Terça, 16 de Julho de 2019 - 12:30

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
*A briga tá feia na Secretaria de Turismo. Dizem que Benedito não conseguiu agradar seus padrinhos, Boca Mole e Bola Murcha. Aí, partiu para a carreira solo.
 
*Aliás, quem está nadando de braçada na Setur é o velejador Aleixo Belov.
 
*Na votação do projeto de Reforma da Previdência tivemos algumas surpresas. O deputado empresário Gato Félix ficou do lado dos trabalhadores. O filho do Conselheiro, Mariozinho, cansado de levar vaias da turma do Correria por este interior afora, desta vez também ficou do lado do "povo". Sinal dos tempos, ou cansaram de apanhar.
 
*Quem ficou mal na fita foi o Doido. Votou a favor da reforma e apanhou feito mala velha nas redes sociais. Bateram nele sem pena nem piedade. Ainda bem que seus doidinhos não estão nem aí.
 
*Outro que ficou mal perante os eleitores foi nosso Pierre Bourdieu. Único dos deputados a faltar à sessão, Pierre não se deu ao trabalho nem de explicar a ausência. Menosprezou solenemente os eleitores. Deve ter pensado: "não tô nem aí".
 
*O Correria liberou a bancada para a votação. Sabedor da importância da Reforma, mas sem poder botar a cara, foi e voltou, voltou e foi, e acabou em cima do muro. Desta vez, "tucanou".
 
*O Cavalo do Cão ficou responsável por negociar, em nome do Estado, a liberação de R$ 4 bilhões para obras. Foi a justificativa encontrada para deixar livres os deputados para arrumarem suas vidas. Era tudo o que a turma queria. Vida arrumada e emendas liberadas.
 
*O Soberano, antes comedido nas críticas ao Correria, agora dispara dia sim e outro também. A tropa de choque do Correria parece que está vivendo dos louros das últimas eleições. Não aparece um só deputado federal, estadual ou vereador para aliviar a barra do Correria. Tão deixando ele sozinho.
 
*Os deputados estaduais ensaiam entrar na Justiça contra o Correria porque não tiveram liberadas emendas impositivas. Vão ficar a chorar no pé do caboclo no Campo Grande. De resto, com as contas apertadas, mesmo os deputados da base se deram por satisfeitos se receberam alguma merrequinha.
 
*O Correria vai ter que reconhecer que no caso da novela do Centro de Convenções tomou 1 x 0 do Soberano. Levaram uma vida para resolver o que fazer depois da interdição do Centro que desmoronou. Mudou secretário, mas nada andou.
 
*Inclusive, quando a barragem de Quati se rompeu, o Correria nem sabia o nome do secretário de Recursos Hídricos e do presidente da Cerb. É o que dá montar um secretariado político de ilustres desconhecidos. Teve que recorrer aos auxiliares para saber quem estava em sua equipe.
 
*O Correria pagou mico em cadeia nacional de TV dizendo que a barragem não havia rompido porque confiou nas informações do Inema. Comida de rabo não deve ter faltado para os assessores. Se o Correria não é de fazer graça, nestes tempos a coisa piorou.
 
*Aborrecido com a turma, o Correria não chamou ninguém para acompanhá-lo nas visitas às cidades atingidas. Os secretários das pastas não foram nem avisados da agenda. Levou apenas a tira colo o Cavalo do Cão em pleno domingo. O Bonitão, padrinho do "setor das águas" do governo, anda completamente sumido. Não colocou a cara hora nenhuma, nem abriu o bico.
 
*Na próxima terça estarei viajando para Vitória da Conquista. Vai coincidir com a inauguração do novo aeroporto da cidade. A briga pela paternidade já começou. O Capitão, assessorado pelos "soberanistas" locais, já se apoderou da obra. O Correria também prometeu que vai de turma, quer sair bem na foto.
 
*Tomei um susto ao ver o velho Patinhas tirando onda de Don King em seu novo visual. Há quem diga que é para não ser reconhecido nas ruas.
 
*Mais do que nunca os programas que ensinam a cozinhar, tipo Masterchef, estão em alta. Se fritar um simples hambúrguer é garantia de emprego em Washington, quero saber como empresário de Dona Creusa, exímia cozinheira aqui de casa, como credenciá-la para uma boquinha destas, ainda mais ganhando em dólar.
 
*#sabetudo chegou chegando à Secretaria de Saúde do Soberano. No dia seguinte à posse, lá estava o moço posando de colete do Samu e postando, claro, nas redes sociais. Parece mais filhote do Engomadinho Paulista. Na saúde não adianta marketing, tem que trabalhar pesado.
 
*Aliás, às vezes acho que #sabetudo quer mesmo é ser digital influencer. Que o amor é lindo todo mundo sabe, que pouca gente ficou bem com essa projeção da velhice também, mas certamente os jornalistas não precisavam receber essa declaração "urgente" em uma lista de transmissão.
 
*Tramita na Assembleia o projeto de Dudu da Vaquejada para dar Título de Cidadão Baiano a Rubinho Barrichello. Acho muito justo e faço duas sugestões: primeiro que a Assembleia faça a tramitação do projeto sem muita pressa, aliás, que faça bem lentamente. A segunda sugestão é que o homenageado seja imediatamente avisado e venha o mais rápido possível, a tempo de receber a honraria. Se tudo der certo, ele chega com uns três dias de atraso.
 
*O Bonitinho, para fazer média no seu quintal junto aos prefeitos e vereadores, colocou como relator do orçamento na Câmara Federal mais R$ 2 bilhões - isso mesmo, DOIS BILHÕES DE REAIS - para que sejam torrados pelos candidatos nas próximas eleições. O país quebrado e o pessoal fazendo farra com o dinheiro público. Ficou feio, Bonitinho.
 

*Saiba quem são as personalidades citadas aqui:

 

Correria                                        Rui Costa

Soberano                                     ACM Neto

#sabetudo                                    Léo Prates

Cavalo do Cão                             Otto Alencar

Pierre Bourdieu                           João Carlos Bacelar (Podemos)

Bonitão                                        João Leão  

Doido                                           Pastor Sargento Isidório

Patinhas                                      João Santana
Bonitinho                                     Cacá Leão

Dudu da Vaquejada                     Eduardo Salles
Capitão                                         Jair Bolsonaro
Gato Félix                                     Félix Mendonça Júnior

Conselheiro                                  Mário Negromonte

Boca Mole                           José Carlos Araújo

Bola Murcha                            José Rocha

 

*Se você tem alguma sugestão, pode mandar para zecadeaphonso@bahianoticias.com.br ou, se preferir, vá ao Facebook de Zeca de Aphonso e conte!

Histórico de Conteúdo