Segunda, 25 de Maio de 2020 - 12:19

Live do BN: Wagner critica reunião ministerial de Bolsonaro: 'Passa longe da liturgia'

por Fernando Duarte / Ulisses Gama

Live do BN: Wagner critica reunião ministerial de Bolsonaro: 'Passa longe da liturgia'
Entrevistado na Live do BN desta segunda-feira (25), o senador Jaques Wagner (PT) fez críticas ao conteúdo do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, divulgada pelo ministro do Superior Tribunal Federal, Celso de Mello. De acordo com o ex-governador da Bahia, os comportamentos apresentados não configuram uma reunião e o fato da pandemia do novo coronavírus não ser pauta principal causou choque.

Leia mais

Terça, 12 de Maio de 2020 - 13:30

Live do BN: João Leão revela conversa com Bolsonaro quando deputado: 'Me respeite'

por Fernando Duarte / Breno Cunha

Live do BN: João Leão revela conversa com Bolsonaro quando deputado: 'Me respeite'
O vice-governador João Leão (PP) foi o convidado desta terça-feira (12) da Live do Bahia Notícias no Instagram e revelou uma conversa que teve com Jair Bolsonaro, quando o mesmo era deputado federal, sobre emendas parlamentares.

Leia mais

Live do BN: Otto se diz contrário a impeachment e deixa nas mãos do STF
O senador baiano Otto Alencar é contrário a instalação do processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em meio à pandemia do novo coronavírus. O parlamentar, que é o presidente do PSD Bahia e líder da bancada da sigla no Senado, avalia que o Brasil não tem condições de lidar com um processo de impeachment no momento. O senador foi o convidado desta quinta-feira (30) da Live do Bahia Notícias no Instagram.

Leia mais

Tradicionais entrevistas da semana dão lugar temporário a lives no Instagram
Toda segunda-feira o Bahia Notícias publica uma entrevista. Foi assim ao longo de mais de uma década. No entanto, com a pandemia do novo coronavírus, a tradicional fotografia que tem como fundo as charges de Borega ficou inviável, bem como a própria naturalidade possível quando a entrevista é presencial. Por telefone, é difícil identificar completamente as reações dos entrevistados. Mas nem por isso os leitores ficarão sem acesso a papos exclusivos com personalidades da política, do esporte, do entretenimento, da saúde ou da justiça. Atento a esse novo momento, o site iniciou há duas semanas uma série de lives no Instagram, trazendo uma entrevista ping-pong direta, com o melhor da informação.

Leia mais

Segunda, 20 de Abril de 2020 - 11:10

Pablo Barrozo

por Jamile Amine

Pablo Barrozo
Recém nomeado como secretário municipal de Cultura e Turismo de Salvador, Pablo Barrozo tem uma batalha pesada pela frente: lidar com a forte crise que tem abatido os dois setores, diante do isolamento social implementado para conter o coronavírus, e preparar o terreno para o pós-pandemia. Ele, que é graduado em Direito, pós-graduado em Planejamento Urbano e Gestão de Cidades, já foi deputado estadual pelo Democratas, além de assessor do prefeito ACM Neto e subsecretário da Secult, acredita que estas competências poderão ajudar a encarar o desafio. “O fato de eu estar na secretaria nesse último ano e dois meses me ajudou também muito, porque tive condição de conhecer todas as ações da secretaria e, inclusive, ajudar na estruturação de novas ações, porque nós não paramos por aqui”, disse Barrozo, destacando iniciativas como as obras de requalificação na orla da cidade, na Praça Castro Alves e Avenida Sete de Setembro, além de projetos como o Quali Salvador e o Capacita Salvador, voltados para qualificação e certificação nos setores de cultura e turismo.

Leia mais

Segunda, 13 de Abril de 2020 - 11:10

Félix Mendonça Jr.

por Mari Leal

Félix Mendonça Jr.
Presidente do PDT na Bahia, o deputado federal Félix Mendonça Jr. garantiu, em entrevista ao Bahia Notícias que não há possibilidade de o pré-candidato da sigla, Leo Prates, recuar da disputa em Salvador, mesmo com a continuidade dos prazos eleitorais e o papel essencial que tem realizado em virtude da pandemia do coronavírus. Destacou, no entanto, que este não é o momento de priorizar a política. Sobre o fato de a sigla ser parte da base do governador Rui Costa (PT) e o nome do partido para Salvador estar historicamente no campo das forças do prefeito ACM Neto (DEM), Mendonça sugere: “No melhor dos mundos nós teríamos o apoio dos dois”. O parlamentar, que defende o adiamento das eleições e a convergência dos valores empenhados em todo o processo eleitoral nas ações de combate à Covid-19, destacou ainda que o presidente da República, Jair Bolsonaro, impõe ao Brasil um governo de “achômetro” e perde a oportunidade de se mostrar como um líder, diante do posto que ocupa. Ainda no cenário nacional, Félix Jr. endossa a postura do ex-presidenciável do partido, Ciro Gomes, dedicando a ele a característica de “pavio curto”, mas preparado para assumir a presidência, pois tem propostas de mexer na “sangria” e “rendição do Brasil ao sistema financeiro”.  

Leia mais

Segunda, 06 de Abril de 2020 - 11:10

Jaques Wagner

por Ailma Teixeira / Fernando Duarte / Breno Cunha

Jaques Wagner
Uma das principais lideranças da oposição no Senado, Jaques Wagner (PT) não acredita que um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avance no Congresso, neste momento. Mas o senador acha que o chefe do Palácio do Planalto está cada vez mais isolado. Em entrevista ao Bahia Notícias, o senador pela Bahia pontuou que o presidente perde cada vez mais apoiadores: “É fato que a animosidade contra ele aumenta em todos os segmentos da sociedade. Ele na verdade está ficando cada vez menor, e cada vez só com os superfanáticos. As pessoas que têm bom senso acabam entendendo que ele não é companhia pra ninguém”. Sobre a carta assinada por líderes da oposição no país pedindo a renúncia de Bolsonaro, Wagner destacou que não concorda com o pedido de renúncia. “Não assinei porque a carta foi produzida e foi pra rua rapidamente, e eu acabei nem sendo, na verdade, procurado. Eu não colocaria este item. Renúncia é um ato unilateral. Ele vai fazer ou não vai fazer a depender do grau de sustentação dele”, falou.

Leia mais

Segunda, 30 de Março de 2020 - 11:10

Carlos Andrade

por Jade Coelho

Carlos Andrade
A Federação do Comércio da Bahia (Fecomércio) estima um prejuízo diário em torno de R$ 108 milhões até o final do mês no segmento no estado em meio à pandemia do novo coronavírus. Apesar do dano, o presidente da Fecomércio, Carlos Andrade, prega cautela e planejamento e diz que o foco deve estar em preservar vidas e empregos. “Eu vi hoje uma notícia de que o secretário da Fazendo do governo da Bahia estava prevendo um prejuízo em 90 dias de R$ 1 bilhão e meio. Se o governo está perdendo, deixando de arrecadar R$ 1 bilhão e meio, o prejuízo do comércio realmente tinha estimado em um prejuízo diário de R$ 108 milhões até o final do mês”, disse o presidente da entidade há cinco anos. Ao elogiar as medidas adotadas na Bahia e em Salvador, Andrade diz temer que o fechamento do comércio se estenda por muito tempo. O fato poderia causar danos graves ao setor. Ele afirma que muitas empresas baianas vão acabar indo à falência.

Leia mais

Segunda, 23 de Março de 2020 - 11:10

Ricardo Alban

por Lucas Arraz / Matheus Caldas

Ricardo Alban
Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban não crê que as indústrias em geral irão promover demissões em massa durante a crise do coronavírus. "É um período que nem todas as indústrias vão poder administrar de uma forma confortável, porque vem de um histórico de crise. Mas, de modo geral, não vejo nas indústrias um movimento de efeito manada de demissões por conta de uma crise que nós sabemos que é temporária", avaliou em entrevista ao Bahia Notícias.

Leia mais

Segunda, 16 de Março de 2020 - 11:10

Sosthenes Macêdo

por Ailma Teixeira

Sosthenes Macêdo
Fortes chuvas que culminam em alagamentos, deslizamentos de terra e até desabamentos de casas não são raras em Salvador. Mas é fato que o registro de casos com vítimas fatais diminuíram. A isso, o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macêdo, atribui uma série de ações, entre elas a manutenção do Centro de Monitoramento e Alerta de Defesa Civil, o Cemadec. A ferramenta, operada por engenheiros ambientais e meteorologistas, conta com 52 pluviômetros, que possibilitam ao órgão a cobertura de toda a capital baiana atualizada de cinco em cinco minutos. “Isso nos remete a um protocolo que diz que, em caso de chuvas rigorosas, de moderadas a fortes, no espaço de tempo de até 72 horas, superando 150mm com a perspectiva de continuidade de chuvas moderadas a fortes por mais 24 horas, deve-se acionar a sirene”, pontua Sosthenes, em entrevista ao Bahia Notícias. Ele se refere às Sirenes de Alerta e Alarme, instaladas em áreas de risco e acionadas sempre que a comunidade local precisa evacuar o espaço. Foi o que aconteceu em novembro passado, quando moradores de pelo menos seis localidades precisaram deixar suas casas. Em conversa com o Bahia Notícias, Sosthenes falou do trabalho contínuo do órgão, que não atua apenas na Operação Chuva, destacou a parceria com outras pastas do governo municipal e também as ações de prevenção e contingência. Ele pontua ainda outras medidas tomadas pela Codesal para otimizar o trabalho dos técnicos e garantir o apoio da população.

Leia mais

Histórico de Conteúdo