Terça, 11 de Junho de 2019 - 13:10

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder

*O presidente do Demos, Zangado, não sabe até agora o que #sabetudo foi fazer almoçando com os comunas. Rechaçou qualquer possibilidade de composição, e jogou um balde de água nas pretensões de #sabetudo quando cravou que o partido tem candidato e o nome é o do Gatinho.

 

*Essa prática de tirar foto com a oposição e publicar nas redes sociais começou com Rolando Lero. Até então não sabemos se está dando certo ou não.


*Não dá liga aqui na Bahia o casamento comuna e demos. Os interesses não passam de um almoço. O resto é oba oba para aparecer na mídia.

 

*Aliás, #sabetudo mantém o sonho de ser candidato do Soberano na próxima eleição. Ele tem prometido fazer dois movimentos nesta semana para turbinar sua chance de ser postulante ao Palácio Thomé de Souza em 2020. Aguardem. 

 

*O chefe de Gabinete do Soberano foi especulado, nesta semana, como um possível candidato do prefeito para 2020. Mas a verdade é que ele quer distância de eleição. Tem outros sonhos, que só serão revelados e concretizados se o Soberano chegar ao governo em 2022.

 

*Pegando o gancho do discurso dúbio do Correria em relação à Reforma da Previdência, Zangado chegou a dizer que o Correria “precisa sair do armário”. Também ficou dúbia a colocação dele.


*Carlos Geilson, que ficou “muito satisfeito” com a colocação conseguida no governo do Correria, está engatando um firme namoro em Feira com, nada mais nada menos, o ferrenho oposicionista do governo, o deputado Targino Machado. Mostrou que ficou muito grato com a boquinha que arranjaram pra ele.

 

*Já #sabetudo é melhor agradecido. Depois de errar o aniversário de tantas cidades, decidiu agora comemorar "mêsversário" de tempo na secretaria. Realmente 4 meses na prefeitura é um marco histórico.

 

*O meio político acredita que o quinhão destinado a Pierre Bourdieu está atingindo seu real tamanho na máquina estadual. Com apenas um deputado estadual, e de fidelidade super questionável, a Adab está até de bom tamanho. Mais do que isto Pierre se lambuza todo.

 

*Depois de ter sido chamado de “ave de agouro” pelo secretário Alberto Seca Pimenteira, o Camaleão devolveu em alto estilo. Classificou o secretário de “gigolô e rufião”. Eles são brancos e se entendem.


*Ricardo Enrolado Machado está provando do gosto das suas maracutaias. Perdeu seu grande padrinho assim que veio à tona suas incansáveis estripulias, que já eram conhecidas nos bastidores há muito tempo. O TSE decidiu tornar o moço inelegível por oito anos. Os agora ex-amigos, que o querem ver longe, acharam até pouco para o tamanho do estrago feito pelas bandas das terras de dona Canô.

 

*O Soberano bateu pesado no Correria esta semana. “Oportunista” foi o adjetivo mais light usado em público. Fora dos microfones sentou a madeira sem pena. Já avisou que quando deixar a prefeitura, aí sim, não vai aliviar para o Correria. Vai bater dia sim e outro também.


*O Palácio Rio Branco é o sonho de consumo do Soberano para instalar seu reinado e de lá comandar seus súditos. A possibilidade de o Correria presenteá-lo com tal mimo, mesmo com a proximidade do dia dos namorados, é zero. O Correria ainda não pirou da cabeça.

 

*Aliás, na semana dos namorados o que mais rolou foi carta compromisso. O Correria não assinou a versão junto com os 25 outros governadores. O Soberano queria que ele desse o chamegão. O Correria, sem querer se comprometer, preferiu assinar uma com “sabor nordestino”.


*O período junino chegando e as quadrilhas vão se formando. Para todos os lados que olhamos fica visível o espírito junino. É quadrilha de todos os tamanhos e gostos. E o povo só dançando.


*Em almoço-palestra, em restaurante chique na Contorno, recheado na sua unanimidade de “soberanistas”, a presença de Zé da "Boca Mole" foi figura marcante. Com os dois pés plantados na candidatura do Gatinho, o Boca Mole já não faz questão de esconder sua opção para 2020. Circulou com a desenvoltura de quem estava em casa. Há quem diga que estava a oferecer um produto que não lhe pertence: Deus Abençoe.


*Enquanto isso, o Correria montou mais um happy hour em Ondina. Desta vez os convidados foram os deputados federais. Saíram de lá com a sensação de tempo perdido e empanzinados de empada. Ficaram desapontados com o que ouviram, mas não foi por falta de aviso.

 

*Saiba quem são as personalidades citadas aqui:

 

Correria                                           Rui Costa

Soberano                                         ACM Neto

#sabetudo                                        Léo Prates

Gatinho                                            Bruno Reis

Pierre Bourdieu                               João Carlos Bacelar (Podemos)

Camaleão                                        Henrique Carballal

Alberto Seca Pimenteira                 Alberto Pimentel

Zangado                                               Paulo Azi

Zé da “Boca Mole”                             José Carlos Araújo

Deus Abençoe                                     Irmão Lázaro

Rolando Lero                                      Geraldo Júnior    

 

*Se você tem alguma sugestão, pode mandar para zecadeaphonso@bahianoticias.com.br ou, se preferir, vá ao Facebook de Zeca de Aphonso e conte!

Histórico de Conteúdo