BaianaSystem não usará mais 'Navio Pirata'; trio deve virar pranchão
Foto: Enaldo Pinto / Ag Haack / Bahia Notícias

O trio utilizado pelo grupo BaianaSystem, o Multytrio, intitulado pela banda e pelos fãs como "Navio Pirata", não irá mais desfilar durante o Carnaval. Em entrevista ao jornal Correio, o músico Chico Gomes, um dos responsáveis pelo trio, confirmou a informação. 

 

De acordo com ele, o equipamento, que foi criado após iniciativa do seu pai, Valter de Freitas, se tornou insustentável devido ao alto custo de sua manutenção.  

 

"Eu, com minha banda [Banda Marana], não consigo bancar. Só quem consegue é uma galera como a BaianaSystem, bandas maiores. Rapaz, está cada vez mais insustentável para quem tem trio. Sair com o trio acaba sendo só uma oportunidade de vitrine", declara Chico Gomes.

 

Segundo o músico, o Multytrio, provavelmente, terá sua estrutura modificada, e poderá se tornar parecido com o modelo Pranchão. "Parece a opção mais tranquila, transformar num carro menor, sem a cobertura com custos menores. É preciso deixar mais sustentável", completa.

Turnê 'Osba na Estrada' chega a Mata de São João neste sábado
Foto: Divulgação / Gabriel Camões

Após circular pelas cidades de Camaçari, Alagoinhas, Santo Amaro, Valença, Jequié, Feira de Santana, Cachoeira, Ilhéus e Vitória da Conquista, a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) retorna a Mata de São João, neste sábado (13).


Na ocasião, o público poderá conferir duas apresentações gratuitas da turnê “Osba na Estrada – Uma Volta ao Mundo Dentro da Bahia”, às 17h e 19h, na Casa da Cultura. 


Com regência do maestro Carlos Prazeres, atual regente-titular e diretor artístico da Osba, a apresentação terá como solista a violinista Priscila Plata Rato, atual spalla da Sinfônica da Bahia. 


No programa, um diálogo entre o erudito e o popular, com uma seleção de músicas que inclui clássicos como a “Ária da Quarta Corda”, de Johann Sebastian Bach, o "Intermezzo da Cavaleria Rusticana”, de Pietro Mascagni, além do movimento “Outono” da obra “As Quatro Estações”, de Antonio Vivaldi e o “Outono” da composição “As Quatro Estações Portenhas”, de Astor Piazzolla. O repertório conta ainda com canções de Luiz Gonzaga, com a composição "Xote das Meninas”; passando por “Mourão”, de Guerra Peixe; chegando até o rock do grupo britânico The Beatles, com uma interpretação de "Let it Be", de Paul McCartney.


Os ingressos serão distribuídos a partir desta segunda-feira (18), na recepção da Câmara Municipal de Mata de São João.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
“Osba na Estrada” 
QUANDO: Sábado, 23 de março, às 17h e 19h
ONDE: Casa da Cultura – Mata de São João (BA)
VALOR: Entrada gratuita

Baseado nos diários de Kurt Cobain, projeto busca sintomas de depressão nas redes sociais
Foto: Kevin Estrada

A Rolling Stone Brasil lançou nesta segunda-feira (18) um projeto de prevenção ao suicídio. O Algoritmo da Vida é baseado na chamada "gramática da depressão".

 

Estudos dos departamentos de psicologia da University of Reading, na Inglaterra, e da Florida State University, indicam que pessoas em depressão recorrem a um determinado grupo de palavras nas redes sociais. É o que foi chamado de gramática da depressão e indica a ocorrência da doença, mesmo em estágios iniciais.

 

O projeto utiliza um algoritmo que identifica, nas postagens públicas do Twitter, essa variedade de palavras, expressões e frases que podem indicar sintomas de depressão.

 

Alguns exemplos dos termos listados na gramática da depressão foram retirados dos diários de Kurt Cobain, ex-vocalista do Nirvana que cometeu suicídio aos 27 anos, em 1994. O estudo ainda tentou entender como identificar pedidos de ajuda, voluntários ou involuntários.

 

Segundo a Rolling Stone, o algoritmo encontra a recorrência desses termos e indica o perfil para uma checagem de uma equipe treinada para considerar, inclusive, contexto, ironias e recorrência de termos e periodicidade. Posteriormente, um perfil secreto criado para a ação entra em contato com o indivíduo a partir da mensagem privada, com auxílio de psiquiatras.

 

"Muitos músicos pediram ajuda nas suas músicas. Veja o caso de Kurt Cobain ou de Chester Bennington, do Linkin Park, por exemplo. Vidas chegaram ao fim de forma precoce por conta da depressão, basta lembrar de Chris Cornell. Tudo o que pudermos fazer para diminuir esse número precisa ser nossa prioridade. É uma responsabilidade social que devemos ter. Cada vida salva é uma vitória", afirmou Pedro Antunes, editor-chefe da revista.

 

A ferramenta está em operação desde fevereiro e já detectou quase 300 mil menções que potencialmente utilizam a gramática da depressão.

Segunda, 18 de Março de 2019 - 15:00

GastrôBahia: Outback realiza sonhos com a Make-A-Wish® Brasil no Bloomin’ Day 2019

por Cris Montenegro

GastrôBahia: Outback realiza sonhos com a Make-A-Wish® Brasil no Bloomin’ Day 2019
Foto: Divulgação
Neste ano, no dia 20 de março, a famosa cebola gigante do Outback Steakhouse terá um sabor ainda mais especial: quem pedir o aperitivo ajudará a realizar sonhos. Na data, acontecerá, simultaneamente, nas 95 unidades da rede no Brasil, o 13º Outback Bloomin’ Day, ação beneficente que reverterá toda a renda liquida da Bloomin’ Onion para a instituição Make-A-Wish® Brasil, que tem como missão a realização de sonhos de crianças com doenças que colocam em risco as suas vidas, enriquecendo a experiência humana com esperança.
Esse é o segundo ano em que o Outback e a Make-A-Wish® Brasil estão juntos no Bloomin’ Day. Na edição anterior, a ação arrecadou R$ 144.516,16 e, com esse valor, foram realizados 41 sonhos de crianças da instituição. Esse ano, o objetivo é superar esse número.
“Para nós, o Bloomin’ Day em prol da Make-A-Wish® Brasil é imensamente recompensador. Ver o brilho nos olhos das crianças que têm seus sonhos realizados graças aos nossos clientes é algo que enche o coração de alegria e esperança”, diz Renata Lamarco, diretora de Marketing do Outback Steakhouse. “Nós doamos todo o nosso trabalho, produtos e boa vontade para essa ação. E, mais um ano, queremos contar com nossos clientes para pedir uma Bloomin’ Onion no dia 20 de março e, assim, ajudar a tornar sonhos realidade”, finaliza.
Muitas instituições, de diferentes causas sociais, foram beneficiadas nas 12 edições anteriores do Bloomin´ Day, entre elas o Médicos Sem Fronteira e Doutores da Alegria. Para Salim Tannus, diretor executivo da Make-A-Wish® Brasil, a iniciativa celebra o poder dos sonhos em nossas vidas. “Ter um sonho realizado é uma forte injeção de esperança, principalmente na vida daqueles que precisam dela para continuar acreditando”, diz.
Para participar desse movimento, basta ir a um dos restaurantes Outback do Brasil no dia 20 de março e consumir uma cebola gigante Bloomin’ Onion (R$ 49,90). Para saber mais acesse:www.outback.com.br/bloominday.

 

Exposição reúne obras de artistas da Alemanha e Brasil no MAB
Foto: Divulgação / Ascom MAB

O Museu de Arte da Bahia (MAB) inaugura, nesta terça-feira (19), às 19h, a exposição "BerlinBahia", com obras de 11 artistas, sendo cinco baianos, cinco alemães e uma paulista radicada na Alemanha, Cristina Barroso.


Composta por pintura, xilogravura, instalação e escultura, a mostra surgiu do estreitamento de laços de amizades entre os artistas contemporâneos e documentará o desenvolvimento de relações criativas, que surgiu como experimento artístico na exposição de 2018 na Galeria "Alte Schule" de Berlim.


Participam desse projeto os artistas baianos Almandrade, Bel Borba, Caetano Dias, Sérgio Rabinovitz e Walter Lima; representando as duas cidades, Cristina Barroso e os artistas alemães Hans Scheib, Michael Arantes Müller, Reinhard Stangl, Jürgen Bottcher (Strawalde) e Volker Henze.


Com curadoria de Michael Müller, Walter Lima e Reinhard Stangl, a mostra fica aberta ao público até o dia 21 de abril. No dia 19 de março, o diretor Pedro Arcanjo e artistas receberão no Museu a delegação da América Latina vinda do Instituto Cultural Brasil- Alemanha – ICBA.
Além da exposição, o público poderá conferir todas às quintas-feiras, às 17h, no auditório do museu, a exibição de filmes de arte. 

Segunda, 18 de Março de 2019 - 14:00

Giro: NR Arquitetura assina reforma do restaurante Aogobom

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: NR Arquitetura assina reforma do restaurante Aogobom
Arquitetos Roberto Leal Neto e Naissa Vieralves, da NR Arquitetura.
O escritório NR Arquitetura, comandado pelos arquitetos Naissa Vieralves e Roberto Leal Neto, foram escolhidos para comandar o novo projeto de interiores do restaurante oriental Aogobom, localizado na Praça Brigadeiro Faria Rocha, no bairro do Rio Vermelho – Salvador (BA). A previsão é que a inauguração do espaço repaginado aconteça ainda no mês de março.
As principais características do projeto serão a estética ‘brutalista’ - todas as paredes foram descascadas e mantidas sem revestimentos – no estilo Urban Jungle. Já os acessórios decorativos serão garimpados na Feira de São Joaquim (Salvador), para estes detalhes os arquitetos apostam em paleta cinza e amarelo ocre. (Por Cris Montenegro)
 

 

Palacete das Artes recebe instalação 'Labirinto Dostoiévski'
Foto: Divulgação / Diney Araújo

O Palacete das Artes recebe, a partir do dia 26 de março, a instalação “Labirinto Dostoiévski”, pintada pela artista baiana Amine Barbuda, com entrada gratuita. 


Com cerca de 60 obras em pelo menos três formatos, o material foi produzido para compor o cenário em live-painting do espetáculo “Os Demônios”. 


Construída como um labirinto, a instalação tem como principal eixo as 43 obras pintadas em tinta guache por Amine, em cena, durante as doze apresentações do espetáculo, retratando o pensamento russo das personagens que Dostoiévski narra.


Para compor este universo, a artista expõe também outras de suas obras criadas durante o processo, do qual participou como cenógrafa e figurinista, além de dividir a direção com Daniel Guerra. 

 

SERVIÇOS
O QUÊ:
“Labirinto Dostoiévski”
QUANDO: Abertura dia 26 de março, às 19h.  Visitação de 27 de março a 26 de abril, ter a sex, das 13h às 19h | sáb, dom e feriado, das 14h às 18h
ONDE: Palacete das Artes – Salvador (BA)
VALOR: Entrada gratuita

Cartas de Olga Benário a Prestes ficarão com única filha do casal, decide Justiça
Foto: UFSC

Um lote com mais de 300 cartas trocadas entre Luiz Carlos Prestes e Olga Benário, encontradas no lixo em Copacabana, deverão ficar com Anita Leocádia Prestes, única filha do casal. A decisão é do juiz leigo Luiz Eduardo Ferreira de Moraes, homologada pelo juiz tabelar Fernando Rocha Lovisi, da 6º Vara do Juizado Especial de Lagoa, no Rio de Janeiro.

 

As cartas foram encontradas por um catador de lixo em Copacabana, Zona Sul do Rio, e vendidas para um homem, que iria leiloá-las em novembro do ano passado. Anita, porém, havia conseguido, em decisão liminar, a suspensão do leilão. Para o juiz, as cartas tem caráter pessoal, pois foram redigidas por uma mulher ao homem que amava, “em momentos de insofismável tristeza e angústia por conta do encarceramento de ambos, e pela filha deles ao pai, dentre outras”. Apesar da “carga histórica” das cartas, o juiz entendeu que o conteúdo diz respeito somente à filha de Luiz Carlos Prestes e Olga Benário, “que as trará a público se assim lhe aprouver”.

João Carlos Marinho, autor de 'O Gênio do Crime', morre aos 83 anos, em São Paulo
Foto: Divulgação

O escritor João Carlos Marinho morreu neste domingo (17), aos 83 anos, em São Paulo.

Autor do clássico juvenil "O Gênio do Crime", Marinho estava internado desde fevereiro no Hospital Sancta Maggiore da Mooca, na zona leste da capital paulista.

Nascido no Rio de Janeiro em 1935, Marinho se mudou com a família para Santos e, depois, para São Paulo, ainda na infância.

Estudou direito na Faculdade do Largo de São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP), e passou a advogar na cidade de Guarulhos, onde viveu até 1987, quando se mudou para São Paulo.

Em 1969, quando ainda atuava na área jurídica, Marinho publicou sua principal obra, "O Gênio do Crime".

O livro -cuja publicação completou 50 anos em fevereiro-- foi a primeira das 13 aventuras que o autor criou para a Turma do Gordo.

Na trama, os personagens ajudam o dono de uma fábrica de figurinhas de futebol a descobrir um criminoso que falsificava os cromos mais raros.

O escritor João Carlos Marinho em retrato em 1981, em São Paulo Bel Pedrosa - 6.ago.1981/Folhapress O escritor João Carlos Marinho em retrato em 1981, em São Paulo    O autor calculava terem sido vendidos cerca de 1,2 milhão de exemplares do livro, em mais de 60 edições.

A obra foi traduzida para o espanhol e chegou a ter uma adaptação para o cinema, em 1973, chamada "O Detetive Bolacha Contra o Gênio do Crime".

Autoras como Ruth Rocha e Ana Maria Machado citaram o livro como uma referência importante no movimento de renovação da literatura infanto-juvenil que se daria nos anos 1970.

No total, Marinho publicou 16 livros, 12 deles dedicados às aventuras da Turma do Gordo. Um deles, "Sangue Fresco", rendeu ao autor o prêmio Jabuti de 1982.

Além dos títulos infanto-juvenis, Marinho escreveu para o público adulto os livros de contos "Pai Mental e Outras Histórias" (1983) e "O Dueto dos Gatos" (2012), os romances "Professor Albuquerque e a Vida Eterna" (1973) e "Pedro Soldador" (1976), o livro de poemas "Anjo de Camisola" (1988), além do ensaio "Conversando de Monteiro Lobato" (1978).

O corpo de Marinho será velado a partir das 10h desta segunda (18), no cemitério do Araçá, e enterrado às 16h no cemitério da Consolação, ambos na região central.

Criador de 'Momo' tranquiliza crianças e diz ter destruído escultura usada em desafio suicida
Foto: Divulgação

Após sua obra ser usada em desafio suicida pelo mundo, o criador da “Mãe Pássaro”, conhecida como Momo, revelou ter destruído a escultura. “Não existe mais, nunca foi feita para durar. Estava podre e eu joguei fora. As crianças podem ter certeza de que Momo está morta - ela não existe e a maldição se foi”, disse o japonês Keisuke Aiso, ao jornal The Sun.


Segundo informações da revista Crescer, o artista admitiu ter criado a obra para uma exposição em uma galeria de arte alternativa de Toquio, com o objetivo de assustar as pessoas, mas destacou que não tem qualquer envolvimento com o “jogo suicida”. A escultura foi inspirada em uma lenda japonesa, na qual uma mulher morre durante o parto e volta à vida com metade do corpo de uma ave para assombrar o local.


Imagens de “Momo” têm sido usadas em meio a vídeos infantis para ameaçar crianças e induzi-las a ter uma conversa por celular com um número desconhecido. A partir deste contato, elas são instigadas a participar de um desafio que inclui automutilação e até suicídio.

 

Na Bahia, o Ministério Público (MP-BA) investigará a ocorrência dos jogos suicidas e já pediu a remoção dos conteúdos ao Google e ao Whatsapp (clique aqui e saiba mais).

Indecisão de artistas interferiu na divulgação de atrações do governo do estado no Carnaval
Foto: Paulo Victor Nadal/ Bahia Notícias

O superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, atribui a divulgação tardia da grade de atrações do governo do estado no Carnaval de Salvador de 2019 à agenda e à indecisão dos artistas. Ele disse ainda que a Bahiatursa já está planejando o Carnaval de 2020 para que os erros cometidos são sejam repetidos, a grade seja divulgada com antecedência e deste modo atrair um número maior de turistas para o estado. “A ideia é que logo após o São João, as grandes atrações a gente divulgue logo, até para facilitar a captação de novos turistas para o estado”, assegurou Medrado.

 

Um dos objetivos da Bahiatursa em 2020, segundo o superintendente, será o fortalecimento do circuito Osmar, no Campo Grande. Nesse sentido, o governo do estado já está traçando estratégias: “levar grandes atrações”. “Por conta dessa questão do Campo Grande a gente já vem conversando com eles pra poder já garantir essa presença maciça dos grandes artistas no Circuito Campo Grande”, explicou Diogo Medrado.

 

Quanto ao cachê pago aos artistas pelos shows, conforme Medrado, é feita uma análise de outros pagamentos, para que os valores não sejam discrepantes. “ A gente tem até o próprio cuidado pra olhar outras publicações para que não venha colocar valores acima para o governo do estado”, esclareceu. “Mas a gente estuda a possibilidade e proposta de cada artista, e a partir daí a gente faz a contra propostas dentro do orçamento disponibilizado para atender a demanda do Carnaval”, completou o superintendente. Clique aqui e leia a entrevista completa!

Mostra Prêmio Braskem de Teatro chega à 5ª edição na próxima semana em Salvador
Foto: Divulgação / Ricardo Prado

Reunindo espetáculos indicados à mais tradicional premiação das artes cênicas na Bahia, a Mostra Prêmio Braskem de Teatro chega à sua quinta edição no dia 28 de março, em Salvador.


Este ano, serão reapresentadas as peças “As tentações de Padre Cícero”, “Por que Hécuba?”, “Teatro La independência”, “Quem vai é o coelho”, “O Barão nas árvores”, “Gromelôs e Garatujas”, “O mundo das minhas palavras”, “Ponta d'Areia, pedaço do céu” e “Em família”.


Encenados até 14 de maio, os espetáculos serão apresentados no Teatro Castro Alves, Vila Velha, Módulo, Molière, ICBA, Isba, Arena Sesc Pelourinho e Sesc Casa do Comércio. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e podem ser adquiridos nas bilheterias dos teatros e pelos sites Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br) e Sympla (www.sympla.com.br).

 

Confira a programação:
Espetáculo: As tentações de Padre Cícero
Quando: Quinta (28) a domingo (31 de março), às 20h
Onde: Sala do Coro
Indicado nas categorias: espetáculo Adulto, Texto (Gil Vicente Tavares), Direção (Gil Vicente Tavares), Ator (Lúcio Tranchesi) e Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia)
 

Espetáculo: Por que Hécuba?
Quando: de quinta (28) a domingo (31 de março), às 20h
Onde: Teatro Vila Velha
Indicado nas categorias: espetáculo Adulto, Direção (Márcio Meirelles) e Atriz (Chica Carelli)
 

Espetáculo: Teatro La Independência
Quando:  Terça (2 de abril) e quarta (3 de abril), às 16h e às 20h
Onde:  Teatro Castro Alves
Indicado nas categorias: espetáculo Adulto, Direção (Luís Alonso), Texto (Paulo Atto), Atriz (Evelin Buchegger) e Categoria Especial (Luciano Bahia)

 

Espetáculo: Quem vai é o coelho
Quando:  aos domingos, 7, 14, 21 e 28 de abril, às 11h
Onde: Teatro Módulo
Indicado na categoria: espetáculo Infantojuvenil


Espetáculo: O Barão nas árvores
Quando: aos sábados, 13, 20, 27 de abril e 04 de maio, às 17h
Onde: Arena Sesc Pelourinho
Indicado nas categorias: espetáculo Infantojuvenil, Ator (Marlos Lopes) e Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia)


Espetáculo: Gromelôs e Garatujas
Quando:  aos sábados, 13, 20, 27 de abril e 04 de maio, às 16h
Onde: Teatro Molière
Indicado nas categorias: espetáculo Infantojuvenil e Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia)


Espetáculo: O Mundo das minhas palavras
Quando:  sábado (11 de maio) e domingo (12 de maio), às 11 e às 16h
Onde: Teatro ICBA
Indicado nas categorias: espetáculo Infantojuvenil, Texto (Wanderley Meira), Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia) e Categoria Especial (Mônica Nascimento)

 

Espetáculo: Ponta D'Areia, pedaço do céu
Quando:  sábado (11 de maio) e domingo (12 de maio), às 11 e às 16h
Onde: Teatro Sesc Casa do Comércio
Indicado na categoria: espetáculo Infantojuvenil

 

Espetáculo: Em família
Quando:  sábado (11 de maio) a terça (14 de maio), às 19h
Onde: Teatro Isba
Indicado na categoria: espetáculo Adulto

Secult abre e-mail para tirar dúvidas sobre prestação de contas do Carnaval Ouro Negro
Foto: Jamile Amine / Bahia Notícias

Com o objetivo de tirar dúvidas dos blocos apoiados pelo edital Carnaval Ouro Negro 2019, sobre prestação de contas, a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult) abriu um canal de comunicação entre as entidades e a Comissão de Monitoramento e Avaliação.


Os interessados devem enviar os questionamentos para o e-mail monitoramento.ouronegro@cultura.ba.gov.br até o fim do prazo de 30 dias a contar da execução do serviço.

Segunda, 18 de Março de 2019 - 08:50

Iggy Azalea e Pabllo Vittar falam sobre possível parceria musical

por Folhapress

Iggy Azalea e Pabllo Vittar falam sobre possível parceria musical
Fotos: Divulgação

A depender de Pabllo Vittar, 24, e da rapper australiana Iggy Azalea, 28, uma parceria inusitada pode estar por vir.

Isso porque um fã brasileiro fez um comentário no Instagram pedindo um feat das duas cantoras, e foi respondido por ambas. 

Através de seu perfil, Iggy respondeu ao fã que "sim, por favor", e algumas horas depois, Pabllo deixou clara a vontade de fazer a parceria: "Vamos, irmã", escreveu a drag queen, marcando o perfil da australiana.

Se a parceria acontecer, não será a primeira vez que Iggy canta junto a uma brasileira. A rapper chegou a fazer uma música com a participação de Anitta, que vazou na internet em maio de 2017. Logo depois, a Rain Sky Films, responsável pela produção do clipe, divulgou a versão finalizada em seu canal do Youtube.

O vídeo era idêntico ao que fora vazado meses antes e, momentos depois da publicação, a empresa retirou o clipe de sua página oficial, o que não impediu que internautas salvassem a versão e republicassem no YouTube.

Segundo alguns portais, a rapper reclamou em seu Twitter, alegando que a empresa não tinha sua autorização e que ganharia um "processo de presente de Natal". As mensagens foram excluídas, assim como o vídeo oficial.

A história por trás do clipe, no entanto, vai além do incidente com o vazamento. Na época, Iggy apagou de seu perfil as fotos que tinha com Anitta e se explicou dizendo que não era a única a mexer em suas redes sociais.

Roberto Alban Galeria recebe mostra 'Olhares Transversos: fotografia e fotógrafos'
Foto: Rodrigo Wanderley

Com o objetivo de dar visibilidade a fotógrafos de Salvador que trabalham com diferentes perspectivas de interpretação do real, a Roberto Alban Galeria, situada no bairro de Ondina, em Salvador, recebe a mostra “Olhares Transversos: fotografia e fotógrafos”.


Aberta nesta sexta-feira (22), a exposição fica em cartaz até 22 de abril, com visitação de segunda a sexta, das 10h às 19h e sábados, das 10h às 13h. Sob curadoria do fotógrafo e professor Edgard Oliva, a mostra conta com a participação dos fotógrafos Adelmo Santos, Eriel Araújo, Gil Maciel, Karla Brunet , Patrícia Martins , Péricles Mendes , Renata Voss ,Rosa Bunchaft , Rodrigo Wanderley e Tom Correia.


“Os fotógrafos/artistas desta mostra são criadores de visualidades voltadas para a atualidade e a emergência dos fatos, do tempo que proporciona transversalidades, fazeres e modalidades estéticas com indagações a partir do corpo pensante”, resume Oliva no texto de apresentação da mostra.

Domingo, 17 de Março de 2019 - 11:00

'5x Comédia' ganha público ao fazer sátiras com Bolsonaro e crise política do Brasil

por Júnior Moreira Bordalo

'5x Comédia' ganha público ao fazer sátiras com Bolsonaro e crise política do Brasil
Foto: Júnior Moreira Bordalo / Bahia Notícias

Após passagem em 2018, o espetáculo “5X Comédia” está de volta a Salvador, neste final de semana, a preços populares (R$ 30 e R$ 15), no Teatro Castro Alves. Com direção de Monique Gardenberg e Hamilton Vaz Pereira, a peça conta com elenco global: Bruno Mazzeo, Thalita Carauta, Luís Miranda, Lúcio Mauro Filho e Fabiula Nascimento. Esta última, inclusive, bateu um papo com o Bahia Notícias nesta semana (veja aqui) e já havia adiantado o tom adotado para o enredo: “Todas as histórias têm o riso como ponto primordial, mas sempre tem um olhar crítico sobre a sociedade, sobre o tempo que nós estamos vivendo”. 

 

E assim foi. Com ingressos esgotados, o público embarcou e riu com as cinco esquetes, totalmente independentes, mas que traziam como ponto de ligação as alfinetadas ao momento político que o Brasil enfrenta, com algumas provocações diretas ao governo do presidente Jair Bolsonaro, além de pautar – de leve – discussões de classes, momentos, inclusive, que “revelaram” uma gargalhada mais nervosa, visto que o TCA é um dos espaços mais “elitizados” da capital baiana. As insatisfações da produção estavam todas ali nos subtextos.

 

Pensando em composição artística, Fabiula é a que se sai melhor e rouba a cena com a construção da sua arara vermelha que tem uma crise de ciúmes ao perder seu espaço na vitrine do pet shop para um poodle branco. Ao vê-la no palco, o público tem a impressão que cada movimento foi pensado e planejado para ser daquele jeito. É o teatro físico na sua essência. Thalita também merece menção neste quesito. Carismática e com amplo repertório no humor, a atriz entra em cena com o figurino à la “Noviça Rebelde” ao som de reggae e vive os dilemas de uma figurante. É o momento de maior interação com o público de todo o espetáculo.

 

Bruno e Lúcio, apesar de optarem por uma atuação mais do cotidiano, sem grande pesquisa corporal, também têm momentos áureos. Em comparação, o filho de Chico Anísio sai na frente por dois motivos: é a primeira esquete apresentada, logo ganha o público para si, e o texto reflete aquela comédia de situação (sitcom) que o ator sempre vive no cinema. Então, ele nada em maré calma. Já o eterno “Tuco”, de “A Grande Família”, é o que apresentou o texto mais ingrato, apesar de tentar deslocar o olhar para algo em torno de um capítulo de "Black Mirror". Faz rir, especialmente nas imitações de Silvio Santos, mas o dilema de “alguém que não consegue meditar” esgota no meio da apresentação.

 

Por fim, mas não menos importante, Luís Miranda traz uma versão adaptada de um dos seus personagens mais conhecidos: Madame Sheila, uma socialite fútil. Por ser baiano, o artista consegue inserir o contexto local de forma mais cirúrgica, como as críticas às homenagens a Luís Eduardo Magalhães em diversos espaços de Salvador, como aeroporto, rodovia e escola, além de “cutucar” o polêmico aniversário da ex-diretora criativa da Vogue Donata Meirelles, ocasião em que foi acusada de racismo (veja aqui).

 

Contudo, talvez não apresente o mesmo êxito em outras praças do País, a não ser que desenvolva uma longa pesquisa local. Por outro lado, o monólogo é prejudicado por ser resultante de um espetáculo que já foi visto, revisto e revisitado pelo público daqui. “7 Conto” – de onde Sheila foi extraída - ficou em cartaz por mais de 10 anos e a sensação de “já ter visto” era tamanha, a ponto de parte da plateia já saber as falas e o desenvolvimento da cena. "5X Comédia" faz sua última apresentação neste domingo (17), às 19h.

 Porchat estreia série sobre 'desafios' de ser 'homem de verdade': 'A gente tem que mudar'
Foto: Reprodução / YouTube

"Sex and the City" ganhou versão brasileira e masculina para fazer qualquer um duvidar sobre qual é, realmente, o "sexo frágil". Criada e protagonizada pelo humorista Fábio Porchat a série "Homens?" estreia nesta segunda-feira (18), Comedy Central, e narra o dia a dia do "homem de verdade".

Com situações que ambos os sexos irão reconhecer, a trama cita os principais medos que orbitam o mundo masculino e fala sobre como o machismo faz mal, inclusive, àqueles que o praticam. "Os personagens vão apanhar muito para entender que isso está acontecendo", diz Fábio Porchat. "Os homens estão perdidos porque as coisas estão mudando. Ainda bem."

Em oito episódios, "Homens?" trará histórias, dilemas e evoluções de quatro protagonistas. O machismo dentro da família, dentro do trabalho e a impotência sexual são alguns dos temas abordados entre eles. Acompanhando Porchat, estão Raphael Logam, Gabriel Louchard e Gabriel Godoy.

Alexandre (Fábio Porchat) é um homem que "brocha" há um ano e não consegue se relacionar sexualmente; Pedro (Gabriel Louchard) descobre que foi traído pela mulher e tenta um relacionamento aberto; Pedrinho (Raphael Logam) aprenderá a lidar com uma chefe mulher, depois que o antigo chefe foi demitido por assédio.

Gustavo (Gabriel Godoy) completa o grupo com frases polêmicas e que, sem trabalhar, ainda mora na casa da mãe. "Eu deixei o personagem bem bobão, ele nem percebe o que está falando. Mas não foi uma tarefa fácil, porque hoje em dia falar essas barbaridades passa por um filtro meu", diz Godoy.

Um personagem curioso é o de Rafael Portugal, que interpreta o "pênis de Alexandre". Os dois compartilham alguns dos diálogos mais hilários da série, sendo que um deles foi o que deu origem à série. O personagem inusitado ganha, inclusive, dois spin-off exclusivos e semanais, exibidos no YouTube. 

"O homem que chega a um profissional para pedir ajuda já está há cerca de dez anos com o problema", diz Porchat, que questiona a importância que os homens dão à sua virilidade. "Homem só conta vantagem, não conta derrota [...] Ele não conversa sobre isso, fica tentando resolver sozinho."

Porchat diz que o nome da série tem um ícone de interrogação justamente para que as pessoas se questionem. "Isso é homem? Esses são os homens de hoje? Ainda não evoluímos?"

O humorista explica que os jovens já entenderam as mudanças no mundo em relação ao machismo, e que as pessoas mais velhas não pretendem mudar, o que deixa os homens com até 45 anos sem saber como reagir às transformações. "Mas está todo mundo mudando, e a gente também tem que mudar".

"Tenho uma filha de 22 anos e é incrível como os amigos dela já entenderam", diz Johnny Araújo, o diretor do programa. "A gente procurou buscar linguagens estéticas, padrões, brincamos muito com as passagens de cenas e lembranças."

No entanto, Porchat garante: "A gente não quer 'lacrar'. Queremos ser engraçados e que os homens e mulheres se identifiquem, descobrindo coisas". Ele adverte que não quis fazer uma série "certinha" e com clichês, e que por isso retrata as situações de forma " bem louca".

Outro ponto importante trazido pelos personagens é a visibilidade de outras realidades: Louchard, por exemplo, é cadeirante e mostra que, como qualquer pessoa, faz sexo. 

Gravada na zona oeste do Rio de Janeiro, a série semanal será exibida no canal pago Comedy Central e na Amazon Prime Video. O oitavo e último episódio desta primeira temporada termina com um ganho para a segunda, e Porchat adianta: "Estamos na expectativa. Tem pano para muita temporada ainda, porque machismo tem muito".

MULHERES

Apesar da história ser centrada nos quatro amigos, a maioria do elenco é composto por mulheres. Miá Mello, Giselle Itié, Lorena Comparato e Gisele Fróes, dentre outras, reforçam o poder feminino frente às atitudes dos homens na série.

"Você assiste a essa série e entende um monte de coisas que passam na cabeça dos homens", diz Lorena, intérprete da prostituta Tainá, que se tornará conselheira de Alexandre. "Minhas falas são muito didáticas. A gente fala de sexo abertamente".

Lorena diz que a série buscou desmistificar os corpos padrões de mulheres, fugindo das cenas de sexo idealizadas e mostrando a nudez de ambos os lados. "Você vê facilmente o corpo de uma mulher pelada o tempo inteiro, mas de homem eu não consigo lembrar a última vez que vi", diz.

Porchat confirma que isso foi pensado, uma vez que "há pouquíssimos nus masculinos no cinema". "E virou o jogo. Agora a mulher quer gozar também", brinca o humorista, que diz ter buscado opiniões do sexo oposto para compor as expressões e cenas da série. 

"Essa coisa da nudez veio muito da série 'Girls'", ele revela, dentre as inspirações. "Mas em 'Sex and the City' também tem coisas bem fortes, ainda mais para a época".

Mas fazer a pesquisa de personagens não foi fácil, uma vez que as próprias atrizes não encontraram prostíbulos que aceitassem a entrada delas. "Não tem puteiro para mulher (sic)", diz Fróes. "E as mulheres estão meio de saco cheio".

Miá concorda: "Somos massacradas. Você reflete e vê o quão exposta está, o quanto a sociedade reprime, me oprime e me mata aos poucos. A gente tem uma falsa sensação de que agora está tudo bem, que os homens super respeitam a gente, mas não é assim. É uma mudança que vai com o tempo".

"Minha personagem, um belo dia, resolve que quer ser feliz e abre a relação. E é legal esse olhar, da mulher propor isso", diz.

Tom e Jerry virará filme live-action e deve chegar aos cinemas em 2021
Foto: Divulgação

O desenho animado Tom e Jerry se tornará filme live-action. O longa deve chegar aos cinemas em abril de 2021. De acordo com o site Comic Book Movie, a Warner Bros, a produção do longa começa nos próximos meses, mais precisamente em junho. A direção será feita por Tim Story, responsável por sucessos do cinema como “Quarteto Fantástico”.

 

Sem atores na dublagem e voltado para as trapalhadas dos personagens, o elenco, entretanto, não só terá humanos, como deve ganhar novos personagens. A produtora busca uma atriz para ser a protagonista da história. A sondadas são Olivia Cooke, Zoey Deutch e Kelly Marie Tran. Criado em 1940 por William Hanna e Joseph Barbera, a dupla possui uma rivalidade sem fim que ultrapassa décadas conquistando públicos de todas as idades.

Ivete Sangalo, Cardi B e Alok são anunciados como atrações do Rock In Rio
Foto: Divulgação

Ivete Sangalo é mais uma das atrações confirmadas para a edição deste ano do Rock In Rio. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (13). A cantora já esteve em edições do festival no Rio de Janeiro, Lisboa, Madri e Las Vegas. Neste ano, ela vai cantar no dia 29, que também terá Bon Jovi, Dave Matthews Band e Goo Goo Dolls.

 

O Rock In Rio também anunciou o show de Cardi B e Alok na edição de 2019. Cardi B se apresenta no primeiro dia do festival, 27 de setembro. Na data, a atração principal será Drake. Cardi B estourou com o single "Bodak Yellow" em 2017 e, no ano passado, consolidou o sucesso com o primeiro álbum, "Invasion of privacy". A cantora ganhou como Melhor Álbum de Rap do Grammy, e se tornou a primeira mulher a ganhar na categoria.

 

O DJ goiano Alok também se apresenta no dia 27. Ele já se apresentou no Rock in Rio em 2015, na tenda eletrônica, antes do hit "Hear me now". Ele também tocou na edição do festival em Lisboa em 2016. A venda de ingressos destinada ao público geral começa no dia 11 de abril, a partir das 19h. A compra pode ser feita pelo site oficial do Rock in Rio. Os shows serão nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro, pela segunda vez no Parque Olímpico, na Zona Oeste do Rio.

Sábado, 16 de Março de 2019 - 00:00

'Sempre tem espaço para a crítica', diz Fabiula Nascimento sobre peça '5 X Comédia'

por Lara Teixeira

'Sempre tem espaço para a crítica', diz Fabiula Nascimento sobre peça '5 X Comédia'
Foto: Divulgação

O espetáculo "5 X Comédia", que tem em seu elenco Bruno Mazzeo, Fabiula Nascimento, Thalita Carauta, Luís Miranda e Lúcio Mauro Filho, realiza a estreia da sua temporada de 2019 em Salvador com duas apresentações. A peça de humor será apresentada neste sábado (16), às 21h, e neste domingo (17), às 19h, no Teatro Castro Alves.

 

O espetáculo, que fez sucesso nos anos 1990, ganhou uma nova versão em 2016 com direção de Monique Gardenberg e Hamilton Vaz Pereira. "A Monique decidiu fazer uma nova montagem, então não é uma remontagem. São textos totalmente novos e originais, criados para essa temporada que começou em 2016", explicou Fabiula Nascimento ao Bahia Notícias. 

 

"5 X Comédia" apresenta cinco esquetes com histórias com que "o público irá se identificar". "Todas as histórias têm o riso como ponto primordial, mas sempre tem um olhar crítico sobre a sociedade, sobre o tempo que nós estamos vivendo. Isso sempre está dentro do humor independente do nosso espetáculo ser de humor, ele sempre tem espaço para a crítica e para um reflexo da sociedade através da graça", destaca a atriz. 

 

Com texto do escritor e roteirista Antonio Prata, Bruno Mazzeo apresenta “Nana, nenê”, que retrata o desespero do clarinetista Rodrigo, um pai enlouquecido entre escolas de mamada e de métodos para fazer o bebê dormir. “Arara Vermelha”, criado por Jô Bilac para Fabiula Nascimento, é uma metáfora da sociedade brasileira. Do alto de seu poleiro, a ave tem um surto de intransigência diante do novo mascote do pet shop. Já em “Milho aos Pombos”, de Pedro Kosovski, Thalita Carauta interpreta uma eterna aspirante a atriz.

 

Em “Madame Sheila”, esquete escrito e encenado por Luis Miranda, uma socialite vinda da França faz uma palestra sobre sofisticação e elegância, com dicas de lugares, moda, comidas e drinks para um grupo seleto de convidados.  Em “Medusa”, o ator Lúcio Mauro Filho vive a tentativa desesperada de um homem de meditar em meio ao caos urbano. Ao tentar esvaziar a mente, a busca pelo sentido da vida se coloca em seu caminho. 

 


Foto: Divulgação 

 

Fabiula define dividir o palco com outros humoristas como "um sonho" e revela que durante os ensaios e apresentações eles sempre acabam aprendendo uns com os outros. "Na peça só tem gente que eu tenho amor e admiração. Um time de artistas tão incríveis que fazem parte do ‘5 X’. É sempre uma troca, não tem como não ser. Os melhores momentos, de estar junto com eles, dividindo, conversando, poder ficar na coxia vendo cada um fazendo sua cena, interpretando, é muito legal, incrível. Você acaba aprendendo junto ao observar cada um fazendo seu esquete. É muito bom, só gente talentosa e querida", elogia Fabiula. 

 

Em janeiro de 2018, Fabiula, Thalita, Bruno e Luis apresentaram a peça em Salvador. Com relação ao retorno à capital baiana a atriz curitibana destacou que o elenco sempre passa por "momentos incríveis" na cidade. "Tem tanta gente que nós amamos em Salvador, tantos amigos. É um lugar que a gente sempre fica feliz, sempre é muito bem recebido. A vida inteira que eu me apresentei aí, é fantástico. É legal voltar para um teatro como o Castro Alves. Da última vez que estivemos aí estava tendo um show na Concha Acústica do Luiz Caldas, foi uma experiência muito legal, depois fomos para a Beleza Negra do Ilê. Então, chegar em Salvador é como chegar em casa e ser feliz". 

 

Fabiula Nascimento e Thalita Carauta interpretaram em 2018 as personagens Cacau e Gorete, respectivamente, em "Segundo Sol" - novela da TV Globo que tinha como cenário Salvador. A atriz disse ao Bahia Notícias que, com a trama, sua relação com a Bahia ficou "ainda mais" próxima. 

 

"Eu sempre tive uma relação com Salvador, mas fazer 'Segundo Sol' para mim foi uma graça. A Bahia para mim sempre esteve muito próxima. É uma cidade que eu tenho muito carinho, adoro o sul da Bahia também, tenho muitos amigos queridos, então é sempre um prazer estar aí", declarou a atriz. 

 

Para 2019, a atriz revelou que, além da temporada de “5 X Comédia”, ela irá começar a gravação de uma novela e também terá os lançamentos de um filme com sua participação e da série "Sessão de Terapia" com Selton Mello, que “deve estrear no meio do ano”.  

 

SERVIÇO 
O QUÊ:
“5 X Comédia”
QUANDO: 16 e17 de março. Sábado, às 21h e domingo, às 19h
ONDE: Sala principal do Teatro Castro Alves – Salvador (BA)
VALOR: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Sábado, 16 de Março de 2019 - 00:00

'Quero transformar minha comunidade', diz Damina Sá, jovem poeta nascida no Calabar

por Jamile Amine

'Quero transformar minha comunidade', diz Damina Sá, jovem poeta nascida no Calabar
Foto: Reprodução / Facebook / Sidney Zaratustra

Era o último dia da programação de Carnaval no Largo do Pelourinho quando Damiana Sá interrompeu o encerramento do show das Aya Bass - Larissa Luz, Xênia França e Luedji Luna -, e cantou um rap, mostrando sua arte a plenos pulmões (clique aqui). “Quando subi naquele palco eu não tinha nem noção de quem estava ali. Na verdade foi a primeira vez que vi Larissa Luz. Eu já conhecia Luedji Luna, mas Larissa foi a primeira vez que eu vi”, conta a jovem de 20 anos, nascida na comunidade do Calabar e hoje residente em Campinas de Pirajá, junto com a mãe e o irmão. “Subi e já fui roubando o microfone, praticamente. E aí eu me expressei da forma que era tudo que eu queria, independente das minas. Elas têm o trabalho delas, eu valorizo, mas também valorizo muito o meu. Eu sei que eu sou boa, que meu trabalho é bom, e eu quero que as pessoas me observem e vejam que a favela pode ser transformada também. Que o mundo pode ser transformado”, diz Damiana, que hoje trabalha vendendo suas poesias e canções em ônibus de Salvador, além de bares e no Ferry Boat.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Damiana Sá!!! ???? @engelsmiranda

Uma publicação compartilhada por Larissa Luz (@larissaluzeluz) em


O emocionante e inesperado encontro pode ter rendido bons frutos para a jovem, que canta desde criança e sonha em viver plenamente de sua arte. “Larissa entrou em contato comigo. Ela me pediu uma música, a música que eu cantei, que fala dos orixás. Ela me convidou pra participar do disco dela e tal. Até agora ela não me respondeu, mas o tempo que sabe, os orixás que sabem. O que tem de ser vai ser, e eu não perco a minha esperança”, revela Damiana. 


Mirando um horizonte de possibilidades futuras, a garota, no entanto, não esqueceu sua origem e o caminho tortuoso pelo qual percorreu. “Quando eu completei 15 anos tive a transformação. Eu era uma pessoa banda voou, de rua, pá. Andei muito na rua em minha vida. Nunca morei na rua, mas já andei muito na rua e me envolvi com certas pessoas”, conta a garota, que aos 14 anos havia deixado a escola, e este ano tenta se matricular na 8ª série. A mudança aconteceu do encontro com Rebeca Teles, uma estudante de Letras. “Ela me ajudou de uma forma... Foi muito louco, porque ela não me falou ou mostrou em um dia. O conhecimento ela me trouxe com músicas, me mostrou várias coisas, Caetano Veloso, Gilberto Gil... Tem uma que ela gosta muito, que era João Bosco. E ela gostava muito dessas músicas de MPB, e aí me mostrava tudo que ela conhecia”, lembra. “Ela falava também sobre as aulas dela, me ensinou gramática tradicional, universal, tudo que ela tinha ela levava pra mim, me explicava as coisas. E foi dessa forma que eu fui me descobrindo. Quando eu vi eu já estava escrevendo”, conta a jovem poeta.


A primeira composição de Damiana remonta um dos episódios mais tristes de sua vida, a morte do tio, Dimas Sá. “Quando eu tinha 13 anos ele morreu. Ele começou a usar crack, andava ali na Gamboa, e chegou um momento, quando eu tinha 13 anos, que mataram ele. Foi louco, e aí foi também que eu fiquei desbandeirada, muito confusa na minha cabeça, triste. Eu fiquei na rua mais ainda, eu dei uma sumida, tanto que minha mãe ainda me procurou no Juizado de Menores. Na verdade eu estava em uma casa, trancada, depressiva”, relembra Damiana. “Fui e escrevi uma música em homenagem a ele, contando um pouco da história, até a decadência, dele morrer. E aí eu comecei a escrever e sigo até hoje”, diz a jovem, atribuindo à amiga a responsabilidade por ter lhe despertado. “Ela foi tirando as grades dos meus olhos, me mostrando que o mundo não é só isso, malandragem, viver na rua e tal. Hoje eu consigo ter consciência racional de todo tempo que eu perdi”, explica.

 


Com "Favela", Damiana participou do livro “Poéticas periféricas: novas vozes da poesia soteropolitana”


Hoje, com a noção do próprio potencial, Damiana Sá aposta em seu sonho. “O importante é a gente ir atrás, acreditar. Não é fácil, o trabalho no ônibus mexe com energia, com a sua energia e a do público. Então, você precisa ter uma boa energia, porque senão você não consegue transformar as pessoas, se transformar. A gente consegue aos pouquinhos”, explica a jovem, que foi selecionada para participar do livro “Poéticas periféricas: novas vozes da poesia soteropolitana”, obra com textos de poetas e poetisas da periferia de Salvador. “Fui contemplada pra sair no livro, com uma poesia. E é muito gratificante pra mim, que passei tudo isso, e hoje sou feliz com o que eu faço, de verdade. Eu adoro fazer poesia”, diz Damiana, que agora pretende retomar os estudos, por considerar fundamental para sua arte. “Meu sonho mesmo é isso, a poesia, a escrita. Quero transformar minha comunidade, porque nem todo conhecimento realmente chega na favela. A gente vive em um ambiente muito fechado, muito alienado. Então você é submissa àquilo. Têm muitas pessoas que não têm tanta oportunidade. Quero mudar tudo, quero levar felicidade pra minha família, esse é o meu sonho, e cantar meu rap, porque eu também sou rapper, eu escrevo, sou compositora”, diz a jovem.

TOCA! Verão: Projeto encerra temporada com shows de Afrocidade e Neo Muyanga
Afrocidade | Foto: Divulgação / Rafael Kent

O artista da África do Sul, Neo Muyanga, e a banda baiana Afrocidade irão se apresentar na edição de encerramento do verão do TOCA!, que acontece no dia 22 de março, no pátio do Goethe-Institut, às 20h. 

 

O Afrocidade apresenta em show músicas que misturam estilos como pagode, arrocha, dub, reggae, ragga e afrobeat. Em suas letras, a banda reflete a cidade em movimento, o cotidiano sem disfarces, a realidade do povo baiano e debato racismo, direitos humanos, desigualdade social e a consciência negra. 

 

O sul-africano Neo Muyanga irá abrir a noite que encerra o projeto. O artista compõe óperas de câmara, peças e obras musicais para conjuntos grandes e mistos, empregando uma estética sincrética que, ao mesmo tempo, faz referência aos modos tradicionais de música Basotho e Zulu, free jazz e música barroca ocidental. 

 

Os ingressos custam no primeiro lote R$ 30 inteira e R$ 15 a meia. Eles estão à venda no Sympla e em breve no estarão também no Haus Kaffee (Goethe-Institut) e nas lojas Soul Dila dos shoppings Salvador e Barra.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
TOCA! Verão - Afrocidade e Neo Muyanga (África do Sul)
QUANDO: Sexta-feira, 22 de março, às 20h 
ONDE: Pátio do Goethe-Institut, Corredor da Vitória
VALOR: Lote 1: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) | Lote 2: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) | Lote 3: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Sexta, 15 de Março de 2019 - 19:50

'Big Bang Theory' terá último episódio exibido no Brasil em junho

por Folhapress

'Big Bang Theory' terá último episódio exibido no Brasil em junho
Foto: Reprodução/ Instagram

Os fãs da série "The Big Bang Theory" podem ficar tristes -ou alegres- com a notícia, mas o último episódio da comédia já tem data de exibição no Brasil: dia 2 de junho.

 

A série chega ao fim após 12 anos, e a despedida será com um episódio duplo, com uma hora de duração, que passará no canal pago Warner, às 22h. Antes da exibição, será exibida uma maratona da décima segunda temporada.

 

A transmissão no Brasil acontecerá quase três semanas depois da exibição nos Estados Unidos, que acontecerá no dia 16 de maio. 

 

Apesar do fim da série ganhadora de dois Emmys e um Globo de Ouro, os produtores asseguram que o spin-off inspirada na vida de Sheldon será mantida. "Young Sheldon" terá o último episódio da segunda temporada exibido logo após a despedida oficial de "The Big Bang Theory" no Brasil.

 

Quando a data do último episódio foi anunciado nos Estados Unidos, a atriz Kaley Cuoco, que interpreta a jovem Penny, se emocionou em suas redes sociais. Pelo Instagram, Cuoco escreveu: "Não estou chorando. Você que está!".

 

Além de ser transmitida na Warner, "The Big Bang Theory" também tem suas primeiras temporadas disponíveis no Brasil no catálogo da Globoplay.

James Gunn é recontratado para assumir a direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3
Foto: Divulgação / Getty Images

O cineasta James Gunn foi recontratado para a direção do filme Guardiões da Galáxia Vol.3. 

 

De acordo com informações do Deadline, o presidente do Walt Disney Studios Alan Horn, que havia decidido demitir o cineasta em julho por causa de tweets polêmicos antigos de Gunn (lembre aqui), mudou de ideia depois de diversos encontros com o diretor e o pedido de desculpas público dele. 

 

Segundo o site, após cogitarem os nomes de Taika Waititi e Adam McKay, o Marvel Studios não chegou a considerar outro cineasta para o cargo. O presidente do estúdio Kevin Feige havia revelado publicamente que eles iriam usar o roteiro original de Gunn. 

 

James Gunn está escalado para comandar Esquadrão Suicida 2, e com isso, o retorno do cineasta para a Casa das Ideias parecia complicado. No entanto, a Marvel decidiu começar a produção do terceiro filme dos Guardiões após a conclusão do longa da DC, que estreia em 6 de agosto de 2021.

'Vivo no teu Olhar': Dom Chicla e Clariana Froes lançam clipe gravado em Salvador
Fotos: Tácio Moreira / Divulgação

As duas bases do novo clipe da música "Vivo no teu olhar", de Dom Chicla, em parceria com Clariana Froes, são a cidade como casa e a música como ligação. 

 

A composição de Chicla é ilustrada por cenas de Salvador, que se transforma em um grande apartamento. Dentro desse lar cabe desde o mar até o caótico trânsito do centro da cidade. O clipe foi filmado em apenas um dia e tem produção da Macaco Gordo e direção de Chico Kertész. 

 

"Eu penso muito nessa parceria com Clariana. Acho que a gente tem tudo para ganhar o Brasil com essa música, que traz uma dualidade legal. Eu mais ligado ao reggae e ela uma menina do rock. A gente conversa bem. Ela é uma menina maravilhosa e nos conhecemos através de amigos músicos", contou o músico. 

 

Dom Chicla é compositor de sucessos nacionais que já foram gravados por artistas como Gilberto Gil, Ivete Sangalo e Xanddy do Harmonia, entre outros. 

 

Clariana é mais conhecida pelo público soteropolitano pelo cover que ela realiza da cantora Amy Winehouse. Em "Vivo no teu olhar", a cantora mostra uma versão mais pop do seu trabalho. "Me identifiquei com a canção, pois além do ritmo reggae, que já é uma grande referência para mim, ela passa um mensagem positiva que vai de encontro ao que venho transmitindo no meu conceito artístico atual. Super combina com meus projetos musicais", apontou Clariana.

 

Confira o clipe:

 

 

Após polêmicas, Louis Vuitton apaga referências a Michael Jackson de sua coleção
Foto: Divulgação

A marca de luxo Louis Vuitton decidiu apagar as referências a Michael Jackson de sua coleção lançada em janeiro, após o documentário "Leaving Neverland" que acusa o astro pop de abuso sexual. 

 

Em nota divulgada nesta quinta-feira (14) no site Women's Wear Daily, a grife declarou que não pretende mais vender nenhum produto que "comporte referências diretas" a Michael. 

 

A coleção outono-inverno, desenhada pelo diretor artístico da marca, Virgil Abloh, foi dedicada ao cantor. O americano chegou a enviar como convite para o desfile em Paris, uma luva coberta de paetês, como as utilizadas pelo artista. 

 

O diretor havia escrito uma homenagem a Michael, o chamando de "ícone de sua infância e de sua vida adulta" e um garoto que "cresceu nos bairros pobres de Indiana, que se tornou símbolo da unidade planetária". 

 

"Eu consciente de que, à luz do documentário, o desfile provoca reações emotivas", disse Abloh ao WWD. "Condeno firmemente toda forma de abuso, violência, ou violação dos diretos humanos das crianças", pontuou.

Sexta, 15 de Março de 2019 - 15:50

Netflix aumenta preço de assinatura no Brasil

por Folhapress

Netflix aumenta preço de assinatura no Brasil
Foto: Divulgação

A Netflix aumentou os preços das assinaturas de seu serviço de streaming de vídeos no Brasil. Com o reajuste, os planos passam a custar mensalmente de R$ 21,90 (Básico) a R$ 45,90 (Premium, com direito a quatro telas simultâneas e ultra HD).

Antes, os planos custavam de R$ 19,90 a R$ 37,90. O Plano Padrão, que dá direito a dois acessos simultâneos e resolução HD, passou de R$ 27,90 para R$ 32,90. Os novos preços já são apresentados no site oficial da empresa para novos assinantes.

A companhia atribuiu o reajuste à necessidade de investir para oferecer bom entretenimento aos assinantes. "Mudamos nossos preços de tempos em tempos para continuar investindo no melhor do entretenimento, além de melhorar a experiência da Netflix para nossos membros no Brasil."

O último aumento de preços da empresa para o mercado brasileiro havia acontecido em 2017. Em janeiro, a Netflix elevou de 13% a 18% o preço da assinatura mensal nos Estados Unidos.

No mesmo mês, a companhia informou ter superado sua estimativa de crescimento e ter adicionado 8,8 milhões de assinantes ao serviço no último trimestre de 2018, um aumento de 33% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A expectativa era de atrair 7,6 milhões de assinantes novos no período. A empresa encerrou o ano com 139 milhões de assinantes em todo o mundo.

Bayo apresenta show do disco ‘Peixe’ no Commons Studio Bar
Foto: Douglas Mendes / Divulgação

Formado pelo músico, compositor e produtor baiano Graco Vieira  e a baixista Nina Campos, o Bayo apresenta o show de seu disco de estreia, “Peixe”, no dia 22 de março, a partir das 22h, Commons Studio Bar, no Rio Vermelho, em Salvador.


Durante a apresentação, a dupla executa canções do álbum e comemora o lançamento do primeiro videoclipe, produzido para a faixa-título do trabalho.  O vídeo, assinado pelo diretor Rafael Kent, tem como proposta exibir um retrato verdadeiro dos dias de Sol, camaradagem e diversão na Pedra do Sal, localizada em Itapuã .  

 

Veja o clipe:

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Bayo – “Peixe”
QUANDO: Sexta-feira, 22 de março, às 22h
ONDE: Commons Studio Bar – Rio Vermelho – Salvador (BA)
VALOR: R$ 15 (sem nome na lista) e R$ 10 (com nome na lista)

Feira de artesanato encerra temporada no Jardim dos Namorados neste fim de semana
Foto: Divulgação

A Feira Baiana de Cultura e Arte encerra temporada neste fim de semana, no Jardim dos Namorados, no bairro da Pituba, em Salvador, com entrada gratuita. 


O evento, que ocorre no sábado (16) e domingo (17), das 15h às 21h, reúne cerca de 60 expositores, com artesanato típico da Bahia. Além de lembranças, peças de moda, decoração e utilitários produzidos a partir de matéria prima sustentável e reaproveitada, a feira tem uma programação variada com atividades infantis e atrações musicais.

 

SERVIÇO
O QUE:
Feira Baiana de Cultura e Arte
QUANDO: Sábado e domingo, 16 e 17 de março, das 15h às 21h
ONDE: Jardim dos Namorados – Pituba – Salvador (BA)
VALOR: Gratuita

Sexta, 15 de Março de 2019 - 12:50

Sandy diz que filho de 4 anos curte músicas da época que ela fez dupla com Junior: 'É especial'

por Karina Matias | Folhapress

Sandy diz que filho de 4 anos curte músicas da época que ela fez dupla com Junior: 'É especial'
Foto: Divulgação

A volta de Sandy e Junior, que anunciaram nesta quarta-feira (13) shows em dez capitais brasileiras, tem um novo fã especial: Theo, 4, filho da cantora com o músico Lucas Lima. Quando o menino nasceu em 2014, ela e o irmão já tinham encerrado a dupla. Mas, segundo a mãe, Theo gosta muito do som de Sandy e Junior.

"Depois de tantos anos, é muito especial para mim ver isso, ver meu filho curtindo 'Dig-dig-joy'", disse a cantora. "É muito louco, dá um nó na cabeça da gente, mas é muito emocionante também", completou ela, durante entrevista na quarta-feira (13), em São Paulo.

De acordo com Sandy, Theo é fã do repertório mais conhecido da dupla e também daquele menos ouvido. "Ele gosta de algumas (músicas) do lado B, que a galera aí nem está muito ligada." A cantora revelou, ainda, que o menino sempre quer ouvir o 'dindo' (Junior, padrinho dele) cantando "Libertar".

Pai de Otto, de um ano e meio, Junior disse que o menino ainda é pequeno para entender a dimensão do sucesso da dupla e do seu retorno. "Ele não vai conseguir aproveitar tanto, mas acho que é muito legal esse privilégio de poder mostrar as coisas antigas, de revisitar o passado", afirmou.

Ao falar sobre a turnê "Nossa História", os irmãos ressaltaram que o momento atual é muito diferente de quando se separaram, em 2007.  "Não existiam redes sociais naquela época", lembrou Sandy. Para eles, essas redes, como Instagram, Facebook e Twitter, embora os deixem em uma exposição maior, são também ferramentas que aproximam o artista do público. 

Sandy revelou que para fazer o repertório dos shows, eles foram atrás dos fãs. "A gente stalkeou redes sociais, a gente viu o que eles queriam ver, o que queriam ouvir de Sandy e Junior e é isso que a gente vai dar para eles", contou. Pelas redes sociais, eles também vão mostrar os bastidores da preparação para a turnê. 

Sandy comemorou também que a dupla "finalmente tem um site". O espaço terá um canal em que o fã poderá mandar vídeos e relatos contando uma história que tenha com as músicas ou apresentações da dupla. 

Sobre os shows, os irmãos já disseram que será bem pop e contemplará os grandes clássicos de Sandy e Junior, como "A Lenda" e "Turu Turu". Eles descartaram a gravação de uma nova música para a turnê e afirmaram ainda que o público pode esperar uma grande produção, com led, bailarinos e banda numerosa. "Não digo que a gente vai dançar, porque né...tenho sonhos adolescente, mas as costas doem. Então, vamos com calma", brincou Sandy ao citar trecho da sua música "Aquela dos 30". 

A direção geral da turnê é de Raoni Carneiro, responsável pelo programa Só Toca Top, da Globo, e amigo dos irmãos há mais de dez anos. Carneiro é marido da atriz Fernanda Rodrigues, amiga próxima de Sandy, e chegou a fazer uma participação como ator no seriado "Sandy e Junior", que passou na Globo de 1999 a 2002.

A direção artística é da dupla, e a direção musical está sob o comando de Junior e Lucas Lima.

A pré-venda para todos os shows acontece nos dias 20 e 21 de março, a partir das 10h, apenas para clientes do cartão Elo. Para o público geral, a venda começa dia 22 de março, a partir da 0h01 pela internet, no site do Ingresso Rápido. 

Recife é a primeira capital a receber os irmãos no dia 12 de julho. Salvador (13 de julho), Fortaleza (19 de julho), Brasília (20 de julho), Rio de Janeiro (3 de agosto), Belo Horizonte (17 de agosto), São Paulo (24 de agosto), Curitiba (31 de agosto), Manaus (13 de setembro) e Belém (14 de setembro) são as outras cidades que terão apresentações da dupla.

Histórico de Conteúdo