Sexta, 16 de Novembro de 2018 - 07:30

Neymar fala de 'fake news' e pede cautela

por Alberto Nogueira/ Folhapress

Neymar fala de 'fake news' e pede cautela
Foto: Lucas Figueiredo/ CBF

 Ao lado do filho Davi Lucca, de 7 anos, Neymar concedeu entrevista em Londres, onde a seleção enfrenta o Uruguai nesta sexta, às 17h (de Salvador). Chamando de "fake news" o vazamento de dados do "Football Leaks", que aponta, por exemplo, bônus que os jogadores do PSG supostamente recebem até por saudar a torcida, ele pouco falou sobre o amistoso em si.

 

"Às vezes eu dou risada, sabe, por que é cada coisa que andam publicando, falando. Ao mesmo tempo fico muito triste, chateado por inventarem histórias, coisas que não são reais. É muito complicado, peço para que tenham cuidado. Para nós, atletas, é chato escutar histórias que não são reais. Perdemos a vontade de comunicar com vocês [imprensa]. Peço que tomem cuidado com fake news", disse.

 

Sobre a partida com os uruguaios, o camisa 10 do Brasil pediu atenção a dois velhos conhecidos seus, os atacantes Suárez, com quem jogou no Barcelona, e Cavani, atual colega de PSG.

 

"São dois grandes craques. Eu joguei com o Suárez e estou jogando com o Cavani. Sei das qualidades deles, podem resolver jogos. Temos que estar ligados. É sempre bom enfrentar jogadores de qualidade porque isso tira seu melhor", alerta.

 

Quem também concedeu coletiva foi Tite. O técnico da seleção brasileira fez mistério na escalação dos titulares que enfrentarão o Uruguai, no entanto, confirmou a presença do volante Walace, do Hannover 96, da Alemanha, na vaga do lesionado Casemiro.

 

"Não vou enrolar [sobre a escalação]. É o momento em que há uma série de modificações, e você acaba oscilando dentro do jogo, porque se mexe muito. Diferente de uma equipe que vinha sendo repetida. Se joga Arthur, Paulinho ou Renato, são características diferentes. Não vou facilitar e quero potencializar o que pode ser surpresa pra outra equipe", disse o treinador, que pretende surpreender o rival.

 

O amistoso será realizado no estádio do Arsenal.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 17:00

Ednaldo Rodrigues preside grupo para discutir reformulação dos Estaduais

por Glauber Guerra

Ednaldo Rodrigues preside grupo para discutir reformulação dos Estaduais
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Com objetivo de fortalecer os Estaduais, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) criou um grupo de trabalho para discutir o futuro dos certames. Ednaldo Rodrigues, presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), irá presidir a equipe. 

 

“Nosso objetivo é melhorar ainda mais os estaduais, fortalecer esses campeonatos, buscar um padrão de qualidade. Como a grande maioria dos estaduais de 2019 já estão prontos, até dezembro conheceremos a realidade de cada competição para, a partir de janeiro, iniciarmos os trabalhos em busca dos avanços que temos como objetivo para a partir de 2020", afirmou Ednaldo.

 

O grupo de trabalho conta com os seguintes membros:  Francisco das Chagas Dissica, (presidente da Federação Amazonense) Felipe Omena Feijó (presidente da Federação Alagoana), André Luiz Pitta (presidente da Federação Goiana), Rubens Lopes (presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), Hélio Cury (presidente da Federação Paranaense) e Manoel Flores, diretor de competições da CBF.

De olho no Campeonato Baiano, Jacobina anuncia a contratação de volante
Foto: Divulgação / Jacobina

O Jacobina segue se reforçando para a disputa do Campeonato Baiano 2019. Nesta quinta-feira (15), o clube anunciou a contratação do volante Ninho Love, de 21 anos. 

 

Ninho Love começou sua carreira no Teixeira de Freitas e seu último clube foi o PFC-Cajazeiras. Ele chega ao Jacobina com o aval do treinador do Paulo Sales, com quem já trabalhou nas duas agremiações citadas.

 

Na temporada 2019, o Jacobina tem em sua agenda apenas o Campeonato Baiano até o momento.

Ex-Vitória, Pedro Ken é furtado em Salvador e perde camisa trocada com Zé Rafael
Foto: Divulgação / Ceará

O meia Pedro Ken, do Ceará, foi furtado na noite da última quarta-feira (14), enquanto deixava a Arena Fonte Nova, em Salvador, após a partida contra o Bahia, que terminou em triunfo tricolor por 2 a 1, de acordo com o GloboEsporte.

Segundo a assessoria de comunicação do jogador, o ex-Vitória se separou da delegação e estava em um táxi a caminho da casa da noiva, que é baiana, quando um grupo de jovens abriu a porta do veículo e puxou a mochila do jogador.

Ken perdeu três cartões de crédito, entre R$ 800 e R$ 1000 reais em espécie, a carteira com documentos e a camisa do Bahia que havia trocado com Zé Rafael ao fim da partida. O atleta da equipe cearense solicitou que, caso os documentos sejam encontrados, sejam entregues na delegacia. Ele não foi ferido. 

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 15:30

Uruguaio ofusca Neymar e Cavani e vira garoto-propaganda de amistoso

por Bruno Rodrigues | Folhapress

Uruguaio ofusca Neymar e Cavani e vira garoto-propaganda de amistoso
Foto: Divulgação

Esqueçam Neymar, Cavani ou Luis Suárez. A grande atração do amistoso entre Brasil e Uruguai é Lucas Torreira, 22. Ao menos para o Arsenal, clube onde joga o uruguaio e que recebe em seu estádio, nesta sexta (16), às 18h (de Brasília), o confronto entre as seleções.

 

Contratado em julho, logo depois de ser um dos destaques do Uruguai na Copa do Mundo da Rússia, Torreira precisou de pouco tempo para encantar os torcedores.

 

Hoje, tem até música dedicada especialmente a ele, com melodia igual à que os torcedores cantavam para o francês Patrick Vieira, ídolo do Arsenal de 1996 a 2005 e capitão do time que ganhou o Campeonato Inglês de forma invicta na temporada 2003/2004.

 

Apesar da canção que vem das arquibancadas, Torreira é frequentemente comparado a outro francês. 

 

Por ser baixinho e pela grande facilidade em desarmar os adversários, o uruguaio de 1,68 m lembra N'Golo Kanté, campeão do mundo com a França -ambos, inclusive, têm a mesma altura.

 

Antes de chegar a Londres, havia dúvidas sobre a adaptação do volante ao futebol inglês, que exige muito fisicamente de cada atleta. Em três meses na liga, já não há mais questionamentos a respeito da capacidade de Torreira se misturar aos grandalhões.

 

Comum aos uruguaios e especialmente aos volantes, o espírito aguerrido do jogador chegou para mudar, de certa forma, a imagem do clube.

 

Acostumado a ser protagonista nas décadas de 1990 e 2000, o Arsenal não conquista o título inglês desde 2004. De lá para cá, levantou apenas taças da Copa da Inglaterra, e da menos importante Copa da Liga Inglesa.

 

Anos seguidos de frustração contribuíram para a construção da ideia de que o clube tinha um time perdedor. E que seus jogadores, em campo, personificavam essa ideia. 

 

Atletas talentosos como o alemão Mesut Özil não raramente foram criticados pela suposta falta de interesse e a maneira fria como aceitavam as seguidas derrotas da equipe temporada após temporada. 

 

Lucas Torreira é o oposto disso. Incansável, orgulha os torcedores até mesmo quando o Arsenal não sai vitorioso.

 

Natural de Fray Bentos, no litoral do Uruguai, o pequenino jogador começou a carreira no 18 de Julio de sua cidade natal. Atuava mais avançado e marcava muitos gols, diferentemente de hoje. 

 

Pelo clube, cujo distintivo está tatuado na sua panturrilha direita, jogou até os 17 anos, quando viajou a Montevidéu para assinar com o Montevideo Wanderers. A experiência na capital não durou nem um ano e Torreira já fez as malas para a Itália.

 

Um teste com mais três jovens da base do Wanderers o levou a Pescara, na Itália, onde o atleta ficou e iniciou a carreira profissional, na segunda divisão italiana.

 

Do Pescara saltou à Sampdoria, na primeira divisão. O bom desempenho na equipe de Gênova chamou atenção do técnico Oscar Tabárez, que deu ao volante a oportunidade de estrear com a camisa celeste do Uruguai em março deste ano, poucos meses antes do Mundial, em amistoso contra a República Tcheca.

 

Começou a Copa do Mundo no banco, mas assumiu a titularidade diante da Rússia, no último jogo da fase de grupos, e não saiu mais. Assim como no Arsenal, onde já é peça imprescindível na equipe de Unai Emery, além de xodó da torcida e promotor de amistosos internacionais.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 14:45

Burse vê grupo motivado e projeta jogo contra o Atlético-PR: 'Ir em busca do resultado'

por Glauber Guerra

Burse vê grupo motivado e projeta jogo contra o Atlético-PR: 'Ir em busca do resultado'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O Vitória empatou em 0 a 0 com o Sport, na noite da última quarta-feira (14), na Ilha do Retiro e segue em situação delicada no Campeonato Brasileiro. Com quatro jogos para o término do certame nacional, o time rubro-negro tem 36 pontos e ocupa a 18ª posição. No entanto, o técnico João Burse garantiu que sua equipe está motivada para sair do Z-4 e valorizou o resultado em Recife (PE).

 

“Confiança total. O grupo está motivado. Só não podíamos perder aqui. Um ponto valioso que estamos levando”, declarou.

 

O próximo compromisso do Vitória é contra o Atlético-PR, sábado (17), às 18h (horário de Salvador), no Barradão, válido pela 35ª rodada. Burse destacou a importância do confronto e não abre mão dos três pontos.

 

“Jogaremos em casa agora, confiança, com a nossa torcida. Ir em busca do resultado, que é a vitória que nos interessa”, emendou.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 14:30

'Sempre fui técnico de resultado', diz Felipão

por Danilo Lavieri/ Folhapress

'Sempre fui técnico de resultado', diz Felipão
Foto: Reprodução / SporTV

Cada vez mais perto da conquista do seu décimo título de Brasileirão, o Palmeiras ainda está proibido de fazer festa. O recado foi dado por Luiz Felipe Scolari na última quarta-feira (14) após o triunfo por 3 a 0 contra o Fluminense, no Allianz Parque. Com oito pontos de vantagem e um jogo a mais, o time pode até ser campeão no próximo domingo se vencer o Paraná e contar com uma combinação de resultados.

 

O comandante mostrou que está com o mesmo discurso de seus atletas e reforçou que a festa só será liberada quando os rivais não tiverem mais chance de alcançar o líder.

 

"São 12 pontos para jogar ainda, então o título está próximo e está longe. São 12 pontos para disputar, temos que respeitar todos os adversários. Sabemos a dificuldade de vencer um jogo. Vamos continuar com os pés no chão. São cinco pontos de vantagem para o seguidor (na verdade são oito, mas o Inter ainda joga nesta quinta). Cinco pontos não são nem dois jogos. O título está perto e longe. Continuar com os pés no chão, independentemente do que ouvir de tantas porcentagens para ganhar. Vamos jogar com dedicação e aí poderemos ser campeões", afirmou o treinador.

 

Felipão também foi questionado sobre a qualidade do futebol apresentado pelo Palmeiras e não teve problemas em afirmar que suas equipes sempre priorizaram o resultado e não o desempenho.

 

Após o empate por 1 a 1 contra o Atlético-MG no último domingo, Felipe Melo também havia falado do tema. Nesta quarta, em zona mista, o volante voltou a ser irônico. O comandante, por sua vez, não fez questão de esconder que sua meta será sempre a vitória, independentemente do estilo de jogo.

 

"Vocês têm que dizer isso (se joga feio ou bonito). O Palmeiras, da forma que tem jogado, agrada a uns e não agrada a outros. Tínhamos um projeto, um ideal e estamos chegando lá. Se não jogamos de uma forma brilhante como alguns gostariam, estamos jogando de forma concreta para chegar a um objetivo. Estamos chegando nisso. Sempre fui treinador de resultado, você sabe disso. Nunca me escondi atrás de outra carapuça. Eu gosto de resultado. Se conseguimos, é porque a equipe jogou dentro das características para buscar este resultado. Feio ou bonito? Depende de cada um. Para alguns, eu sou bonito. Para outros, não. Fazer o quê?", afirmou.

 

"Não sei como vocês entendem futebol. Nos meus times, eu peço para jogar bola, mas não dar a bola para o adversário. Se para vocês errar uma jogada é dar a bola... Em determinados momentos, a sua equipe tem que ter postura tática defensiva, porque o adversário melhorou ou tem um jogador de velocidade que causa problema", finalizou.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 13:30

Com treino regenerativo, Bahia se reapresenta de olho no Atlético-MG

por Glauber Guerra

Com treino regenerativo, Bahia se reapresenta de olho no Atlético-MG
Foto: Divulgação / Esporte Clube Bahia

Menos de 24 horas depois do triunfo por 2 a 1 sobre o Ceará, na Arena Fonte Nova, o Bahia se reapresentou na manhã desta quinta-feira (15) e começou a preparação para a partida diante do Atlético-MG, sábado (17), às 20h (horário de Salvador), no Independência, em Belo Horizonte (MG), válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Como já é de costume, os jogadores que iniciaram a partida diante do Ceará, realizaram apenas um treino regenerativo. Já o restante da equipe fez um trabalho técnico em campo reduzido sob o comando de Enderson Moreira.

 

O lateral-direito Nino Paraíba, que ainda se recupera de um incômodo na coxa, continuou o tratamento no departamento médico.

 

Na manhã de sexta (16), o Bahia encerra a preparação para o confronto contra o Atlético-MG. A delegação vai embarcar para Belo Horizonte no período da tarde, logo depois do treino.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 12:30

Em Pernambuco, Vitória inicia preparação para enfrentar o Atlético-PR

por Glauber Guerra

Em Pernambuco, Vitória inicia preparação para enfrentar o Atlético-PR
Foto: Roque Mendes / Vitória

Sem tempo para descansar, o Vitória voltou ao batente na manhã desta quinta-feira (15), poucas horas depois do empate em 0 a 0 com o Sport, na Ilha do Retiro, válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O foco agora é o duelo contra o Atlético-PR, sábado (17), às 18h (horário de Salvador), no Barradão.

 

Os jogadores que atuaram por mais de 45 minutos realizaram atividades regenerativas no Gran Mercure Hotel, em Recife (PE). Já o restante da equipe participou de um trabalho com bola no CT do Sport, em Paulista (PE). 

 

Para o confronto contra o Atlético-PR, o técnico João Burse não poderá contar com Marcelo Benítez. Ele terá que cumprir suspensão após acumular três cartões amarelos. Já Léo Ceará retorna ao time. Ele ficou de fora do último jogo pelo mesmo motivo de Benítez.

 

O Vitória embarca para Salvador no início da noite desta quinta-feira (15). O grupo volta aos trabalhos na tarde de sexta (16), com um treino no CT Manoel Pontes Tanajura.

 

Com  36 pontos, o Vitória ocupa a 18ª posição no Campeonato Brasileiro, enquanto o Atlético-PR tem 47 e aparece em oitavo.

TV Aratu contrata Pedro Canísio para narrar jogos da Copa do Nordeste 2019
Foto: Reprodução/ Instagram

Conhecido pelos seus vários bordões e no dinamismo ao narrar partidas de futebol, o jornalista Pedro Canísio é novo reforço da TV Aratu, afiliada do SBT. O profissional será responsável por narrar os jogos da Copa do Nordeste pela emissora do Galinho. Ele também ficará como repórter especial para o certame regional.

 

“As expectativa são as melhores. Estou muito feliz com o convite. Narração é uma paixão que tenho desde criança e o entusiasmo está no patamar mais elevado. Além disso, claro, estou torcendo sempre para que os clubes baianos consigam chegar à final e levantar a taça”, disse Canísio, em entrevista ao Aratu Online.

 

Experiente, Canísio já trabalhou na Rede Paraíba, TV São Francisco e TV Bahia, ambas afiliadas da Rede Globo. Ele também transmitiu partidas pelo SporTV e Canal Premiere. Seu último trabalho foi como correspondente do Esporte Interativo na Itália.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 10:30

'Não tem chance de o Corinthians cair', diz Jair Ventura após nova derrota

por Folhapress

'Não tem chance de o Corinthians cair', diz Jair Ventura após nova derrota
Foto: Reprodução / SporTV

O técnico Jair Ventura afirmou que o Corinthians não irá cair para a Série B do Brasileirão. A declaração foi dada após a derrota para o Cruzeiro por 1 a 0, no Mineirão, que aumentou o risco de o time alvinegro ser rebaixado. O treinador evitou responder se a situação atual é preocupante, mas admitiu que existe pressão.

 

"A gente sabe que o Corinthians não cai. Mas essa pressão faz parte; essa emoção, esse drama. Não cai não é porque eu estou falando, não. Não cai pela qualidade do meu grupo. Não tem chances de o Corinthians cair", disse o treinador corintiano, que repetiu a frase em uma nova pergunta feita na sequência.

 

"A pressão já está no pacote. A pressão será sempre vai existir numa equipe como o Corinthians", completou o treinador alvinegro.

 

Jair afirmou ainda que não está pensando em uma possível continuação no comando do time corintiano na temporada 2019 -em 14 jogos à frente da equipe, são três vitórias, cinco empates e sete derrotas.

 

"Não posso pensar em 2019, preciso fazer o melhor hoje, seria egoísta na situação que estamos. Somos responsáveis por essa situação. Temos de fazer o melhor agora. 2019 nem passa pela minha cabeça, estou muito focado no hoje para resolver isso", ressaltou o treinador.

 

Jair ainda pediu equilíbrio ao time do Corinthians e cobrou vitórias fora de casa também. "Temos de fazer o dever de casa, mas também vencer fora", afirmou.

 

O Corinthians soma 40 pontos no Brasileirão e ocupa a 13ª posição. O time recebe o Vasco na 34ª rodada. O jogo será disputado no próximo sábado, em Itaquera. "Hoje estamos tristes pela derrota, mas vamos voltar a trabalhar forte para vencer em casa", frisou Jair.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 09:30

Enderson Moreira comenta situação de Gilberto: 'Ainda não está preparado para jogar'

por Glauber Guerra

Enderson Moreira comenta situação de Gilberto: 'Ainda não está preparado para jogar'
Foto: Paulo Victor Nadal/ Bahia Notícias

O atacante Gilberto, do Bahia, ainda não recuperou de uma lesão no joelho, sofrida no dia 20 de outubro, no triunfo contra o Botafogo por 1 a 0 pelo Brasileirão. O técnico Enderson Moreira explicou a situação do jogador.

 

“Gilberto é um jogador que a gente sabe o retrospecto. Vamos pensar: que treinador não quer os seus principais atletas? Se o Gilberto não veio... Vocês têm que entender que eu tenho meu lado de burro, todo treinador é um pouco burro, mas não a esse ponto de ter um jogador desse em condições de participar e não trazer para o jogo. O Gilberto está começando um processo de readaptação. Muito precoce ainda. Ele não está com os movimentos certos. Sou especialista nisso, trabalho com isso há 20 anos. Há 20 anos, vejo jogadores todos os dias da vida, três a quatro horas por dia. A gente sabe quando ele está solto e preparado e quando não está ainda. Está com muito receio de bater na bola. A lesão dele não é tão grave em termos de cirurgia, mas é uma lesão chata, dolorida. Quem teve sabe. Toda hora que pegar ponta do pé, vai dar uma dor absurda. Mas ele não está ainda preparado para jogar. E a torcida pode ter certeza, a imprensa também, que, assim que ele tiver condições de participar, ele vai estar presenta, no banco ou como titular, porque é um jogador com quem a gente quer contar. Se pudesse botar ontem, eu botava. Mas infelizmente, ele não está em condições. Ele está iniciando o processo. Apto de ir a campo não quer dizer que está apto a participar do jogo”, declarou o treinador.

 

O próximo compromisso do Bahia é contra o Atlético-MG, no Independência, sábado (17), às 20h (horário de Salvador).

 

Com 44 pontos, o Bahia ocupa a 10ª posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 08:20

Mancini cobra dívida do Vitória e quer legislação mais dura para proteger treinadores

por Glauber Guerra

Mancini cobra dívida do Vitória e quer legislação mais dura para proteger treinadores
Foto: Joilson César/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Desligado do comando técnico do Vitória no final de julho, Vagner Mancini afirmou que ainda não recebeu nenhum valor referente a rescisão do seu contrato. Mancini é vice-presidente Federação Brasileira dos Treinadores de Futebol (FBTF), defendeu mudanças na legislação para proteger os técnicos.  

 

“Então, o contrato é por tempo determinado, só que ele não é respeitado, porque nós não temos uma legislação atuante, né? A Lei do Treinador, ela é de 1993 e ela tá defasada. Nós entramos com um projeto que está em Brasília, já passou por algumas fases já foi aprovado em algumas comissões, mas ainda falta uma terceira para, depois, ir para o Senado, pra virar lei, né. Então, o caminho ele é longo, ele é difícil, porque as coisas não acontecem da forma como todos nós esperamos aqui no Brasil, infelizmente. Então a nossa legislação, ela precisa ser melhor regulamentada e eu vou citar exemplos. Se um clube de futebol, hoje, manda embora um atleta, ele tem que pagar 50% do que falta do contrato do atleta, isso não acontece para o treinador. Em algumas situações acontece, quando o treinador tem a capacidade de ter um departamento jurídico ou um advogado que consiga fazer bem feito o contrato, tá? O que é que, novamente, acontece: lá fora, na Espanha, na Inglaterra, na Alemanha, que são países mais desenvolvidos que o nosso nesse tipo de legislação, o clube demite o treinador e, enquanto ele não acertar com esse treinador, ele não pode apresentar um novo treinador. Aqui no Brasil, teoricamente, deveria ser assim. No estado de São Paulo, a Federação Paulista já colocou no regulamento da competição dela que isso aconteça e vem tendo êxito nisso. A CBF tá tentando fazer isso daí também, mas não consegue, porque os clubes não aceitam, então vai ter que ser uma imposição da CBF. E, aí, nós estamos pressionando a CBF também para que faça isso e eu vou te dar um relato aqui, que é meu. Eu saí do Vitória no final de julho e ainda não recebi um real daquilo que é meu direito, né, da multa contratual, daquilo que foi acerto que fizemos, do destrato que foi feito, então é muito difícil a gente ser respeitado, assim como o atleta é, o atleta tem a legislação a seu favor, né, e, infelizmente, a nossa está muito defasada”, disse em entrevista ao programa Band Esporte Show, da Rádio Bandeirantes de Porto Alegre (RS). 

 

Procurado pelo Bahia Notícias, o Vitória se posicionou por meio de sua assessoria de imprensa. No comunicado, o clube reconheceu a dívida e prometeu resolver a situação internamente. “Há o débito sim e o clube está resolvendo essa situação internamente”.

Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 00:20

Veja os gols de Bahia 2 X 1 Ceará

Veja os gols de Bahia 2 X 1 Ceará
Foto: Felipe Oliveira/ECB

Burse aponta dificuldades, mas crê em apoio da torcida do Vitória na briga contra rebaixamento
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Técnico do Vitória, João Burse concedeu entrevista coletiva após o empate por 0 a 0 do Vitória contra o Sport, na noite desta quarta-feira (14), na Ilha do Retiro, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o treinador, a torcida continuará apoiando o time, sobretudo após as demonstrações de ‘entrega’.

“Nossa torcida vai nos apoiar lá. E nossos jogadores vêm correspondendo dentro de campo. No jogo contra o Bahia, hoje contra o Sport... Não está faltando entrega e é isso que a torcida cobra da gente”, afirmou.

Na visão de Burse, o time vem evoluindo desde o Ba-Vi, mas continua pecando no momento ofensivo. “A gente sabia que, no inicio do jogo, a gente sofreria uma pressão. É normal para quem joga fora de casa. Depois, normalizou o jogo e acho que conseguimos criar e fazer algumas situações no primeiro tempo. Acho que, nesse terço final, dá para trabalhar um pouco mais. A gente tá conseguindo trabalhar essa bola, sair lá de trás, se livrar da pressão... E, nesse terço final, um chute, uma encaixada... A gente está se precipitando. Acho que dá para melhorar nesse quesito”, analisou.

O próximo compromisso rubro-negro será contra o Atlético-PR, neste sábado (17), às 18h (horário de Salvador), no Barradão, pela 35ª rodada da Série A.

Com o empate, o Vitória estacionou na 18ª posição, mas chegou aos 36 pontos na tabela da competição.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 23:47

Enderson vê Bahia superior ao Ceará e diz que Edigar Junio tem limitações físicas

por Leandro Aragão

Enderson vê Bahia superior ao Ceará e diz que Edigar Junio tem limitações físicas
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O técnico Enderson Moreira ficou satisfeito com a atuação do Bahia no triunfo por 2 a 1 sobre o Ceará, na noite desta quarta-feira (14), na Arena Fonte Nova. Para o comandante, o Tricolor foi superior ao adversário por todo o jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

"Acho que a equipe do Bahia foi extremamente superior a do Ceará. Criou muitas oportunidades, jogou no campo deles quase que o tempo todo, proporcionou pouquíssimos contra-ataques. Mesmo contra uma equipe muito bem montada, como é a do Lisca, que tem uma transição muito forte, que marca muito bem, nós conseguimos criar situações mesmo saindo atrás no placar, ter paciência e a gente precisa enaltecer os atletas que se empenharam e se dedicaram muito", afirmou durante a entrevista coletiva. "Muita gente as vezes não entende por que que a gente mantém alguns atletas que em determinados momentos caiu um pouco. A gente não pode pegar um jogador que jogue mal num e colocar outro no dia seguinte, porque vai criar uma instabilidade enorme. O jogador não pode entrar dentro de campo e jogar mal? Ele também tem o dia dele, as vezes as coisas acontecem positivamente, tem vezes que não. O importante é que eles possam continuar tentando e tendo a nossa confiança. É essa mensagem é que eu tento passar para eles. Que a gente possa abraçar esse grupo nosso torcedor possa entender", completou.

 

O gol da vitória foi marcado pelo atacante Edigar Junio aos 47 minutos do segundo tempo. Enderson elogiou o jogador e revelou ele tem limitações físicas.

 

"Edigar teve um ano difícil de lesões. Isso tirou ele da possibilidade de fazer uma boa preparação para esse ano. Edigar convive com dores que não são fáceis de poder administrar. Tem uma limitação em termos de trabalho de impacto. Precisa sempre ser poupado um pouco dessas atividades. É um jogador guerreiro. Conheço ele, trabalhei com ele no sub-20 do Atlético-PR. Competitivo, tem uma força absurda. Sempre falo com ele de poder... Na verdade, vocês utilizam a palavra que “fulano foi sacado”. Não foi sacado. A gente fez algumas opções para um jogo, para terminar um jogo... Lá fora isso é tão comum. Aqui parece que cria uma carga diferente. São opções táticas, como fez contra o Atlético-PR, quando a gente colocou um time diferente, porque o jogo era diferente. Pode ser que, contra o Atlético-MG, eu possa tomar uma decisão diferente em função do adversário. A gente cria, na impossibilidade de treinar, a gente quase não tem tempo para treinar, então a gente vai criando situações com as características dos jogadores, para que possa minimizar a falta de treinos com encaixes diferentes. Passei para eles isso para ter tranquilidade, confiança, e treinar bem. Todo mundo confia nele, acredita, sabe o potencial. Ele tem uma limitação física esse ano em termos de não estar no mesmo nível do ano passado, mas tem que saber lidar com isso no finalzinho e se preparar muito bem para a próxima temporada", contou.

 

Com os três pontos, o Esquadrão de Aço chegou aos 44 e abriu sete da zona de rebaixamento neste momento. A equipe deu um importante passo para se livrar do fantasma do rebaixamento e agora, pode até sonhar com colocações melhores na tabela de classificação.

 

"Não sei o que vai dar, se vai conseguir o 10º, 11º lugar. A gente está perto de se salvar do rebaixamento. Dificilmente a pontuação passa de 44, mas não é nada matemático. Vamos olhar para frente, jogar esses últimos cinco jogos com toda energia. A palavra que pedi a eles foi comprometimento, concentração, até a última rodada. Se a gente vai conseguir três pontos até o fim, é o máximo que a gente vai conseguir. Porque o grupo se sacrificou tanto... No finalzinho, vai até o fim", prometeu.

 

O Bahia volta ao gramado no próximo sábado (17), às 20h no horário de Salvador para enfrentar o Atlético-MG. O duelo vale pela 35ª rodada do Brasileirão.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 23:34

Benítez recebe terceiro amarelo e desfalca Vitória contra o Atlético-PR

por Matheus Caldas

Benítez recebe terceiro amarelo e desfalca Vitória contra o Atlético-PR
Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

Titular nos últimos três jogos do Vitória, o lateral-esquerdo Marcelo Benítez será desfalque no próximo jogo contra o Atlético-PR. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no empate por 0 a 0 contra o Sport, na noite desta quarta-feira (14), na Ilha do Retiro, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a ausência do argentino, a tendência é que Fabiano seja o titular no duelo contra os atleticanos, às 18h (horário de Salvador) deste sábado (17), no Barradão, pela 35ª rodada da Série A.

O Vitoria ocupa a 18ª rodada na tabela da competição, com 36 pontos conquistados.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 23:01

João Gabriel promete entrega contra o Atlético-PR: 'Vamos lutar até o fim'

por Matheus Caldas

João Gabriel promete entrega contra o Atlético-PR: 'Vamos lutar até o fim'
Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

O goleiro João Gabriel estreou na meta do Vitória, na noite desta quarta-feira (14), no empate rubro-negro por 0 a 0 contra o Sport, na Ilha do Retiro, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após o resultado, mesmo com a manutenção do time baiano no Z4, o arqueiro pregou um discurso de otimismo. 

“Temos um jogo agora contra o Atlético-PR dentro de casa. Vamos lutar até o fim em busca desse resultado e a permanência do Vitória na Série A”, prometeu, em entrevista ao canal Premiere.

O jogador também avaliou sua participação e comentou sobre a importância que o jogo teve. “Acho que fiz um bom jogo. A gente sabia da importância da importância desse jogo. Era um jogo de 6 pontos, num momento delicado. Quem o João [Burse] optasse, teria que corresponder da melhor maneira possível. No contexto geral, a gente precisava do resultado positivo”, pontuou.

Com o resultado, o Vitória se manteve na 18ª colocação da Série A, com 36 pontos conquistados. O duelo contra o Atlético-PR acontecerá neste sábado (17), às 18h (horário de Salvador), no Barradão, pela 35ª rodada da competição nacional.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 22:40

Vitória empata com o Sport e se mantém no Z4 do Campeonato Brasileiro

por Matheus Caldas

Vitória empata com o Sport e se mantém no Z4 do Campeonato Brasileiro
Foto: Anderson Freire / Divulgação / Sport

O Vitória se manteve na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, mas segue na briga contra o descenso. O time baiano empatou por 0 a 0 com o Sport, nesta quarta-feira (14), na Ilha do Retiro, pela 34ª rodada da competição. Com o resultado, o Leão chegou aos 36 pontos na tabela da Série A e se manteve na 18ª posição na tabela.

O próximo adversário rubro-negro é o Atlético-PR, neste sábado (17), às 18h (horário de Salvador), no Barradão, pela 35ª rodada da competição nacional.


O JOGO

Primeiro tempo e quase lei do ex


No primeiro minuto de jogo, quase o Sport abre o placar. Jeferson deu condições para Rogério que, de cara com João Gabriel, perdeu um gol quase feito

Vitória nervoso

Nos 15 primeiros minutos de jogo, o que se via era um Vitória nervoso. O Sport, por sua vez, chegava com mais ímpeto, mas esbarrava na falta de pontaria. Aos 13 minutos, por exemplo, Hernane furou um chute na cara de João Gabriel

Primeira chance do Vitória

Aos 26 minutos, o goleiro Maílson bateu roupa na frente de André Lima. O centroavante quase conseguiu aproveitar

Vitória gosta do jogo

Após a primeira chance, o Leão baiano tomou as rédeas da partida. Aos 37 minutos, Erick exigiu boa defesa de Maílson

Segundo tempo e lambança

No primeiro lance da etapa complementar, o oleiro Maílson quase faz um gol contra numa reposição de bola. Ele mesmo, no entanto, salvou a bola em cima da linha. Lance bizarro!

Chance perdida

Aos 10 minutos, Eron quase faz o primeiro gol como profissional. No cruzamento de Benítez, a bola resvalou no camisa 95, que colocou a bola para fora

Na trave!

O Sport quase abria o placar. Aos 35 minutos, Mateus Gonçalves saiu na velocidade. Cara a cara com João Gabriel, a bola bateu caprichosamente na trave

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro – 34ª rodada
Sport x Vitória
Local
: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 14/11/2018 (quarta-feira)
Horário: 20h45 (de Salvador)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa/GO) e Rafael da Silva Alves (RS)
Assistentes adicionais: Anderson da Silveira Farias (RS) e Eleno Gonzalez Todeschini (RS) 
Cartões amarelos: Léo Gomes, Marcelo Benítez (VIT); Adryelson, Raul Prata, Rafael Marques(SPT)
 
Sport: Mailson; Andrigo, Adryelson, Ernando e Raul Prata; Marcão Silva, Jair (Morato) e Michel Bastos; Mateus Gonçalves, Rogério (Rafael Marques) e Hernane Brocador (Fellipe Bastos). Técnico: Milton Mendes
 
Vitória: João Gabriel; Jeferson, Lucas Ribeiro, Ramon e Marcelo Benítez; Willian Farias, Arouca (Rhayner) e Léo Gomes; Lucas Fernandes (Neílton), Erick e André Lima (Eron). Técnico: João Burse.

 

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 22:32

'O Bahia é sempre com emoção', diz Edigar Junio, autor do gol do triunfo aos 47 minutos

por Leandro Aragão

'O Bahia é sempre com emoção', diz Edigar Junio, autor do gol do triunfo aos 47 minutos
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Edigar Junio não marcava um gol há quase um mês. O último havia sido no dia 20 de outubro no triunfo por 1 a 0 contra o Botafogo pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira (14), na Arena Fonte Nova, o atacante voltou dar a mais outra vitória ao Esquadrão de Aço, na competição nacional, desta vez por 2 a 1 sobre o Ceará. O camisa 11 marcou, de letra, o segundo tento da equipe baiana aos 47 minutos da etapa final.

 

"É uma emoção muito grande. O que a torcida está fazendo aí é de arrepiar. Mas eu tenho que dizer uma coisa. Muitas vezes acontecem certas coisas que a gente não merece. Deus sempre vem me ajudando e me dando forças quando muita gente não acredita em mim, mas tem que exaltar o grupo todo. Todo mundo veio me abraçar, porque todo mundo me dá forças, acredita em mim. É isso aí, o Bahia é sempre com emoção", disse em entrevista ao canal Premiere.

 

Com o triunfo, o Bahia deu um importante passo para manter-se na Série A do Brasileirão no ano que vem. Neste momento na 10ª colocação, o Tricolor chegou aos 44 pontos, abrindo sete da zona da degola. Segundo Edigar Junio, o time baiano agora vai mirar em outras conquistas na tabela de classificação. 

 

"A gente sabe que estávamos brigando por uma permanência na Série A. Acho que isso está muito encaminhado, então temos que mirar coisas grandes. Vamos estar com os pes no chão para poder, com humildade, conquistar coisas grandes", afirmou.

 

O próximo compromisso do Esquadrão de Aço será no sábado (17), às 20h no horário de Salvador, no duelo contra o Atlético-MG, no Independência, pela 35ª rodada.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 22:05

Lucas Fonseca e Elton desfalcam o Bahia na próxima partida contra o Atlético-MG

por Leandro Aragão

Lucas Fonseca e Elton desfalcam o Bahia na próxima partida contra o Atlético-MG
Elton está fora do próximo jogo | Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O zagueiro Lucas Fonseca e o volante Elton receberam o terceiro cartão amarelo nesta quarta-feira (14), no triunfo do Bahia sobre o Ceará, por 2 a 1, na Arena Fonte Nova. Com isso, a dupla está suspensa automaticamente do próximo compromisso do Tricolor diante do Atlético-MG, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

O primeiro a receber a advertência foi Elton, aos 11 minutos do primeiro por uma falta cometida em Richardson. Na etapa final, Lucas Fonseca recebeu o amarelo aos 21 minutos.

 

Com o triunfo sobre o Ceará, o Tricolor subiu para a 10ª colocação ao somar 44 pontos e, neste momento, abrir sete da degola. O duelo contra o Galo mineiro está marcado para sábado (17), às 20h no horário de Salvador, no Independência, pela 35ª rodada.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 22:00

Tite faz mistério sobre escalação da seleção para encarar o Uruguai

por Marcus Alves | Folhapress

Tite faz mistério sobre escalação da seleção para encarar o Uruguai
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Em seu primeiro trabalho com o grupo inteiro à disposição, Tite preferiu manter o mistério e não abriu a escalação que mandará a campo para enfrentar o Uruguai, na próxima sexta-feira (16), no Emirates Stadium, em Londres. Em treino nesta quarta (14), o comandante da seleção brasileira liberou apenas os 20 minutos iniciais de acesso ao gramado para a imprensa no CT do Arsenal.

Ele esboçou somente a formação adversária, com duas linhas de quatro bonecos para simular a dificuldade que Neymar e companhia terão pela frente.

O meia Renato Augusto, que, enfim, chegou da China na última noite, desceu para o campo normalmente. Ele foi o último a se apresentar após ser chamado para substituir Philippe Coutinho, do Barcelona, cortado.

Rafinha Alcântara e Alex Sandro, convocados para as vagas de Casemiro e Marcelo, também lesionados, já se encontravam com a delegação.

O atleta do Beijing Guoan está cotado para começar o amistoso contra os uruguaios como titular, mas ainda precisa ter a sua condição física avaliada. Caso ele não passe nos testes, outro veterano, Paulinho, deve ficar com o lugar.

A escalação mais provável é Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Walace, Arthur e Renato Augusto; Douglas Costa, Neymar e Roberto Firmino.

O time comandado por Tite ainda faz mais um trabalho nesta quinta-feira (15), às 12h30 (de Brasília), antes de enfrentar o Uruguai. Depois da partida, ele se desloca até Milton Keynes, nos arredores de Londres, para encerrar o ano contra Camarões, na terça-feira seguinte (20).

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 21:56

No apagar das luzes, Edigar Junio faz de letra e o Bahia vence de virada o Ceará

por Leandro Aragão

No apagar das luzes, Edigar Junio faz de letra e o Bahia vence de virada o Ceará
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Com um belo gol de letra de Edigar Junio aos 47 minutos do segundo tempo, o Bahia bateu, de virada, o Ceará por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (14), na Arena Fonte Nova. Zé Rafael marcou o primeiro do Tricolor aos 43 da etapa incial do jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Calyson anotou o tento do Vozão aos sete do primeiro tempo.

 

Com o triunfo, o Esquadrão de Aço deu um passo importante para seguir na elite do futebol brasileiro na próxima edição do Brasileirão. A equipe do técnico Enderson Moreira subiu para a 10ª colocação ao somar 44 pontos e, neste momento, abrir sete da degola. Já o Vozão segue sua tormenta contra o rebaixamento permanecendo com 38 pontos caindo para a 15ª posição.

 

O Tricolor volta ao gramado no próximo sábado (17), 20h no horário de Salvador, na visita ao Atlético-MG, no Independência, pela 35ª rodada do Brasileirão. Enquanto o Vozão só entra em campo na próxima segunda (19), às 20h, para enfrentar o Fluminense, no Maracanã.

O JOGO

 

O Bahia começou a partida tocando a bola com tranquilidade. Porém, numa escapulida dos visitantes, Ricardinho matou no peito e lançou Samuel Xavier, que fez o cruzamento. A bola desviou em Léo, matou Douglas no lance e sobrou para Calyson apenas empurrar para o fundo do gol e correr para o abraço aos sete minutos de jogo. Bahia 0x1 Ceará.

 

O Tricolor tentou manter a calma e continuou tocando a bola. Aos 13, Edigar recebeu na grande área pelo lado esquerdo, mas ficou sem ângulo na hora de finalizar e acabou chutando na rede pelo lado de fora. Os donos da casa chegaram bem mais outra vez pela esquerda. Ramires recebeu já na grande área, após tabela entre Edigar Junio e Elton, e soltou a bomba, mas Everson fez bela defesa para evitar o empate.

 

Aos 24, Ramires levantou a bola na área a partir de uma cobrança pela direita e Douglas Grolli deu o carrinho para finalizar, mas o bem colocado Everson encaixou sem problemas. Em seguida, Léo desceu bem pela esquerda e fez o cruzamento. De costas para o gol, Edigar Junio deu uma bicicleta na tentativa de levantar a bola para o miolo da área. A bola sobrou para Ramires na linha de fundo, mas ele furou na hora do chute. O jovem meia ficou com a sobra, no entanto foi travado na finalização. Aos 27, em nova investida do Bahia, a torcida pediu pênalti na tentativa de um defensor cearense de afastar o perigo. A bola realmente tocou no braço do jogador do Vozão, mas o árbitro não viu e mandou seguir.

 

O Vozão chegou aos 37 com Calyson. Ele recebeu e bateu forte de fora da área obrigando Douglas a fazer boa defesa.

 

Zé Rafael empata
O Tricolor igualou o placar aos 43 minutos. Em nova tabela entre Edigar Junio e Elton, o volante recebe na quina da entrada da grande e cruzou a bola para o camisa 10 na esquerda. Ele percebeu Everson um pouco adiantado, tocou de cabeça para encobrir o arqueiro do Vozão e balançar as redes para alegria da torcida. Bahia 1x1 Ceará.

 

No último lance do primeiro tempo, aos 47, o Vozão armou um contra-ataque. Arthur recebeu, brigou e ganhou na corrida do marcador. Ele bateu fora da entrada da área, mas Douglas fez a defesa com segurança.

 

Segundo tempo

Assim como os dois times voltaram sem mudanças, a etapa complementar começou do mesmo jeito como no primeiro tempo, com o Bahia dominando e tocando a bola. Logo aos quatro, Léo protagonizou um bonito lance ao bater de primeira uma bola cruzada, mas ela explodiu na defesa. Enquanto o Ceará, continuava armando contra-ataques interessantes quando a chance aparecia, deixando a torcida tricolor tensa.

 

O Bahia seguia com a bola, mas sem conseguir furar a defesa cearense e levar perigo à meta de Everson. Acomodado na partida e gostando do empate, o Ceará continuava a sua estratégia de esperar as oportunidades para contra-atacar.

 

Aos 33 minutos, Paulinho deu uma boa arrancada pela esquerda, invadiu a área e bateu forte. Bem posicionado, Everson fez a defesa e evitou o segundo gol dos donos da casa.

 

Edigar Junio de letra

Vinícius manda para Bruno. Lateral recebe na área e bota na frente para Edigar Junio mandar de letra para o gol de Éverson aos 47 minutos. Bahia 2x1 Ceará.

 

FICHA TÉCNICA
Bahia 2x1 Ceará
Campeonato Brasileiro – 34ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Horário: 20h (de Salvador)
Data: 14/11/2018 (quarta-feira)
Árbitro:  Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Rogerio Pablos Zanardo (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Thiago Duarte Peixoto e Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (ambos de SP)

Cartões amarelos: Elton, Lucas Fonseca (Bahia) / Ricardinho (Ceará)

Gols: Zé Rafael e Edigar Junio (Bahia) / Calyson (Ceará)

 

Bahia: Douglas; Bruno, Douglas Grolli (Jackson), Lucas Fonseca e Léo (Paulinho); Gregore e Elton; Elber, Ramires e Zé Rafael (Vinicius); Edigar Junio. Técnico: Enderson Moreira.

 


Ceará: Everson; Samuel Xavier (Fabinho), Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Edinho, Richardson e Ricardinho (Arnaldo); Calyson (Pedro Ken), Arthur e Leandro Carvalho. Técnico: Lisca.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 20:30

Capim Grosso: Campeonato Municipal terá apoio da FBF

Capim Grosso: Campeonato Municipal terá apoio da FBF
Foto: Divulgação / FBF

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) recebeu nesta terça-feira (13), o presidente da Liga Desportiva de Capim Grosso, Patrício de Oliveira, o vereador Gilberto Alves e o diretor de esportes Nildo Sampaio. A entidade dará apoio logístico ao campeonato Municipal na cidade. 

 

O torneio, que começou no dia 12 de julho, se encerrará em 2 de dezembro. A diretora de competições da FBF, Taíse Galvão, ressaltou que a entidade sempre apoiou projetos e competições da Liga. 
 

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 19:33

Gilberto está fora de duelo entre Bahia e Ceará na Arena Fonte Nova

por Ulisses Gama

Gilberto está fora de duelo entre Bahia e Ceará na Arena Fonte Nova
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Diferente do que foi publicado no Bahia Notícias nesta quarta-feira (14), o atacante Gilberto está fora do duelo entre Bahia e Ceará, logo mais às 20h no horário de Salvador, na Arena Fonte Nova. A partida é válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Gilberto vinha treinando normalmente desde segunda (12), inclusive participou do encerramento da preparação nesta terça (13) para a partida diante do Vozão. O técnico Enderson Moreira escalou o Tricolor com Douglas; Bruno, Douglas Grolli, Lucas Fonseca e Léo; Gregore e Elton; Elber, Ramires e Zé Rafael; Edigar Junio.

 

O Esquadrão de Aço ocupa a 11ª colocação com 41 pontos. Com três a menos, o Vozão aparece na 15ª, neste momento, na tabela de classificação.

COB divulga finalistas do Prêmio Brasil Olímpico com Isaquias e Ana Marcela
Fotos: Divulgação / CBDA | Reprodução / Instagram

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta quarta-feira (14), os atletas indicados ao Brasil Olímpico 2018. O prêmio elege os melhores atletas do país no ano. Destaque para os baianos Ana Marcela (maratona aquática) e Isaquias Queiroz (canoagem velocidade), finalistas da premiação. O evento acontecerá no dia 18 de dezembro, no Teatro Bradesco, no Rio de Janeiro.

 

Na disputa do feminino, Ana Marcela encara Marta, eleita pela 6ª vez a melhor jogadora do mundo, e Ana Sátila, que com apenas 16 anos se tornou uma das principais canoístas do país. 

 

Já no masculino, Isaquias disputa com Gabriel Medina, que está próximo de conquistar o Mundial de Surf, e Pedro Barros, que é o principal representante do país na modalidade Bowl. 

 

"O Prêmio Brasil Olímpico chega à sua 20ª edição homenageando o melhor do esporte brasileiro, tanto do presente quanto do passado. Será uma grande festa em homenagem aos atletas, técnicos e aos diversos agentes que fazem com que as vitórias nas principais competições internacionais e a escolha de brasileiros como melhores do mundo em suas modalidades sejam uma constante nesses últimos anos”, destacou Paulo Wanderley Teixeira, presidente do COB, segundo a "Veja". 

 

COB divulga finalistas do Prêmio Brasil Olímpico com Isaquias e Ana Marcela

 

A entidade também divulgou os melhores atletas de cada modalidade. A escolha foi feita por um júri formado por jornalistas, dirigentes, ex-atletas e personalidades do esporte. No dia 25 de novembro será anunciado o Atleta da Torcida, escolhido em votação pela internet. 

 

CONFIRA A LISTA: 

Atletismo: Darlan Romani

Badminton: Ygor Coelho

Basquete: Yago Mateus

Basquete 3×3: Luiz Felipe Soriani

Beisebol: Felipe Burin

Boxe: Beatriz Ferreira

Canoagem Slalom: Ana Sátila

Canoagem Velocidade: Isaquias Queiroz

Ciclismo BMX (Freestyle): Leandro Neto

Ciclismo BMX (Racing): Anderson Ezequiel de Souza Filho (Andinho)

Ciclismo Estrada: Vinicius Rangel Costa

Ciclismo Mountain Bike: Henrique Avancini

Ciclismo Pista: Kacio Fonseca da Silva Freitas

Desportos na Neve: Jaqueline Mourão

Desportos no Gelo: Isadora Williams

Escalada Esportiva: Thais Makino Shiraiwa

Esgrima: Alexandre Camargo

Futebol: Marta Silva

Ginástica Artística: Arthur Zanetti

Ginástica Trampolim: Camilla Gomes

Ginástica Rítmica: Natália Gaudio

Golfe: Luiza Altmann

Handebol: Eduarda Amorim

Hipismo adestramento: João Victor Oliva

Hipismo CCE: Márcio Carvalho Jorge

Hipismo saltos: Pedro Veniss

Hóquei sobre grama: Rodrigo Faustino

Judô: Érika Miranda

Karatê: Vinicius Figueira

Levantamento de pesos: Fernando Saraiva Reis

Maratona Aquática: Ana Marcela Cunha

Nado Artístico: Maria Clara Lobo

Natação: Revezamento (Pedro Spajari/Gabriel Santos/Marcelo Chierighini/Marco Antonio Ferreira Junior)

Pentatlo moderno: Maria Iêda Guimarães

Polo Aquático: Gustavo Guimarães

Remo: Uncas Tales Batista

Rugby: Bianca dos Santos Silva

Saltos Ornamentais: Ingrid de Oliveira

Skate: Pedro Barros

Softbol: Fernanda Ayumi Missaki

Surfe: Gabriel Medina

Taekwondo: Edival Pontes (Netinho)

Tênis: Marcelo Melo

Tênis de mesa: Hugo Calderano

Tiro com arco: Marcus Vinícius D´Almeida

Tiro esportivo: Julio Almeida

Triatlo: Manoel Messias

Vela: Martine Grael e Kahena Kunze

Vôlei: Douglas Souza

Vôlei de praia: Agatha Bednarczuk / Duda Lisboa

Wrestling: Lais Oliveira

PM promove Ronda Especial Maria da Penha na Fonte Nova nesta quarta
Foto: Jorge Cordeiro / Divulgação / SSP

As torcedoras tricolores terão um antigo pedido atendido nesta quarta-feira (14), no confronto entre Bahia e Ceará, que acontece às 19h (horário de Salvador), na Arena Fonte Nova, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Polícia Militar (PM) promoverá uma Ronda Especial Maria da Penha na praça esportiva, com maioria de policiais femininas, voltada para a segurança da mulher no estádio.

 

A ação, que contou com o apoio especial da Major Denice – uma das homenageadas pelo clube na partida -, funcionará no antigo setor Norte.

 

Pelo Brasileirão, o Bahia ocupa a 11ª colocação com 41 pontos conquistados.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 17:30

Com orçamento reduzido, Vitória da Conquista vive indefinição para o Baiano de 2019

por Gabriel Rios

Com orçamento reduzido, Vitória da Conquista vive indefinição para o Baiano de 2019
Foto: Matheus Caldas / Bahia Notícias

O Vitória da Conquista segue com indefinições para a próxima temporada. Em entrevista ao Bahia Notícias, o presidente do clube, Ederlane Amorim, afirmou que o elenco e a comissão técnica ainda não foram definidos, mas a tendência é que o técnico do Sub-20 Guilhermino Lima seja confirmado no time principal.

 

"Estamos parados. Vamos nos apresentar na primeira quinzena de dezembro, mas ainda não definimos a data. Também não definimos o elenco e a comissão técnica, estamos aguardando algumas situações, principalmente o cronograma financeiro para vermos até aonde podemos ‘colocar o braço’. Talvez o Lima assuma, ele já treinou algumas vezes o profissional”, salientou o dirigente.

 

Ederlane também explicou o orçamento mais apertado para esta temporada. Já que pela primeira vez desde 2013, o clube terá apenas o Campeonato Baiano para disputar.

 

“Estamos com um pouco mais de dificuldade. Desde 2013 a gente não fica fora de uma competição nacional como Copa do Brasil ou Copa do Nordeste, que tem um retorno interessante para o clube. Como só disputarei o baiano, teremos que apertar um pouco o cinto”, revelou.

 

Entretanto, o mandatário garante que o elenco do Bode vai brigar de igual para igual no Baianão: “Estamos observando jogadores do Intermunicipal. Também daremos oportunidade a atletas do nosso Sub-20. Dificilmente terei como montar um elenco com nomes mais conhecidos, o que não quer dizer que não teremos qualidade. Queremos jogadores para mostrar seu valor”.

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 16:05

Presidente do Jacobina garante acerto com Adriano Apodi para o Baianão de 2019

por Gabriel Rios

Presidente do Jacobina garante acerto com Adriano Apodi para o Baianão de 2019
Adriano Apodi passou pelo Juazeirense | Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O Jacobina acertou com o lateral-direito Adriano Apodi. O atleta de 30 anos chega para a disputa do Campeonato Baiano de 2019. A informação foi confirmada pelo presidente do Jegue da Chapada, Rafael Damasceno.

 

O Bahia Notícias entrou em contato com o atleta, que afirmou que faltam detalhes para o acerto: "Temos uma conversa avançada com o clube. Faltam alguns detalhes para fecharmos 100%". 

 

Revelado pelo Vitória, o jogador se destacou no clube homônimo de Conquista, onde foi eleito o melhor lateral-direito do Campeonato Baiano de 2015. O atleta também acumula passagens por Bahia e Juazeirense. Seu último clube foi o Confiança-SE. 

 

Em 2019, o Jegue da Chapada terá o Campeonato Baiano como principal competição. Na edição deste ano, o clube ficou na 8ª colocação. 

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 15:30

Conselho do Coritiba vai pedir Assembleia por saída de presidente do clube

por Napoleão de Almeida | Folhapress

Conselho do Coritiba vai pedir Assembleia por saída de presidente do clube
Samir Namur é presidente do Coxa | Foto: Divulgação / Coritiba

Um grupo de 84 conselheiros do Coritiba irá protocolar na próxima segunda-feira (19) um pedido de Assembleia Geral de Sócios para destituir o presidente Samir Namur do cargo. Eleito em dezembro de 2017, Namur está prestes à completar um ano no comando do clube, que não tem mais chances de acesso para a Série A nesta temporada. O advogado Julio Jacob Junior, conselheiro do Coxa, é quem lidera o pedido.

"A torcida tem cobrado nas redes sociais e principalmente dos conselheiros que o Conselho é omisso, não se posiciona. O que se pretende com essa assembleia é devolver a torcida, ao sócio, mesmo o que escolheu o Samir como presidente, o poder de escolher a continuidade dele ou não", argumentou em contato com o UOL Esporte. Na prática, a Assembleia será como uma nova eleição. O Coxa tem aproximadamente 13 mil sócios, mas dentro deste universo só poderão opinar os adimplentes há pelo menos dois anos.

Questionado sobre a motivação do pedido, que não aponta nenhuma irregularidade praticada por Namur, Jacob detalhou: "O Estatuto do clube é omisso em relação a requisitos para destituição do presidente. Quando a gente vai tratar de Impeachment de presidente, de governador, a gente se acostumou a tratar esse assunto com a necessidade de um fundamento. No caso do nosso estatuto, há a omissão completa em relação a requisitos".

Jacob se refere ao Estatuto aprovado em fevereiro de 2011, assinado por ele, pelo então presidente do Conselho Deliberativo Omar Akel e outros três membros. No documento, é previsto que uma Assembleia Geral é superior aos Conselhos do clube, podendo até dissolver o próprio Coritiba. O artigo 43 deixa claro que a Assembleia pode ser convocada para "eleger o destituir os membros" dos Conselhos Deliberativo ou Administrativo – o G5, onde está Namur.

Para ser convocada, a Assembleia precisa reunir pelo menos um terço da assinatura dos conselheiros. Uma lista com 84 nomes e assinaturas foi divulgada por Jacob. A partir daí, a convocação para a mesma pode tomar entre 40 e 50 dias. Questionado sobre as motivações políticas dos conselheiros -a eleição compôs um Conselho recortado entre as três chapas que a disputaram- Jacob respondeu:

"Mas não dá pra dizer que tem cunho eleitoral, "ah, perdemos e vamos dar um golpe". Não. O que eu sinto das pessoas que vêm assinar é uma preocupação muita grande em não ver um novo caminho. Basta ver: o clube sempre teve no mínimo 8 mil pagantes em jogos mesmo com pouca audiência, e hoje não tá conseguindo levar 3 mil sócios."

Namur aguarda e prepara disputa judicial

Procurado para comentar o movimento, o presidente Samir Namur orientou a assessoria a dizer que não dará entrevistas antes do pedido protocolado. O presidente, entretanto, já se articula para buscar a manutenção do cargo na Justiça.

Histórico de Conteúdo