Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 22 de Janeiro de 2021 - 14:00

Giro: Mioma em pauta

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Mioma em pauta
Foto: Divulgação

Um problema comum e bastante silencioso. Os miomas atingem em média de 33 a 50% das mulheres em idade reprodutiva. Eles nada mais são que tumores benignos que se desenvolvem pelo crescimento anormal de células do próprio músculo uterino da mulher e, se não observados, podem chegar a causar a infertilidade.

O risco está no fato de que muitas dessas mulheres demoram em identificar a doença. Boa parte delas não realiza acompanhamentos constantes com especialistas e, simplesmente confunde os sintomas dos miomas, com aqueles da menstruação. "Como em tudo o que envolve saúde, o mais recomendado é que a mulher conheça seu próprio corpo e seja capaz de identificar quando algo está fora do eixo. Se o plano for ter filhos no futuro, não demorar de investigar cada detalhe associado", alerta a médica do IVI Salvador, Dra. Andreia Garcia.

O mioma pode causar infertilidade devido ao seu tamanho ou ainda por causa da sua localização. Ambos os fatores podem deformar a cavidade endometrial, comprometendo a gestação. Além disso, alguns tipos de miomas - como os submucosos – aumentam ainda as chances de aborto de repetição.

 



Histórico de Conteúdo