Terça, 19 de Junho de 2018 - 13:30

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
O anúncio da chapa do Correria está parecendo novela mexicana, mas outra novela é a definição de Zé das "Feiras". O presidenciável Flávio Rocha vem a Salvador buscar apoio do Soberano a sua candidatura. Se saia, Flávio. Estou rindo só de pensar o Soberano ou algum Menudo com roupa da Riachuelo. Marcelo “Cunha” achou que “Lídice saiu convencida de que vai ser ela (a candidata ao Senado pela chapa do Correria)”. A conversa do Correria e do Galego com Lídice foi em outro rumo. “Cunha” quer enrolar quem? Enquanto isso, o Correria ficou tiririca com os “comunas” que externaram na imprensa seu aborrecimento e ausência no Forró do Palácio. Já no Legislativo, o Soberano busca "cães de guarda", enquanto Correria pode resolver tudo com um simples recurso. Saiba mais!

Leia mais

Terça, 12 de Junho de 2018 - 13:30

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
O povo de Lauro de Freitas não gostou muito da divulgação do número de passageiros da Estação Aeroporto feito pela CCR. Depois dos acontecimentos durante esta semana, estou pensando em mudar alguns nomes na minha coluna. Coronel da Assembleia e #sabetudo, fiquem atentos. Jacaré, que só queria ficar elegante, teve confiscados seus remédios de emagrecimento. Enquanto isso, Bitelo aproveita o clima junino para identificar novos dançarinos na quadrilha. Até a Negona saiu em defesa de Lídice, mas Correria calado estava, calado ficou. E Mandacaru continua fazendo o possível e o impossível para não ter Irmão Lázaro como candidato ao Senado. Acabou levando pito do Soberano. Saiba mais!

Leia mais

Terça, 05 de Junho de 2018 - 12:00

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
A PPP de iluminação da prefeitura está causando muita celeuma no Thomé de Souza.  As cifras são astronômicas, o resultado é duvidoso e a disputa entre os menudos acirrada. O jogo é pesado e pode causar muitas feridas, algumas incuráveis. Eu acho que o Soberano lavou as mãos e adotou entre os pares uma estratégia lembrando as brincadeiras do tempo de Gurilândia. Já meu querido Harry Poter Envelhecido não pensou que a vida no tricolor fosse tão difícil. Se bem que a vida não estava fácil nas hostes “soberanistas”. Alguns petistas maldosos têm chamado a chapa de Correria nos bastidores de "Segundo Sol", porque, assim como a novela da Globo, não tem nenhum negro. Mandacaru imaginava estar em céu de brigadeiro. Para o Senado, a vaga do Galego é aposta certa. A outra seria sua. Só faltou combinar com Irmão Lázaro. Saiba mais!

Leia mais

Terça, 29 de Maio de 2018 - 13:10

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
Não queria estar no lugar do Soberano. Deve ser muito duro pra ele ver seus pares se digladiando nas licitações. Isso é bom para estratégia do "Cara de Paisagem", de aproveitar qualquer movimentação polêmica do Soberano a fim de fazer o contra ponto, aproveitando para desgastar a administração municipal. Com muita frieza, ele faz o jogo de 2020. Até Bitelo já manifestou que o "Cara" e a Tia que ninguém manda são nomes que podem disputar a sucessão do Thomé de Souza. Outros nomes apontados são o "Gatinho", que está sem moral com o chefe, e o "Pernambucano", que virou prioridade máxima nas hostes "soberanistas". A aposta geral é que o segundo vem mais forte na disputa.

Leia mais

Terça, 22 de Maio de 2018 - 13:30

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
Um amigo meu aqui da Ilha está dizendo que esse sujeito que apareceu se dizendo dono do dinheiro de Jacaré é contratado. Não acredito que alguém tenha tamanha coragem de uma façanha dessas em tempos de Lava Jato. Outra história de enrolados é a do ex-prefeito Ricardo “Todo Enrolado” Machado. Vendo o sol nascer quadrado, em função do envolvimento na Operação deflagrada pela PF, Machado viu agora seu rico plantel de cavalos de raça ser confiscado. Tá com pena? Já o “assessor ostentação” faz qualquer negócio para se eleger deputado estadual. Conversa com todo mundo, mas só não aceita entrar com seu PHS no chapão do Soberano. Eu apostaria que ele vai com o MDB de Bitelo. Ninguém resiste a um bom carinho, e conta bancária mais gorda. E João Gualberto de Garcia D'Ávila Peter ficou só no gogó. Na hora da onça beber água faltou apoio, e votos, para acompanhar Zé da “Feira”. E olhe que Zé não tem muito voto, e muito menos dinheiro.

Leia mais

Terça, 15 de Maio de 2018 - 12:30

Curtas do Poder: Camaleão não quer conversa com Protetor

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder: Camaleão não quer conversa com Protetor
Vejam essa eleição de "Zé da Feira" tal qual a de Paulo Souto. Pelo menos algumas semelhanças: no poder, não procura agradar ninguém. Não é muito chegado a prefeito do interior. Não grava nome de ninguém. Se acha um dos mais competentes e honestos da atualidade. Em campanha, só consegue ser mais simpático do que o Correria. Enquanto isso, o Soberano continua a alardear que ainda acredita na candidatura de Rodrigo “Meu Filhinho” Maia. Como presidente nacional do “Demos”, acha que está cedo para negociar apoio, e cair logo no colo do PSDB. Dando sorte, pode ganhar uma boquinha no pseudo governo do “Picolé de Chuchu”. É esperar e conferir. E, aqui em Salvador, segundo os próprios aliados, o Soberano pipocou quando resolveu não concorrer ao governo do estado. Agora aparece a notícia que o Soberano consultou um astrólogo de nome Chico Seabra, que recomendou a ficar de fora da disputa. Deve ser a versão melhorada de Isolda, a astróloga oficial da família. Já mandei passar minha “domingueira”, pois hoje irei desfrutar dos canapés e legítimo Scott na casa de #sabetudoAlôPrates. Entre um gole e outro vamos ser apresentados, e vendido$ no pacote, à "Zé da “Feira”. Já fui orientado a fazer cara que vou trabalhar por Zé. Tudo bem, só fazer cara.

Leia mais

Terça, 08 de Maio de 2018 - 12:30

Curtas do Poder: Zé da Feira quer praia

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder: Zé da Feira quer praia
Na chapa majoritária de “Zé da Feira”, um dos cotados para ser vice é Paulinho “Futevôlei”. Vai juntar um sertanejo com um praieiro. O criado na roça e o do playground. Por falar em Zé da Feira, ele foi conversar reservadamente com Zé da “Boca Mole” e com “Gatinho”. Fiquei curioso com o encontro. Ele não tinha fechado com o Correria? Por estas e outras ele era o presidente do Conselho de Ética Zero. Já do outro lado, o Correria está voando em céu de brigadeiro sem o Soberano no radar. A vida dos aliados, que já era difícil, tem se tornado mais ainda. O governador não está dando a mínima aos parlamentares que compõem sua base. Prova disto são os gatos pingados – sempre os mesmos, três ou quatro – que ainda o acompanham nos eventos. A turma já percebeu que cada um tem que cuidar de si. Se esperar pelo Correria vai ficar a ver navios.

Leia mais

Terça, 24 de Abril de 2018 - 12:30

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
Durante evento em Salvador nesta terça, a primeira-dama Aline Peixoto acabou compartilhando uma "intimidade" com o Correria: disse em discurso que teve a ideia de um mutirão de cirurgias enquanto o casal tomava banho. O governador ficou vermelho PT de tão sem graça. Lídice já estava conformada, até que Marcelo “Cunha”, desafeto de Otto, Bonitão e Coronel, ficou enchendo a cabeça da moça com o sonho de permanecer no Senado. Enquanto Lídice esbraveja, o Coronel passeia leve e solto nas caravanas do Correria. Não briga com ninguém, mas manda seus recados a Lídice nas mensagens das camisetas. O Soberano pagou o maior mico no lançamento da pedra fundamental do “novo” aeroporto. Primeiro foi na hora de colocar o capacete de obra. Fez de tudo para não colocar com medo de assanhar a cabeleira. Depois, na hora de pegar na enxada. O Correria, menino criado nas bandas da Liberdade, não se fez de rogado. Pegou na colher de pedreiro e foi logo dando o recado. Saiba mais!

Leia mais

Terça, 17 de Abril de 2018 - 13:10

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
A senadora Lídice é hoje a grande dor de cabeça do Correria para montar a chapa que irá disputar a eleição de outubro. Sem voto, e “dona” de um partido “Tamanho M”, ela trava uma guerra contra o Coronel da Assembleia pela vaga. Este tem a força do partido e de Dotô Otto, que não é pouca coisa. Inclusive, não sei por que eu, cá de minha Itaparica, ainda me surpreendo com político. No PSB, todo mundo fica defendendo Lídice pro Senado. Mas isso não tem nada a ver com lealdade a ela. Tá todo mundo pensando no próprio mandato. Foi só falar em candidatura avulsa dela que logo já espernearam. Ninguém apoia, com medo de não se reeleger. Voando em céu de brigadeiro, o Correria não tá comendo os elogios dos “traíras”, que agora juram amor eterno. Tinhoso como ninguém, o moço sabe fazer cara de paisagem, e dá uma risadinha de que não está acreditando no lero lero. Quem ficou sem pai nem mãe foi Mandacaru. Sem espaço, leia-se votos para renovar seu mandato como deputado federal. Desde que seu compadre, e cabo eleitoral de outrora, Marcelo “Cunha”, resolveu se candidatar a federal, procurava uma saída honrosa para a aposentadoria da vida pública. Excetuando-se o deputado Elmar Nascimento, que não escondeu sua indignação quando da desistência do Soberano de não concorrer à disputa do governo, os outros, e que não são poucos, em off não poupam críticas a atitude. A orelha do moço deve coçar o dia todo, e todo dia.Inclusive, a desistência do Soberano fez até a oposição mudar o uso da matemática na AL-BA. Se antes era pra contar dinheiro de campanha, agora é pra saber quantos votos a mais os deputados vão precisar pra reeleição. Saiba mais!

Leia mais

Terça, 10 de Abril de 2018 - 12:00

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
A foto em Periperi, quando o Soberano anunciou sua desistência em assumir a corrida contra a sucessão do Correria, estava mais para enterro de pessoa muito querida. O vice Gatinho ficou tão tristinho que chorou no palanque. A verdade é que o Soberano não confiava em deixar a caneta em suas mãos. Errado ele não estava. Já Sandrinho Régis está choroso até hoje. Inconformado, anda a choramingar pelos quatros cantos na Assembleia. Vai acabar arranjando um ombro amigo. Se for muito amigo, pode até acabar em casamento. Certo foi o Harry Potter Envelhecido, que não esperou o mau tempo e foi pros braços da torcida do Bahia. Por um triz o ex-secretário de Agricultura, Vitor Bonfim, não vira vice na chapa do Soberano. Levado ao PR por Jonga “Problema”, o menino não calculava a roubada que estava se metendo. E quem segurou o deputado Elmar Nascimento no DEM foi uma ligação de Rodrigo Maia, que durou quase uma hora. Elmar disse “cobras e lagartos” do Soberano. Expressões como “covarde e frouxo” foram as mais leves. Já Cláudio Cajado, caladinho, deu no pé do DEM. Desconfiado que ia ficar na chuva, tratou logo de procurar o ninho do Bonitão. Saiba mais!

Leia mais

Histórico de Conteúdo