Terça, 12 de Março de 2019 - 13:30

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder

*Não sou muito de Carnaval. Até porque costumava sair no Clube do Rato e frequentar o desfile gay na Praça Castro Alves. Mas, logo após o evento, fui convidado por Tanque, um causídico amigo meu. O pau comeu em sua cobertura no Júlio César. Me remeteu ao Carnaval dos meus tempos com Gerônimo. Por lá passaram:
-Macarrão de Gaxate e Pintinho, que arrastados por Cumprido foram curtir a festa momesca em uma promoção da CVC em Porto de Galinhas;
-Miau Dente de Louça e a Rainha do Quilo da Graça;
-Danny DeVito e sua mulher embarazada, que durante o período momesco foi fazer lobby na praia de Cabuçu com o irmão do futuro prefeito de Salvador;
-Ramonzito, O Conde, sem as suas novinhas;
-Horroroso, fiel escudeiros de Macarrão, não pôde ir e teve que sair do país para não ofuscar o presidente da Câmara durante a folia.

 

*Notícias recentes na mídia prometem nitroglicerina pura sobre o Poder Judiciário. No forno, segundo se comenta, uma grande matéria envolvendo decisões polêmicas e disputas milionárias de terras desapropriadas em Lauro de Freitas. Pelo que me falaram, o “maiaiá” vai descer no lombo de juiz, desembargador e até no de empresário, o Grande. Eu, que não sou besta, já fiz minha assinatura diária pra ler em primeira mão.

 

*Coincidência ou não, nesse aniversário de um grande amigo meu, tomador de Dreyer e fumador de Dona Flor, na laje do Parque Júlio César, só teve choro de advogado, mesmo com Gerônimo animando a festa. Apesar de tanto juiz, desembargador e candidato a desembargador presente, só ouvi foi queixa de causídico. Um que defende a JBS picando o pau no juiz que vive liberando alvará. Danny DeVito retado e falando que se der merda em Lauro de Freitas vai ao CNJ representar contra a criação do Principado de Mônaco.

 

*Nesse bolo doido sobrou até pra um secretário da Fazenda de Salvador. Pedro Godinho, o filho, suspendeu a doação da Ilha do Urubu, feita em 2006 ao enrolado Gregório Preciado. Como Pedro Godinho, o pai, é amigo do Soberano, fica difícil de entender essas coisas.
 

*Segundo pesquisa inédita do DataZeca, o campeonissímo nas aparições neste carnaval foi, nada mais nada menos, que o nosso exibido Rolando Lero. Desbancou o Gigante, Veveta, e até mesmo o Soberano. Dá-lhe Rolando.


*Aliás, Correria tomou um banho do Soberano neste Carnaval. Sem camarote pra chamar de seu, o Correria ficou a perambular no circuito. Próximo ano vou pedir o Camarote do BN para alojar o Correria

 

*Depois de tantos anos de briga, a PM resolveu não se envolver e lavou as mãos sobre a pipoca do Pássaro Deputado. Sobrou pra ele brigar com a Guarda Municipal mesmo.

 

*O Soberano não aliviou para os secretários e todo seu staff. Colocou todos para trabalhar sem pena nem piedade. Todos ficaram reclamando pelos cantos do trabalham duro, ainda mais que os louros são exclusivos do Soberano. No final nem um muito obrigado à equipe.

 

*Inclusive, o Gatinho não tem perdido tempo rumo a 2020. Entregou ambulâncias da Samu em pleno circuito oficial do Carnaval. Mais exposição só se colocasse uma melancia no pescoço.

 

*Só não queria estar na pele de Kaio Morais no Carnaval. Foi tanto grito que o Soberano deu, que a passagem de trios era fichinha para o pé do ouvido dele.

 

*Em um dos episódios, ele nem teve culpa. O Soberano mandou pegar a camisa de propaganda do Carnaval para Carlinhos Maia e trouxeram a oficial do secretariado. Resultado: o Soberano ficou uma arara e o influencer usou a camisa da prefeitura para enxugar o suor.

 

*Falando na camisa da prefeitura, gostei da ideia de combinar as cores com as do Camarote Salvador. Facilitava para quando os Menudos chegassem na festa e passassem despercebidos.


*Inclusive, o Soberano prestou sincera homenagem no Carnaval ao partido do Capitão. Arrumou seu time de secretários para foto oficial com “Padrão Laranjal”, tipo PSL. Senti falta na foto de Alberto Seca Pimenteira, devia estar tomando um “suquinho” de laranja.

 

*A novela de Alberto Seca Pimenteira, convocado a depor pelos vereadores, ganha novos capítulos depois que a tropa de choque do Soberano, comandada pelo capitão Paulinho Futevôlei entrou em campo. Parece que Rolando vai tomar bola nas costas.

 

*O Galego está enrolado até a medula na Operação Lava Jato por conta do prédio milionário construído pela Petrobras no Itaigara. Foi passar o Carnaval nos States, mas quando voltou só encontrou notícias ruins. A turma da OAS não aliviou. A cada delação realizada olhe lá o nome do Galego.


*Na delação da OAS cinco baianos aparecem na lista de ”sortudos” que recebiam propinas. Todos embolsavam volumosas boladas, tipo Sena acumulada. O que mais chamou atenção foi o caso do nosso Jacaré, conhecido por ter uma boca enorme, recebeu “apenas” R$ 30 mil. Imagino ter sido o troco de algum outro negócio. O Carlos Daltro e o Laranjeira não foram brother com o gordo.

 

*A casa vai literalmente cair. O MPF ajuizou ação e o Thomé de Souza vai ser demolido. Será que de lá vão sair ratos? São anos de poder em um lugar só.


*Alguém precisa orientar Coronel Card do ridículo que o mesmo vem passando. Depois de se "abestar" como candidato a presidente do Senado, agora polemiza com o projeto que acaba com as cotas das mulheres na política. Tupiniquim de origem, imagino que está seguindo sua deslumbrada orientadora-mor.


*Carlos Geilson é aliado desde criancinha de Zé do Caixão pelas bandas de Feira. Quando Correria assumiu o primeiro mandato foi um dos primeiros a pular para a oposição. Agora, depois de perder a reeleição, quer buscar uma boquinha no time do Correria. É muita cara de pau deste pessoal.


*O Correria precisa mandar comprar urgentemente calculadoras novas para seu pessoal. A turma orçou a linha do metrô até Cajazeiras pela bagatela de incríveis R$ 786 milhões. As empreiteiras, que não são de fazer graça pra ninguém, apresentaram propostas para a obra com valor em torno de R$ 430 milhões. Há de se convir que com tamanha diferença entre os valores, ia ser prato cheio para criação da Operação Lava Jato à moda acarajé.

 

*Saiba quem são as personalidades citadas aqui:

  

Soberano                                             ACM Neto

Correria                                               Rui Costa

 

Galego                                                Jaques Wagner

 

 

 

Paulinho Futevôlei                            Paulo Magalhães Júnior

Coronel Card                                     Angelo Coronel

 

 

Capitão                                              Jair Bolsonaro

 

Alberto Seca Pimenteira                  Alberto Pimentel

 

Rolando Lero                                    Geraldo Júnior    

 

Zé do Caixão                                     José Ronaldo

 

Gatinho                                              Bruno Reis

Jacaré                                                Geddel Vieira Lima

 

Pássaro Deputado                            Igor Kannário

 

*Se você tem alguma sugestão, pode mandar para zecadeaphonso@bahianoticias.com.br ou, se preferir, vá ao Facebook de Zeca de Aphonso e conte!

Histórico de Conteúdo