete chegasse.

 

FICHA TÉCNICA
Torque x Bahia
Copa Sul-Americana - 1ª rodada

Local: Parque Vieira, em Montevidéu
Data: 21/04/2021 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Luis Quiroz (Equador)
Assistentes: Ricardo Baren e Andres Tola (Ambos do Equador)

Cartões amarelos: Santiago Rodríguez, Brun (Torque) / Patrick, Rodriguinho (Bahia)

Gols: Rodriguinho (Bahia) / Pizzichillo (Torque)

 

Torque: Fiermarin; Pena, Arismendi, Rak e Teuten; Brun, Allende (Darío Pereira) e Pizzichillo; Álvarez, Del Prete e Rodríguez (Cejas). Técnico: Pablo Marini.

 


Bahia: Douglas; Nino Paraíba (João Pedro), Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick (Lucas Araújo), Thaciano (Matheus Galdezani) e Daniel; Óscar Ruiz (Alesson), Rodriguinho e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Quarta, 21 de Abril de 2021 - 17:12

Brasileirão Feminino A-1: Bahia perde para o Internacional em Pituaçu

por Ulisses Gama

Brasileirão Feminino A-1: Bahia perde para o Internacional em Pituaçu
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Feminino A-1, o Bahia perdeu para o Internacional por 2 a 0 na tarde desta quarta-feira (21), no estádio de Pituaçu. Os gols da partida foram marcados por Belinha e Wendy.

 

Essa foi a primeira derrota da equipe tricolor na competição e a segunda sob o comando do técnico Igor Morena, que assumiu o comando do time em 2019.

 

A escalação das Mulheres de Aço foi a seguinte: Anna Bia; Nine (Eddie), Nainara, Jordana e Dymenor (Luana); Fabi Ramos, Vi, Gabi Itacaré (Verena) e Ellen (Esquerdinha); Moretti e Priscila (Geisi).

 

Já as Gurias Coloradas atuaram com Vivi; Leidi, Isa Haas, Sorriso e Belinha (Ari); Mariana Pires (Vick), Juliana e Djeni (Thessa); Rafa Travalão (Wendy), Shashá e Fabi Simões. 

 

Com um ponto conquistado em dois jogos, o Bahia volta a entrar em campo no próximo sábado (24), contra o Napoli, no estádio Carlos Alberto Costa Neves, em Caçador (SC).

Quarta, 21 de Abril de 2021 - 15:20

Bellintani é preparado, tem carisma e já foi convidado para o PDT, diz Lupi

por Jade Coelho / Lula Bonfim

Bellintani é preparado, tem carisma e já foi convidado para o PDT, diz Lupi
Foto: Reprodução / Esporte Clube Bahia

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, elogiou o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, em entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, na rádio Salvador FM 92,3. O dirigente tricolor já teria sido convidado a contribuir com a sigla, mas ainda não se decidiu sobre a filiação partidária. “Convidado, ele já foi. É um nome exitoso na presidência do Bahia”, comentou.

 

Empresário desde muito jovem, Bellintani entrou para a carreira pública em 2013, quando assumiu a pasta de Cultura e Turismo na prefeitura de Salvador, no primeiro ano de gestão de ACM Neto (DEM). Permaneceu na administração municipal até 2017, passando ainda pelas secretarias de Educação e de Desenvolvimento Urbano, antes de se lançar candidato à presidência do Bahia em dezembro daquele ano.

 

“Guilherme é preparado, já foi secretário, tem carisma. Já o convidei para vir para o PDT. Que cargo ele vai disputar? Isso é um processo que a gente vai ter que discutir. Ficaria muito honrado se ele viesse para o PDT, até porque ele já tem simpatia pelo Ciro [Gomes, ex-ministro], pela história e os conteúdos ideológicos do trabalhismo. Eu acho que é a fome com a vontade de comer. É só chegar na hora certa”, declarou Lupi.

 

Em 2019, Bellintani chegou a ser cogitado como candidato à prefeitura de Salvador, após um longo namoro com a base de apoio ao governador Rui Costa (PT). Entretanto, em dezembro, o dirigente tricolor anunciou que ficaria no clube e não concorreria ao Palácio Thomé de Souza (relembre aqui).

 

“O que nos alimenta é sonho, é projeto de servir a comunidade, e Guilherme é um cara que tem preparo para isso. Ele não disse tempo, não disse se vai se filiar”, contou Carlos Lupi. “Belintani tem todas as condições de vida e de história para estar no PDT. Agora, o ato de filiação é pessoal e intransferível. Eu, publicamente, estou reiterando o convite que fiz pessoalmente”, finalizou o presidente do PDT.

 

Reeleito presidente do Bahia no último mês de dezembro, com mais de 86% dos votos (relembre aqui), Bellintani tem mandato até dezembro de 2023, quando, de acordo com o estatuto do clube, não poderá tentar uma nova reeleição. Caso deseje se candidatar a um cargo público em 2022, Guilherme deve se afastar da presidência tricolor, deixando o comando do clube para o vice-presidente Vitor Ferraz.

Quarta, 21 de Abril de 2021 - 13:30

Advogado do Bahia diz que acusação de empresário de Daniel Cruz é 'distorção cruel'

por Ulisses Gama / Milena Lopes

Advogado do Bahia diz que acusação de empresário de Daniel Cruz é 'distorção cruel'
Foto: Divulgação

O Bahia foi acusado pelo atacante Daniel Cruz e seus empresários e de um contrato desvantajoso para o atleta, além de atrasos de pagamento no INSS e FGTS, que fizeram o atleta entrar na Justiça para rescindir seu contrato (leia mais). Em entrevista ao Bahia Notícias, Cristiano Possídio, advogado do clube, deu o posicionamento da agremiação sobre o caso alegando que Daniel e seus representantes não estão cumprindo com as regras que deveriam decidir o futuro do atleta.

 

Explicando a situação, o advogado do Bahia contou como se deu a tentativa de renovação de contrato do atleta e quais os direitos e deveres das partes no atual cenário de conflito entre a agremiação e o jogador. 

 

“Há uma distorção muito cruel nas alegações que estão sendo empreendidas pelos empresários e advogados do atleta”, declarou Possidio. “Em 2018, ele assinou esse contrato com o Bahia, que foi o primeiro contrato de trabalho dele. A lei permite como direito do clube formador, firmar esse acordo e é obrigação do atleta subscrever esse primeiro contrato. A partir daí o atleta passou a jogar nas divisões de base dentro das categorias que ele estava apto a jogar”, explicou. 

 

“Entre 2020 e 2021 próximo ao encerramento do seu contrato, o Bahia passou a exercer um segundo direito que a lei permite que é o direito de preferência a renovação desse contrato. (...) Esse direito de preferência foi encaminhado à entidade de administração de desporto, que aqui é a Federação Bahiana de Futebol, e o Bahia fez isso no prazo estipulado”, contou o advogado. 

 

Cristiano Possidio ressaltou que a opção de Daniel Cruz para não renovar com o clube através do direito de preferência seria com a apresentação formal de uma proposta de outra agremiação, o que, segundo o advogado, não aconteceu. 

 

“O direito de preferência pode se configurar ou não. Ele não se configura quando há uma proposta de outro clube que é mais vantajosa para o atleta. Se a proposta não for mais vantajosa, ele terá que subscrever um segundo contrato porque está dentro da perspectiva da lei”, explicitou. 

 

“Nunca chegou nenhuma proposta oficial do Vasco. O atleta teria hipoteticamente uma proposta do Vasco da Gama, que nunca foi apresentada, senão ontem. No processo ele traz um suposto e-mail em que o Vasco encaminha para os empresários do atleta uma proposta, inclusive falando em uma parceria com o Bahia para manter 30% dos direitos econômicos do atleta e comissão por venda futura para os empresários. Essa proposta que ninguém sabe se realmente existe. (...) Não me parece crível que o Vasco da Gama esteja agindo à revelia do Bahia para tentar tirar esse atleta do clube”, admitiu. 



 

Possidio ainda explicou que a situação pode levar a consequências jurídicas em próximas negociações ao terminar seu acordo com o Tricolor. Uma vez que uma proposta não foi apresentada oficialmente para o clube, a não renovação trará indenizações futuras pela não aceitação do direito de preferência. 

 

“Esse atleta tem que renovar com o Bahia sob pena de que o próximo clube que o contratar tem que indenizar o Bahia em 200 vezes o valor da remuneração que o Bahia ofereceu para renovação contratual”, alertou.

 

O advogado comentou que, enquanto um jogador estiver apto a jogar nas categorias de base, ele não pode exigir não ser convocado para os grupos, principalmente se ainda está em formação. 

 

Sobre os atrasos de pagamentos do FGTS e INSS, apresentados pelo empresário de Daniel, o advogado finalizou a defesa do clube dizendo que, conforme o artigo 4º da Lei 14.117, a dívida, já quitada, não justifica a rescisão e que a prioridade do Bahia foi manter os salários em dia.

 

“Questões de FGTS e INSS, primeiramente o Congresso Nacional suspendeu o veto do presidente da República em que o que permite a rescisão contratual por conta de FGTS e INSS. O que o Congresso Nacional quis fazer foi entender o momento da pandemia e seu impacto no esporte, principalmente no futebol, e que os clubes priorizassem os pagamentos de salário e a manutenção dos empregos e foi isso que o Bahia fez. Os pequenos atrasos que houveram nos pagamentos de FGTS já foram pagos,  inclusive em momento anterior à própria propositura dessa “aventureira” ação do atleta”, finalizou o advogado. 

 

O Bahia desistiu da renovação de contrato com Daniel Cruz que segue até junho treinando com o sub-20 do Tricolor. 

Quarta, 21 de Abril de 2021 - 06:00

Fora de casa, Bahia abre caminhada na Sul-Americana diante do Torque

por Ulisses Gama

Fora de casa, Bahia abre caminhada na Sul-Americana diante do Torque
Foto: Divulgação

Vai ser no estádio Centenário, em Montevidéu, capital do Uruguai, que o Bahia vai começar a sua caminhada na Copa Sul-Americana de 2021. A partir das 21h30, o Esquadrão de Aço joga contra o Montevideo City Torque, pela primeira rodada da competição.

 

Diferente do que sempre foi, a Sul-Americana não será só mata-mata. Neste ano, o certame se iniciará com uma fase de grupos. 32 clubes estão divididos em oito chaves. Apenas o melhor de cada grupo avança para enfrentar os terceiros colocados dos grupos da Libertadores nas oitavas de final.

 

Um dos destaques do time, o zagueiro Germán Conti apontou a importância de buscar resultados para ser o líder da chave.

 

"Temos que enfrentar cada jogo como uma final. Só um se classifica, todos os pontos servem e estamos aqui para começar bem e chegar muito longe. Mas com os pés sobre a terra para continuar com bons resultados", disse.

 

O Esquadrão chega para o jogo em meio a uma semana decisiva na Copa do Nordeste. Apesar de ter uma semifinal contra o Fortaleza no final de semana, o técnico Dado Cavalcanti não pensa em poupar jogadores. 

 

"Não pouparei ninguém. O Rossi não viaja por estar suspenso na Sul-Americana. Acho que não teremos outra perda no jogo. Vamos fazer uma avaliação e se todo mundo estiver em condição de jogar, vai jogar todo mundo", indicou.

 

Sem contar com Rossi, é possível que o paraguaio Óscar Ruiz faça a sua estreia como titular no Esquadrão de Aço.


FICHA TÉCNICA
Torque x Bahia
Copa Sul-Americana - 1ª rodada

Local: Parque Vieira, em Montevidéu
Data: 21/04/2021 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Luis Quiroz (Equador)
Assistentes: Ricardo Baren e Andres Tola (Ambos do Equador)

 

Torque: Fiermarin; Pena, Arismendi, Rak e Teuten; Brun, Allende e Alvarez; Pereira, Del Prete e Rodríguez (Coccaro). Técnico: Pablo Marini.

 


Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick, Thaciano e Daniel; Óscar Ruiz, Rodriguinho e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Histórico de Conteúdo