Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Inspirada em sua segunda maternidade, Luiza Possi lança projeto audiovisual
Foto: Reprodução / Instagram

A cantora Luiza Possi lançou um novo projeto inspirado em sua trajetória como mãe. Após anunciar a segunda gravidez, a artista estreia um programa semanal que exibirá bate-papos e confissões sobre diversos temas. A atração foi batizada de "Ô Manhê!" e será veiculada no canal de Luiza no YouTube e em seu perfil no Instagram.

 

O primeiro vídeo foi disponibilizado nesta quinta-feira (22), às 18 horas. A entrevistada da estreia foi a cantora sertaneja Thaeme, da dupla com Thiago. Além de Thaeme, Luiza já possui outras convidadas confirmadas: a influenciadora Shantal, a apresentadora Ticiane Pinheiro e a cantora Zizi Possi, sua mãe.

 

"A ideia é falar sobre maternidade, mas vamos abordar outros assuntos. O bate papo poderá ser simples, mas também complexo. Assim como há a possibilidade de transitarmos entre a diversão e a seriedade. Tudo dependerá do tema", disse Luiza. 

 

Segundo a produção do programa, ele terá quadros que vão abordar os erros das mães, que buscam sempre acertar pelos filhos, e vai ao ar todas as quintas-feiras, às 18 horas.  

 

"A vida é feita de pausas, nas quais dormimos, meditamos, procrastinamos, consumimos conteúdo, etc. Diante desta reflexão, quero usar tais pausas como oportunidades para levar uma mensagem diferente a todos aqueles que já me  acompanham na minha trajetória artística", finalizou a cantora.

Quinta, 22 de Abril de 2021 - 20:50

Shakira fraudou R$ 97 milhões em impostos na Espanha, diz receita federal

por Folhapress

Shakira fraudou R$ 97 milhões em impostos na Espanha, diz receita federal
Foto: Reprodução / YouTube

A Agência Tributária da Espanha confirmou que a cantora Shakira fraudou 14,5 milhões de euros (R$ 97 milhões) em impostos entre 2012 e 2014. Segundo fontes ouvidas pela Agência Efe, os técnicos do órgão, que atua como uma receita federal, refutaram argumentos da defesa da cantora de que ela não morava no país no período.

Eles mostraram a agenda de shows e apresentações na televisão de Shakira que provariam que ela ficou menos de 184 dias na Espanha em um ano e, desta forma, não deveria ser obrigada a pagar impostos no país.

A investigação do governo espanhol, porém, aponta que a artista colombiana fingia não residir na Espanha e escondeu sua renda por meio de uma rede de empresas. Reportagem de setembro de 2020 do El País (relembre aqui) apontava que ela teria 14 empresas de fachada em paraísos fiscais como nas Ilhas Virgens e nas Ilhas Caymã para não precisar pagar impostos espanhóis.

Segundo o jornal espanhol El Periódico de Catalunya, o chefe do Tribunal de Instrução número 2 de Esplugues de Llobregat, em Barcelona, convocou para 8 de julho depoimentos dos técnicos da Agência Tributária e de especialistas da defesa da cantora sobre o caso.

A defesa de Shakira afirma que ela só fixou residência na Espanha em 2015, quando nasceu o seu segundo filho, Sasha, fruto do seu relacionamento com o jogador do Barcelona, Gerard Piqué. Até então, ela disse ao juiz que vivia no exterior, porque era jurada do programa The Voice, nos Estados Unidos, e fazia shows internacionais.

Musical infantil baiano 'O Fabuloso Lixão' faz temporada online e gratuita em maio
Foto: Estúdio Café Pixel

Com a intenção de trazer debates sobre o direito à cidade, acesso à educação, descarte de lixo e consciência ambiental, o musical infantil baiano "O Fabuloso Lixão" fará curta temporada online gratuita com transmissão ao vivo, nos dias 07, 08, 09, 14, 15 e 16 de maio, em sessões duplas, a primeira às 16h e a segunda às 19h, no canal do Grupo Execrável de Teatro no YouTube. 

 

O espetáculo apresenta canções autorais ao misturar drama e comédia através de uma identidade visual - tanto cenário quanto figurino - construída com materiais recicláveis recolhidos das ruas do centro de Salvador, na tentativa de mostrar para o público o quão fabuloso é reaproveitar o lixo.
 

Dirigida por Alan Luís Oliveira, a peça traz no texto a história de pessoas comuns, que trabalham todos os dias para ganhar seu sustento, mas que, muitas vezes, são renegadas ao status de humanos por exercerem atividades com o material descartado. O enredo propõe recriar um pacto com realidade, deslocando o olhar da sociedade para os indivíduos “esquecidos”, habitantes não naturais das ruas e lixões das cidades.

 

Para isso, o diretor utilizou uma narrativa sensível e lúdica. “É um espetáculo muito especial. Ao mesmo tempo que fala de desigualdade social e do direito ao acesso à educação, consegue nos fazer rir da nossa própria miséria. Através da subjetividade de Bicheleco (Ronald Fernandes), viajamos por um reino encantado, imaginário, fabuloso e mágico, para além dos estereótipos de fome e sofrimento ao qual as crianças em estado de vulnerabilidade socioeconômica são associadas”, explicou Alan.

 

Além de Ronald, que dá vida ao protagonista, o elenco é composto pelas atrizes Bruna Seli e Marisa Andrade. “Bicheleco é um garoto trabalhador, mas sonhador, que na infância já precisa enfrentar os desafios de um adulto. Porém, além de viver catando lixo e convivendo com uma realidade complicada, ele se diverte, brinca e deseja estudar. Bicheleco é também um pouco do imaginário de toda criança que vive em lugares precários, porém que alimenta sonhos e desejos”, lembrou Ronald.

Quinta, 22 de Abril de 2021 - 19:00

Giro: Mentora de Carreira fala sobre empreendedorismo digital para jovens

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Mentora de Carreira fala sobre empreendedorismo digital para jovens
Luana Lídio | Foto: Divulgação

Nesta sexta, 23, a CEO da Escola Online de Empreendedorismo Digital para Mães, Luana Lídio, participa da live no canal do instagram da Junior Achievement, a partir das 19h. O momento que homenageia o Dia Mundial do Livro tem como tema 'A Revolução é digital. Topa empreender sem fronteiras?' e como objetivo incentivar jovens a investirem nos sonhos profissionais 
Luana Lídio que também é Psicóloga Organizacional e do Trabalho, e Mentora de Carreira e Empreendedorismo, também participa como coautora de dois livros que abordam sobre o empreendedorismo digital, principalmente para mães, que são eles Empreendedores Digitais do Século XXI, no capitulo “O conforto e o benefício de ser uma mãe empreendedora digital” e A Arte da Liderança Empreendedora e o Coaching, no capitulo “O Empreendedorismo Materno Como Opção de Carreira”.

Luana Lídio

Luana Lídio, conhecida também como Lua Lídio, é mentora de Carreira e Empreendedorismo para Mães, Psicóloga Especializada em Psicologia do Trabalho, Desenvolvimento Pessoal e Profissional.

Por ser especialista em estratégias de vendas e marketing digital, criou a Escola Online de Empreendedorismo Digital para Mães após ter saído da CLT e perceber que era possível alinhar sua rotina profissional com a materna, além da possibilidade de criar tempo livre para sua família.

Luana que também é Coach em Inteligência Emocional, Analista Comportamental DISC, Practitioner em Programação Neurolinguística, Escritora e Palestrante, tem ajudado centenas de mães a criarem negócios incríveis tornando-as únicas na multidão a compartilharem suas paixões e talentos com o mundo.

  

 

 

'RenovaçãoNuGueto' comemora 10 anos de carreira do Rap Nova Era
Foto: Divulgação / Lane Silva

Acontece neste sábado (24), a primeira das duas etapas, o projeto "RenovaçãoNuGueto – 10 anos Nova Era". Em meio a uma ocupação artística, realizada na Escola Municipal Hilberto Silva, na Calçada, o projeto comemora os 10 anos do grupo com apresentações de Rap, Djing, breakdance, grafitti e um bate papo virtual. Esta etapa, em formato de live, traz a equipe do projeto, convidados e o grupo Rap Nova Era para falar sobre produção cultural em tempos de pandemia. A transmissão será realizada das 15h às 17h pelo canal oficial do Rap Nova Era no YouTube.

 

"A ideia é possibilitar aos jovens acesso à música e à arte nesses tempos de pandemia. O 'RenovaçãoNuGueto – 10 anos Nova Era' acredita nessas ferramentas para transformação de vida. Um exemplo para quem busca se afirmar na sociedade a partir de seus talentos artísticos. A Economia Criativa segue se reinventando e reafirmando a importância do fazer artístico para além do entretenimento”, afirma o produtor Germano Estácio.

 

O idealizador do projeto, Ravi Lobo, líder do grupo, reconhece a importância do Rap para sua sobrevivência e por isso, sempre esteve atento às causas sociais. "Um projeto desse traz uma sensação de alívio para a quebrada, tem o poder de evitar que a maioria das crianças que vai assistir se envolva no mundo do crime", se orgulha, ao falar da sua comunidade, o Beco do Sabão, Liberdade. 

 

Moreno, também integrante do grupo, ressalta que ações como essas "servem para mostrar que o Rap não é só crime. É união, é família. É fortalecer a quebrada além de ficar só no discurso".

Governo da BA procura empresa de arqueologia para analisar obra na Feira de São Joaquim
Foto: Reprodução / Repórter Hoje

O governo da Bahia um aviso de licitação para contratar uma empresa oferecer serviços de arqueologia para a obra da segunda etapa de requalificação da Feira de São Joaquim, em Salvador. 

 

A informação consta na edição da última quarta-feira (21) do Diário Oficial do Estado, no caderno da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), e é assinada pela presidente da Comissão Permanente de Licitação, Maria Helena de Oliveira Weber.

 

A empresa que vai realizar a intervenção é a Andrade Mendonça, por R$26.808.226,13. Os recursos são provenientes do Ministério do Turismo.

 

Está prevista no projeto a construção de uma nova estrutura com padrão construtivo formado por galpões para o comércio de produtos variados, estacionamento e uma via perimetral com calçadão na borda da Baía de Todos os Santos. Ao todo serão mais de 9 mil metros quadrados de área requalificada, partindo da área já reformada pela Conder em direção ao ferry boat. 

 

Durante o período de obras, parte dos ambulantes ficará num espaço provisório denominado “Galpão Água de Meninos”. A construção acontece em área contígua ao pátio de carga e descarga da feira, ao lado do terminal do ferry. O valor estimado da obra é de R$ 4 milhões.

 

(Atualizada às 20h37 para inclusão da empresa vencedora da licitação para a obra)

UFRB oferece 30 vagas em curso de pós-graduação em Política e Gestão Cultural
Foto: Reprodução / UFRB

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abriu uma seleção para o preenchimento de 30 vagas do curso de Pós-Graduação em Política e Gestão Cultural. Previsto para iniciar as aulas em agosto, a formação será oferecida em nível de especialização. Os interessados poderão se inscrever até o dia 21 de maio, através da plataforma SIGAA.

 

Haverá o pagamento da taxa de inscrição no valor de 55,00, realizado no Banco do Brasil, via Guia de Recolhimento da União (GRU). Os pedidos de isenção da taxa de inscrição serão analisados até o próximo dia 29 de abril.

 

O curso será ministrado pelo Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT), em Santo Amaro, e destina-se a profissionais de nível superior com graduação em qualquer área e que atuem no campo da política e da gestão da cultura, como gestores de órgãos, espaços, coletivos culturais e instituições públicas, privadas e da sociedade civil, conselheiros de cultura, produtores culturais e artistas em geral. Os candidatos estrangeiros somente poderão participar do processo seletivo com o diploma devidamente revalidado no Brasil.

 

Segundo a instituição, os objetivos do curso de especialização são de contribuir para a formação de profissionais, a partir de uma perspectiva interdisciplinar, para atuar no campo da organização da cultura, capacitando-os para a práticas que envolvam formulação, análise e execução de políticas culturais e a gestão de grupos, projetos culturais, instituições públicas, privadas e da sociedade civil; e contribuir para suprir a lacuna de formação profissional na área da cultura.

 

Também são objetivos do curso, o fortalecimento do campo da cultura, especialmente nos Territórios de Identidade do Recôncavo, Portal do Sertão e Vale do Jiquiriçá, mediante a capacitação de seus principais atores sociais; e colaborar para a dinamização econômica no campo da cultural, especialmente através da geração em potencial de emprego e renda no campo das políticas e da gestão cultural.

 

O processo de seleção incluirá duas etapas: análise de currículo e carta de intenções, ambos com caráter eliminatório. A próxima etapa é a entrevista, de caráter classificatório.

Quinta, 22 de Abril de 2021 - 17:20

Congresso, Alvorada, STF e outros de Niemeyer são tombados pelo Iphan

por Folhapress

Congresso, Alvorada, STF e outros de Niemeyer são tombados pelo Iphan
Foto: Divulgação/Iphan

O Instituto do Patrimônio e Artístico Nacional anunciou nesta quinta (22) o tombamento em definitivo do conjunto da obra do arquiteto Oscar Niemeyer. De acordo com o Iphan, o conjuntou já era tombado, mas a com a publicação do comunicado de tombamento, o processo é concluído agora com um ato normativo.

São obras de São Paulo, Rio de Janeiro e da cidade fluminense de Niterói, mas a maioria das que foram tombadas fica no Distrito Federal.

As obras de Brasília foram inicialmente aprovadas em 2007 pelo conselho consultivo do Iphan para o tombamento.

O conjunto arquitetônico da Pampula, em Belo Horizonte, também de Niemeyer, é tombado pelo Iphan desde 1997.

Em São Paulo, foram tombados em definitivo as edificações projetadas por Niemeyer no parque do Ibirapuera --o Palácio das Artes, o Palácio das Nações, o Palácio dos Estados, o Palácio da Indústria, o Palácio da Agricultura e a grande marquise.

No Rio de Janeiro, foram tombados o Museu de Arte Contemporânea de Niterói, a Passarela do Samba, e a Casa das Canoas.

No Distrito Federal, ficam tombados Congresso Nacional, Palácio da Alvorada, Palácio Jaburu, Quartel General do Exército, Supremo Tribunal Federal, Palácio do Planalto, os blocos ministeriais e anexos, Palácio do Itamaraty e anexos, Palácio da Justiça, Capela Nossa Senhora de Fátima, Casa de Chá, praça dos Três Poderes, o monumento do Pombal, Touring Club do Brasil, Conjunto Cultural da República -Museu da República Honestino Guimarães e Biblioteca Nacional Leonel de Moura Brizola--, Espaço Oscar Niemeyer, Conjunto Cultural da Funarte, Memorial dos Povos Indígenas, Memorial JK, Teatro Nacional Cláudio Santoro, Panteão da Liberdade e Democracia Tancredo Neves, Teatro Nacional Cláudio Santoro, Espaço Lúcio Costa e Museu da Cidade.

Karol Conká é inocentada em processo que foi acusada de quebra de contrato
Foto: Reprodução / TV Globo

A cantora e compositora Karol Conká se livrou de mais uma polêmica envolvendo seu nome. Ela e a plataforma online de vendas Shopee foram inocentadas no processo movido por uma comerciante que as acusou de quebra de contrato por postar um anúncio nas redes sociais de maneira diferente da que foi acordada entre as partes (relembre aqui). 

 

Segundo noticiou o Uol Splash, na decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) a reclamação da comerciante Bianka Grismino Santos foi julgada improcedente, e ela ainda foi intimada a arcar com os honorários advocatícios dos acusados — desde que eles não excedam 10% do valor da causa - cerca de R$ 230 mil.

 

Iniciado em janeiro, quando "Mamacita" ainda estava no Big Brother Brasil, o processo se referia a uma postagem feita pela artista em seu Instagram em outubro de 2020. 

 

A autora alegou que Karol teria escolhido itens de sua loja virtual na plataforma de vendas e a mesma não teria, em contrapartida, publicizado o seu negócio nas redes sociais, como tinha ficado acordado. A ex-sister apenas teria colocado um link direcionado para a página inicial da Shopee.

 

Bianka afirmou ainda que teria prejuízo após produzir 80 peças sem qualquer retorno, mas a representante respondeu que não poderia resolver a situação. 

 

Um comentário chegou a ser feito por ela na publicação da curitibana. "Uma pena que você preferiu resolver da maneira mais tosca vindo aqui falar, sem nunca ter falado comigo antes. Isso só prova a sua falta de ética e profissionalismo", dizia o recado deixado por Bianka.

Quinta, 22 de Abril de 2021 - 15:00

GastrôBahia: Shopping Paseo tem opções de restaurantes com horário diferenciado

por Cris Montenegro

GastrôBahia: Shopping Paseo tem opções de restaurantes com horário diferenciado
The Black Beef

Para matar saudades com toda a segurança que o momento exige, o Shopping Paseo oferece aos seus clientes opções variadas no segmento gastronômico com horário ampliado de funcionamento. Os restaurantes Cantina Volpi, SOHO e The Black Beef estão funcionando de quarta-feira a domingo. São restaurantes que possuem acesso independente, por isso, têm a permissão de funcionar em horário diferenciado em relação ao shopping. Outras operações de alimentação - Boutique das Tortas, Oliverde, Armazen Fit e Oakberry; funcionam de terça-feira a sábado, das 10h às 20h, com a opção de delivery também às segundas-feiras. A Oakberry também atende aos domingos por delivery. Já a Boucherie – Boutique de Carnes está atendendo apenas por delivery, de quarta-feira a sábado, das 18 às 22h30.

“O Paseo tem excelentes opções gastronômicas, restaurantes que são referência no segmento. Além disso, conta com toda a estrutura para receber seus clientes com comodidade e segurança”, afirma Joaquim de Melo Neto. Na Cantina Volpi, especializada em massas, todos os ingredientes são selecionados de forma criteriosa para que o cliente “sinta” a Itália no clima tropical de Salvador. Já o SOHO oferece o melhor da culinária asiática com tendência japonesa. O restaurante já foi premiado por 15 vezes consecutivas no Prêmio Veja Salvador na categoria de Restaurante Japonês, e diplomado por Mérito em Turismo pela Secretaria de Cultura e Turismo do estado da Bahia.

Na Boucherie – Boutique de Carnes, cortes nobres e selecionados chegam à mesa do cliente, através de delivery, desse misto de restaurante e “boutique de carnes”, para compor o churrasco dos sonhos. No The Black Beef, é possível degustar burgers, fries e shakes artesanais com um sabor marcante e característico da casa.

 

 

 

Prestes a fechar primeiro disco, Nara Couto lança remix da música 'Linda e Preta'
Foto: Thi Santos / Divulgação

Antes de lançar seu primeiro álbum, que chega no segundo semestre deste ano com o apoio do Natura Musical, a cantora, compositora e dançarina baiana Nara Couto lança, nesta quinta-feira (22), o remix da música “Linda e Preta”.

 

Composta originalmente por Jarbas Bittencourt, a música ganhou nova roupagem com produção de Ubunto. O lançamento faz parte do Festival Novíssimos Lab e chega pelo selo Alá, com distribuição da Altafonte.

 

"Esta música tem o sentimento de enaltecer, evidenciar e reverenciar a beleza da mulher negra, e a minha própria beleza. Meu desejo é que siga sendo a canção que mulheres como eu ouçam e sintam que ela foi feita especialmente para nós: mulheres lindas e pretas e todas e todos que admiram meu trabalho", diz Nara, que se prepara para uma temporada em São Paulo.

 

"Estou em um mergulho profundo em uma nova etapa, criando e produzindo arte que continua fiel à minha própria existência e cria novas texturas, cores e sonorização", revela a cantora baiana.

 

Ouça o remix de "Linda e Preta":

Quinta, 22 de Abril de 2021 - 14:00

Giro: ExpoMade Pocket retorna para o shopping durante o Mês das Mães

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: ExpoMade Pocket retorna para o shopping durante o Mês das Mães
Vera Pontes | Foto: Divulgação

Sempre em busca de inovações para movimentar a cena de moda, varejo e atacado na Bahia, a produtora de moda, empresária e pioneira em realização de eventos há mais de 30 anos, Vera Pontes, retorna com a ExpoMade Pocket no Shopping Bela Vista para o Mês das Mães, de 01º a 31 de maio. A loja apresenta uma versão pocket das suas duas tradicionais feiras – a Expo de Moda e Made in Bahia - e ficará no empreendimento durante todo o mês de maio com diversos expositores e opções de produtos, entre eles para as mães. Sem perder a essência de vender a preço de fábrica e apresentar as últimas tendências da estação, o espaço, localizado no Piso L1, será dividido entre nove expositores que irão comercializar produtos de moda (masculina, feminina e infantil), bijouterias, calçados e bolsas: Azon, D&A, D’Vugue, Luxus, Toque Final, Pingo de Gente, Dondocas, Dona da Arte e Ellisa Santos.

“A ExpoMade Pocket é um projeto pensado para a pandemia em um formato mais compacto, diante da proibição da realização de eventos em pavilhão e dentro de um grande shopping, com todo conforto, segurança e estacionamento. A edição de natal foi um sucesso, com grande receptividade do público, e retornamos em 2021 com muitas novidades para a segunda maior data do varejo, que é o dia das mães”, conta a idealizadora do evento, Vera Pontes.

Trio Anarriê ensina fundamentos básicos do forró em curso online e gratuito
Foto: Divulgação

Formado por Daniela Penna, Alexandre Lins e Jelber Oliveira, o Trio Anarriê promove um workshop online e gratuito, no dia 9 de maio, no qual ensina os fundamentos básicos dos ritmos do forró tradicional, a exemplo de baião, xote, xaxado e arrasta pé. 

 

Realizado a partir das 17h, o curso é voltado para o público em geral, desde músicos aos amantes do forró sem qualquer experiência com instrumentos musicais. Os interessados em uma das 30 vagas disponíveis, devem fazer inscrição online (clique aqui).

 

“Vamos contar as histórias através das músicas de grandes nomes do gênero como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e o Trio Nordestino, mostrando como os ritmos foram se transformando com o passar do tempo. Traremos, por exemplo, a música ‘Baião’, primeiro sucesso que Gonzagão gravou cantando em 1949 e foi composto em parceria com Humberto Teixeira, dando início a toda essa história. Em resumo, é um encontro feito para quem gosta de música, história e uma boa prosa”, explica Jelber, um dos facilitadores.

Osba reinterpreta 'Hino ao Senhor do Bonfim' no vídeo-concerto 'Corrente Sinfônica'
Foto: Divulgação

Dando continuidade a sua programação virtual durante a pandemia, a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) reinterpreta o “Hino do Senhor do Bonfim” no vídeo-concerto “Corrente Sinfônica”, que vai ao ar no dia 29 de abril, às 19h, no Youtube (clique aqui).

 

Na performance, os músicos da Osba interpretam solos da canção em um formato de quebra-cabeça, onde há uma colagem de trechos executados por artistas diferentes, cada um de sua casa. A música se completa no material final visto pelo público. 

 

“O hino é uma música religiosa mas que acaba simbolizando todas as misturas que temos aqui na Bahia, como um exemplo de que todos podemos nos entender independente de religião, ideologia e outras diferenças”, declara o maestro e diretor artístico da Osba, Carlos Prazeres, sobre a escolha da obra para abrir o projeto. 

 

Composto em 1923 por João Arthur Salles e João Antônio Wanderley para a comemoração do centenário da Independência da Bahia, o “Hino ao Senhor do Bonfim” relembra feitos heróicos da luta e faz referências à Igreja do Senhor do Bonfim. Por conta do contexto da criação da obra, Prazeres avalia que ela é “um símbolo de muita força para o estado”, algo necessário pois “precisamos nos sentir unidos e fortes agora”.

'Vou casar em breve', diz Pabllo Vittar ao revelar que está noiva durante festa no BBB
Foto: TV Globo

A cantora Pabllo Vittar revelou na festa dos oito finalistas do BBB 21 (Globo) que está noiva e vai casar em breve. Ela e Preta Gil fizeram o show desta quarta-feira (21), com direito a muita animação e até momentos de emoção.

Preta viu um anel no dedo de Pabllo e perguntou se ela está noiva. "Estou amiga, estou noiva", a cantora respondeu. "Estou noiva e vou casar em breve, mamãe". Preta brincou que quer ser a madrinha do casamento.

Os jogadores começaram a festa empolgados com o show e dançaram muito ao som das duas cantoras. O momento de emoção aconteceu quando Pabllo chorou ao cantar "Indestrutível", uma música que denuncia a violência contra a população LGBTQ+.

O cenário da festa foi um botequim, com objetos representativos dos participantes. Preta Gil já fez outras apresentações no BBB, mas para Pabllo a noite foi de estreia. "Quem me conhece bem sabe que adoro demais o programa e sempre que possível estou ligadinha em tudo que rola no BBB. Ter a oportunidade de me apresentar por lá é incrível demais", disse antes do show.

A madrugada teve também flerte entre Fiuk e Juliette, declaração de amizade de Arthur para Gil e performance ao som de "I'm a Slave 4U", de Britney Spears.

Gil subiu no palco da festa e dançou só de sunga. Estava acompanhado de Pocah, Juliette e Camilla. Ele dançou e cantou em um microfone cenográfico.

Festival Percursos promove projetos de difusão da leitura na Bahia
Foto: Divulgação

Idealizado para dar mais visibilidade ao projeto Percursos da Leitura na Bahia, o Festival Percursos da Leitura na Bahia será realizado virtualmente, de 26 a 30 de abril, através do Youtube da OXE literatura baiana contemporânea. 

 

Além da divulgação de uma pesquisa de mapeamento de iniciativas de fomento à leitura no estado, o festival irá apresentar 12 iniciativas selecionadas que se destacaram em seus respectivos municípios de atuação. Tais projetos serão premiados em R$ 750, com direito à exibição de um vídeo de até 5 minutos e à realização de performances, bate-papos e contação de histórias para detalhar cada ação e atividade. 

 

A programação do evento contempla ainda oficinas de Design Editorial, Encadernação de Livro Artesanal, Práticas de Leitura na Contemporaneidade e História pra quem conta história. O festival terá também três mesas de debates: Leitura para resistir e transformar, Multimeios da Recepção de Literatura, e Espaço para o leitor - um desafio a ser discutido. 

 

A conferência de abertura traz o tema Travessias do leitor no curso da história e, encerrando a programação, uma palestra sobre Leitura e Internet (Booktubers, blogueiros), seguida de performance com Samba Chula de São Braz.

Conheça Carey Mulligan, atriz com mais chances de receber Oscar de Melhor Atriz
Carey Mulligan em Promising Young Woman | Foto: Divulgação

De acordo com as probabilidades disponíveis no site de apostas britânico Sportingbet, Carey Mulligan é a indicada na categoria de Melhor Atriz que tem mais chances de receber o prêmio. 

 

A performance que levou à sua indicação em 2021 foi no filme Promising Young Woman, um filme categorizado pela crítica como “comédia ácida", lançado em 25 de janeiro de 2020. Nele, a atriz britânica interpreta Cassandra Thomas, uma jovem tida como “promissora”, mas que tem seu futuro arruinado devido a um evento misterioso.

 

Essa é a segunda indicação de Carey Mulligan ao Oscar, o que está longe de significar que a atriz não teve outras boas performances no cinema até o momento.


Uma carreira de filmes que marcaram o drama
Carey Mulligan, de 35 anos, tem um perfil discreto e leva sua vida pessoal longe dos holofotes. Ela é uma das atrizes de Hollywood que mais se destacam na interpretação de personagens complexos e repletos de nuances e brilha mesmo quando a sua personagem não é protagonista.

 

Um dos filmes mais conhecidos que contaram com a atuação da atriz como coadjuvante foi O Grande Gatsby, dirigido por Baz Luhrmann e lançado em 2013. Na ocasião, a atriz britânica interpretou Daisy Buchanan, interesse romântico do protagonista interpretado por Leonardo DiCaprio. 

 

Outro título bastante aclamado pela crítica que contou com a atuação da Carey Mulligan foi Educação. Graças à sua performance neste filme, a atriz recebeu a sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Atriz em 2010. Este papel também lhe rendeu o prêmio de Melhor Atriz pelo National Board of Review em 2009. 

 

Considerando os papéis em que atuou ao longo de sua carreira, é perceptível a preferência da atriz em atuar em filmes que abordam dramas e temas complexos da vida humana. Personagens rasos e comerciais definitivamente não são sua marca registrada.  

 

Após tantos anos de boas atuações, nada mais justo que ser reconhecida no Oscar pelo seu trabalho impecável em “Promising Young Woman” e, quem sabe, receber o prêmio pela primeira vez em sua carreira. 

 

Caso queira assistir mais performances da atriz, também vale a pena conferir Shame (2011), Drive (2011) e As Sufragistas (2015).

Marcela Bellas une música a poesia e populariza obra de Gregório de Matos em novo EP
Foto: Tiana Jones

Em seu novo EP, a cantora Marcela Bellas une música e poesia para popularizar a obra de Gregório de Matos. Com sete faixas, “Gregório - poesia barroca e música baiana - Marcela Bellas com Elas” será lançado em uma live no Instagram da artista, no dia 30 de abril, a partir das 20h.

 

Com produção de Graco Vieira e da própria Marcela, o álbum é composto por poemas adaptados pelo compositor baiano Helson Hart. Dentre as canções, está o single Danadinha, que foi o primeiro verso de Gregório musicado por Hart, em 2016.

 

A obra - que traz arranjos contemporâneos e gravações em ritmos como o arrocha, o pagode e o rock, buscando um público diverso - estará disponível também em todas as plataformas digitais - deezer, spotify, itunes, youtube, google play e amazon music.

Quinta, 22 de Abril de 2021 - 09:40

Blog do Preto dá dicas para aproveitar o dia mundial do Malbec

por Marcos Preto

Blog do Preto dá dicas para aproveitar o dia mundial do Malbec

Você sabia que todo dia 17/04 é dia de um bom Malbec? Eu não! Muito menos que a data é oficializada como celebração anual para comemorar o dia em que o Presidente Domingo Faustino Sarmiento, da Argentina, oficialmente assumiu a missão de transformar a indústria vinícola da Argentina. 

 

A celebração do Dia da Malbec no Brasil ainda é tímido, mas a uva argentina que virou sinônimo de vinho e perfumaria admirados pelo brasileiro não vai passar despercebido.  e, se depender da Evino e de O boticário a semana será recheada de descontos e, desde o dia 17 de abril, data dedicada ao Malbec World Day, as marcas Boticário e Evino se uniram para oferecer cupons em compras realizadas em suas plataformas online.

 

As compras acima de R$ 150 dão direito a 20% de desconto nos e-commerces de ambas as marcas. Assim, quem compra a partir de R$150 no Boticário, recebe o cupom para ser utilizado em pedidos no Evino, acima deste mesmo valor. Já no Evino, ao adquirir um vinho Malbec, o cliente ganhará 20% de desconto para compras acima de R$150,00 no site do Boticário. Além disso, os pedidos que incluírem ao menos um rótulo da uva Malbec receberão de brinde uma amostra da fragrância.

Ações que contemplam conteúdo e informação também vêm acontecendo durante a semana, bem como o bate-papo com a especialista em fragrâncias do Boticário, Claudia Stenger que movimentou o perfil da Evino do Instagram no último dia  20 de abril. A live contou com a presença da sommelière Jessica Marinzeck, gerente de experiências da plataforma, e abordou informações sobre Malbec no mundo da perfumaria e da enologia. 

Hilary Duff vai estrelar 'How I Met Your Father', série baseada em 'How I Met Your Mother'
Foto: Divulgação

A atriz e cantora norte-americana Hilary Duff, 33, vai estrelar uma nova série chamada "How I Met Your Father", baseada em 'How I Met Your Mother' (CBS). O anúncio foi feito nesta quarta-feira (21) pelo serviço de streaming dos EUA Hulu.

Sem data de estreia ainda definida, a série mostra Sophie (Hilary Duff) contando ao filho a história de como conheceu o pai dele. Ela conta para ele sobre seu grupo de amigos tentando descobrir quem são em 2021 e como é se apaixonar na era dos aplicativos e opções infinitas.

O projeto será comandado por Isaac Aptaker e Elizabeth Berger, dupla de This is Us e Com Amor, Victor. Carter Bays e Craig Thomas, criadores do programa original, serão os produtores executivos da nova série.

Em 2014, a atriz e diretora Greta Gerwig chegou a iniciar um projeto de série derivada chamada 'How I Met Your Dad', mas o piloto acabou não sendo aprovado pela rede de TV CBS.

 


Cena de "How I Met Your Mother" | Foto: Divulgação
 

Criada em 2005, 'How I Met Your Mother' acompanha um pai chamado Ted (Josh Radnor) recontando sua juventude, aventuras com amigos e desventuras amorosas em busca da companheira perfeita. O seriado teve 208 episódios ao longo de nove temporadas e foi encerrado em 2014.

Ator de 'Cidade de Deus' faz vaquinha online para pagar cirurgia de câncer da mãe
Foto: Divulgação

O ator Alexandre Rodrigues, que carrega no currículo mais de 15 novelas e filmes, a exemplo de “Cidade de Deus” onde interpretou Buscapé, lançou uma campanha de financiamento coletivo na internet com o objetivo de pagar um tratamento contra o câncer de sua mãe.

 

"Estamos na batalha contra o câncer de pulmão que assola a sua vida,não tenho condições de pagar o tratamento pra ela,SUS não dá pra contar apesar de termos iniciado o processo que é muito demorado,nesses casos não podemos esperar de forma nenhuma! Plano de saúde particular não aceita pessoas já dioanosticadas, mas se souberem de algum avisem nos por favor! Estamos fazendo uma vaquinha virtual pra custear o tratamento", explicou Alexandre, em sua conta ofiaial no Instagram. 

 

O artista, que há anos atua como motorista de aplicativo para complementar a renda entre um e outro trabalho na TV, conseguiu arrecadar R$ 37 mil com a vaquinha, precisa atingir a meta de R$ 150 mil (clique aqui).

Quarta, 21 de Abril de 2021 - 19:40

Morrissey acusa 'Os Simpsons' de racismo por personagem inspirado nele

por Folhapress

Morrissey acusa 'Os Simpsons' de racismo por personagem inspirado nele
Foto: Reprodução

Conhecida por satirizar pessoas e situações, a animação "Os Simpsons" foi alvo de críticas do cantor Morrissey, 61, ex-vocalista da banda The Smiths. Ele afirmou ter se sentido ofendido com o episódio "Panic On The Streets of Springfield", exibido no último domingo (18).

Na trama, o personagem Quilloughby é o vocalista da banda The Snuffs, que se torna a favorita de Lisa Simpson. Ela rouba o cartão de crédito dos pais para vê-lo em um festival, mas ao conhecê-lo se decepciona ao descobrir que ele atualmente é cínico e abandonou o veganismo.

Segundo os roteiristas da animação, o personagem não foi baseado apenas em Morrissey, mas também em outros vocalistas, como Robert Smith da banda The Cure, e Ian Curtis, do Joy Division. Na animação, ele foi dublado pelo ator britânico Benedict Cumberbatch.

Contudo, Morrissey criticou nas redes sociais, em mensagem assinada por seu empresário, Peter Katsis, a forma como foi retratado e disse que a animação exibiu "contornos racistas". Vale lembrar que o próprio cantor esteve mais em evidência nos últimos tempos por declarações no mínimo polêmicas, muitas das quais consideradas racistas, algo que foi lembrado no episódio.

"Zombar dos assuntos é uma coisa", afirmou. "Mas quando um show se rebaixa tanto para usar táticas odiosas, como mostrar o personagem Morrissey com a barriga para fora da camisa (quando ele nunca teve essa aparência em qualquer momento de sua carreira) faz você se perguntar quem é o verdadeiro grupo racista e nocivo aqui."

"Pior ainda: chamar o personagem de Morrissey de racista, sem apontar nenhum caso específico, não oferece nada", prosseguiu. "Isso só serve para insultar o artista."

O texto diz ainda que a animação teve uma "virada para pior" nos últimos anos e acusou os escritores de "tentar capitalizar em controvérsias baratas e expor rumores cruéis". "Eles deveriam pegar aquele espelho e segurá-lo diante de si", afirmou, lembrando que o personagem indiano Apu foi criticado por ajudar a manter o "racismo estrutural".

Ele ainda enumera diferenças entre Morrissey e o personagem. Diz que ele "não processou ninguém por seus ataques, nunca parou de fazer grandes shows e ainda é um vegano sério e um forte defensor dos direitos dos animais".

Adolfo Menezes declara apoio a projeto de lei que beneficia setor de eventos na Bahia
Foto: Vaner Casaes

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Adolfo Menezes (PSD), anunciou que vai articular a discussão do projeto de lei que visa instituir o Programa Estadual de Ações Emergenciais de Retomada do Setor de Eventos (PEERSE), de iniciativa do deputado Júnior Muniz (PP), para que as empresas de eventos possam se recuperar dos efeitos da pandemia da Covid-19. 

 

Menezes recebeu, nesta terça-feira (20), os representantes da Associação Brasileira de Promotores de Eventos (Abrape-BA) Marcelo Britto, Guiga Sampaio, Nei Ávila e Sérgio Couto. Também estiveram presentes Júnior Muniz e o deputado estadual Marcelinho Veiga (PSB), que se organizam para a criação da Frente Parlamentar em Defesa do Setor de Eventos.

 

“O deputado Júnior Muniz está conversando com os líderes da Minoria, Sandro Régis (DEM) e da Maioria, Rosemberg Pinto (PT), para acelerar a votação desse PL, que tem por finalidade minimizar a crise econômica e os prejuízos financeiros causados às empresas de eventos, decorrentes das medidas de isolamento social para conter a aglomeração de pessoas e evitar a proliferação do vírus. Como o turismo e a cultura são bases econômicas muito fortes na Bahia, a pandemia está sendo ainda muito mais desastrosa para nós”, disse Adolfo.

 

Para o autor da proposta, os beneficiados serão todos os produtores de festividades, espetáculos, desfiles carnavalescos, folclóricos ou de modas, camarotes, trios elétricos, shows, ballet, danças, bailes, teatros, óperas, concertos, recitais e festivais.

 

“O PL autoriza o governo do estado a conceder incentivos financeiros, fiscais e compensações tributárias às empresas de eventos, através da renegociação de dividas tributárias e não tributárias; incentivos financeiros, através da contratação de operações de crédito; refinanciamento de passivo fiscal; isenção fiscal; e reprogramação da agenda estadual de eventos”, explicou Júnior Muniz.  

 

Segundo Menezes, o projeto de lei terá prioridade na pauta da AL-BA. “É uma situação mais perversa ainda para os profissionais mais humildes desse setor", lamentou o presidente da Casa.

FGM promove bate-papo virtual  em celebração ao Dia Nacional do Livro Infantil
Foto: Reprodução / Pelourinho Noite e Dia

Em homenagem ao Dia Nacional do Livro Infantil, comemorado no domingo passado (18), a Fundação Gregório de Mattos (FGM) promove um bate-papo virtual com as autoras de livros infantis Betania Paz Lisboa, Carla Bittencourt e Stael Mamed. A live estará disponível no canal da FGM no YouTube, às 16h da próxima quinta-feira (22). 

 

A gerente de biblioteca, livro e promoção da leitura de Salvador, Jane Palma, conta que o diálogo vai abordar um pouco os desafios linguísticos da literatura infantil na era digital e o entorno da produção literária infantil. “Cada autora vai dizer por que escolheu esse gênero literário e como se dá o processo de criação das obras. Para quem já tem uma veia literária, o diálogo pode incentivar a escrita nesse gênero, inclusive para concorrer ao edital das próximas edições do Selo Literário João Ubaldo Ribeiro”, conta. 

 

O livro O Circo da Alegria, de Betânia Paz, foi publicado no Ano I da coleção do Selo Literário João Ubaldo Ribeiro. A obra conta a história de Barriga, um rapaz magricelo de 17 anos que sai do sítio onde mora depois de uma terrível seca e, no caminho, resolve se vestir de palhaço e criar um circo. 

 

Kanoni, de Carla Bittencourt, é sobre a garotinha homônima que mora na Ilha de Itaparica e adora inventar brincadeiras. Já o livro A História do Bicho-Foalhagem, que já foi contemplado pelo selo literário, mas ainda será lançado, se assemelha às histórias contadas para as crianças pelos avós e pelos mais velhos. Somam-se às histórias jogos diversos, como caça-palavra, origami, palavras cruzadas e charada, entre outros. 

 

Os dois livros infantis já lançados e outros exemplares da coleção estão disponíveis no site http:// caminhosdigitaisdaleitura. salvador. ba. gov. br/ view/ public/ estante. php . O site reúne obras escritas por diversos autores em gêneros como romance, crônica, poesia, literatura infantil e ensaio. Qualquer pessoa pode acessar e ler os livros gratuitamente. 

 

“Nesse momento em que todos estão muito presos ao celular, é fundamental a existência de projetos que incentivem a volta à leitura do livro físico. O livro infantil não só informa a criança como leva a produzir verdadeiras histórias no imaginário. A criança lê, viaja na história e começa a se ver como personagem do livro. Portanto, as obras acabam por passar valores para o público infantil de maneira muito lúdica”, ressalta Jane Palma. 

Casa Rosada: Projeto 'Emaranhadas' apresenta pocket show de Jann Souza
Foto: Divulgação / Alexandra Martins

O pocket show da intérprete Jann Souza é a atração deste final de semana do projeto "Emaranhadas - Casa Rosada ConVida", que conta com transmissão a partir das 18h, no canal do YouTube do espaço cultural. Com canções autorais do mais novo EP, "Passarinho", a artista traz para o público letras que abordam o empoderamento feminino, além da afetividade da mulher negra.  

 

Durante uma hora de apresentação, na quinta-feira (29) e sexta-feira (30), Jann vai interpretar as canções, além de contar histórias e experiências que serviram de inspiração para compor cada uma delas. Uma das canções que estarão no repertório da artista é “Tudo Odara”, em que versa sobre empoderamento feminino e diversidade. 

 

De acordo com a cantora, sua vivência deságua em um movimento ancestral. “Acredito que, pelo fato de existir como mulher negra e lésbica, em uma sociedade racista, machista e lesbofóbica, o feminismo negro transcende em mim como herança das minhas ancestrais e reflete nas minhas músicas”, detalha. 

 

O projeto "Emaranhadas - Casa Rosada ConVida" é uma realização da Casa Rosada, contemplada pelo edital pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos oriundos da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.

Quarta, 21 de Abril de 2021 - 14:20

Câmara aprova projeto que prorroga auxílio emergencial previsto na Lei Aldir Blanc

por Danielle Brant | Folhapress

Câmara aprova projeto que prorroga auxílio emergencial previsto na Lei Aldir Blanc
Foto: Pablo Valadares/ Câmara dos Deputados

Na madrugada desta quarta-feira(21), a Câmara aprovou o projeto que prorroga a concessão de auxílio financeiro e os prazos previstos na Lei Aldir Blanc, criada para socorrer os profissionais de cultura afetados pela pandemia de Covid-19.

 

O texto foi aprovado em votação simbólica. Como não houve alteração em relação ao texto do Senado, segue para sanção ou veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

 

A Lei Aldir Blanc surgiu de um projeto de lei da deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) e prevê uma renda emergencial para profissionais do setor cultural, como artistas, contadores de história e funcionários de estabelecimentos culturais.

 

A medida previa o repasse de R$ 3 bilhões a estados e municípios para o auxílio a trabalhadores culturais, que receberam auxílio emergencial de R$ 600, pago em três parcelas mensais.

 

Espaços artísticos e culturais também estavam aptos a receberem um benefício. A legislação também estabeleceu que esses espaços culturais deveriam organizar atividades gratuitas para compensar os recursos recebidos, atendendo alunos de escolas públicas e realizando atividades abertas ao público geral.

 

O governo federal afirma que 700 mil trabalhadores foram beneficiados. O setor foi um dos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus.

 

O projeto enviado à sanção, de autoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT), permite que os municípios tenham mais tempo para alocar os recursos transferidos no âmbito da Aldir Blanc. Se o texto não fosse aprovado, o dinheiro seria destinado exclusivamente para os fundos estaduais de cultura, após o fim do prazo.

 

O projeto também prevê que eventuais prorrogações do auxílio emergencial -como a definida pelo governo federal -- sejam garantidas aos profissionais do setor de cultura.

 

O texto estabelece que projetos culturais já aprovados tenham mais tempo para aplicar os recursos. O projeto prorroga automaticamente por dois anos os prazos para aplicação dos recursos, para realização de atividades culturais e para a prestação de contas dos projetos culturais já aprovados pelo órgão ou entidade do Poder Executivo responsável pela área da cultura.

 

O texto também prorroga até 31 de dezembro deste ano o prazo para a devolução dos recursos repassados pela União e que não tenham sido objeto de programação dos estados.

Familiares e amigos de autora vítima da Covid-19 arrecadam doações para publicar livro
Foto: Reprodução / Instagram

Até esta terça-feira (20), mais de 378 mil histórias foram encerradas por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil. Uma delas foi a da museóloga e mestra em Museologia Melissa Santos, de 28 anos, no último dia 11 de abril. Escritora de "Palavras de uma mulher preta", biografema inconcluso que agora mobiliza familiares em uma campanha para publicação, ela integrava o grupo "Conexões Escritas", que viabiliza a edição de livros semelhantes ao seu.

 

A obra, explica o irmão de Melissa, Alan Santos, aborda as dores, os amores e os sentimentos da vida da jovem, "coisas que às vezes passam desapercebidas" no cotidiano, mesmo com a proximidade. "É um material que tem uma conexão com a vida de Melissa enquanto jovem, enquanto mulher, negra", justifica Alan. 

 

Para ele, publicar os escritos de sua irmã seria como perpetuar a memória dela, "de modo que também crie um sentimento nas outras pessoas e elas possam ver que não estão sozinhas". Além dos escritos, Melissa deixou uma outra maneira de se expressar como legado que deve compor o futuro livro: vários desenhos e outras ilustrações. 

 

Por acreditar em uma linguagem baseada em desenhos, aliás, mas desta vez nas paredes,escolheu como objeto de sua pesquisa e no mestrado o grafite feito por mulheres. Nele, além de estudar essa perspectiva gráfica, propôs também a criação de um museu virtual. "É um trabalho que tem uma contribuição para a cultura como um todo e também para a cultura hip-hop", descreve.

 

"Palavras de uma mulher preta" foi o segundo livro concluído do projeto coletivo de autores que Melissa integrava junto com Alan. Surgido há pouco mais de seis meses, a ideia foi a de juntar pessoas que antes de integrar o grupo tinham uma atividade constante de escrita, mas não tinham perspectiva alguma de publicação.

 

"Estávamos empolgados dentro do grupo porque tinha se formado uma 'fila' de quem ia publicar primeiro e ela havia despontado", comenta o irmão, que por ocupar esse espaço na história de Melissa, era o primeiro a ter contato com a produção dela.

 

Hoje o grupo está abalado com a perda da escritora e museóloga, mas conversas entre os autores já apontam para outra direção: a possibilidade de publicação da sua dissertação de mestrado.

 

Com cerca de 50% da meta de arrecadação da campanha atingida (clique aqui e contribua), a expectativa é que "Palavras de uma mulher preta" seja publicado no dia em que Melissa Santos completaria 29 anos, em 24 de agosto.

 

"Nesse processo, estamos descobrindo amigos dela que a gente nem fazia ideia. Participações dela como a que ela tinha em uma revista digital, em que atuava como colaboradora, que a gente nem sabia. Estamos percebendo que ela era uma menina extremamente habilidosa, inteligente e muito querida. Os amigos abraçaram de uma forma fantástica. É gratificante a gente saber que ela plantou a semente do amor dela em muitos corações, e tão nova", finaliza Alan Santos, revelando que o projeto é como um alento após a perda da jovem.

Oficina 'Memórias Situadas' promove diálogo sobre Casa do Benin
Foto: Reprodução / Pelourinho Noite e Dia

O projeto “Memórias Situadas: A Casa do Benin na Bahia” iniciou, nesta terça-feira (20), uma série de oficinas de diálogo e interlocução acerca das memórias e atravessamentos que constituem a Casa do Benin. Os encontros virtuais acontecerão até esta quarta-feira (21), das 18h às 21h, através da plataforma Google Meet. A proposta da oficina é construir um espaço de troca mediado pelas características e histórias do espaço cultural. 

 

Contemplado pelo Prêmio Jaime Sodré de Patrimônio Cultural da Fundação Gregório de Matos, o projeto tem apoio da Prefeitura, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. Os interessados em arquitetura, arte, memória, cidade, história baiana e afro-brasileira, inscritos através formulário virtual, vão participar de encontros gratuitos que pretendem impulsionar a reflexão coletiva em torno das cidades, museus, arquiteturas, espaços e territórios, a partir dos trânsitos que os compõem. 

 

O pesquisador e também ministrante das oficinas, Lucas Lago, destacou a importância do equipamento para construção da história cultural da Bahia. “Precisamos reconhecer que a Casa do Benin é importante não apenas como um espaço cultural ativo na cidade, mas também na construção de determinadas ideias e culturas aqui na Bahia, através da sua história e memória”, disse. 

 

Lago explica que, nesse sentido, o trabalho do projeto é reunir materiais de arquivos para narrar uma história sobre a Casa do Benin. “O projeto que dá origem a Casa do Benin acontece no momento histórico bastante rico, com diversas discussões e a partir de diversos atores sociais. Há muitas pessoas envolvidas nessas discussões e nesse trânsito de ideias, que buscavam reestabelecer relações entre a Bahia e a África. Isso ganha uma iniciativa institucional, nesse momento, mas com a participação bastante enfática de vários setores e representantes da sociedade”, afirmou.

Terça, 20 de Abril de 2021 - 19:50

Filha de Jamie Foxx diz que micos do pai inspiraram 'Meu Pai e Outros Vexames'

por Vitor Moreno | Folhapress

Filha de Jamie Foxx diz que micos do pai inspiraram 'Meu Pai e Outros Vexames'
Foto: Divulgação / Netflix

Todo adolescente passa pela fase de sentir vergonha dos pais, por mais descolados que eles sejam. No caso de Corinne Foxx, 27, ela conseguiu transformar isso em negócio com a estreia da série "Meu Pai e Outros Vexames", da Netlix.

Filha do ator Jamie Foxx, 53, astro de filmes como "Django Livre" (2012), a atriz, modelo e agora produtora executiva liberou as próprias experiências para a produção, estrelada pelo pai. "Eu e meu pai passamos anos contando essas histórias embaraçosas da minha adolescência", diz Foxx em entrevista à reportagem.

De tanto as pessoas darem risada das situações, eles transformaram esses momentos em uma comédia de TV. "Basicamente, o que fizemos foi apresentar o meu diário para a Netflix, e eles gostaram", afirma. "Foi assim que a série surgiu. É muito louco ter apenas 27 anos e ter uma série sobre a minha vida."

Corinne Foxx diz que participou de todo o desenvolvimento do projeto, desde o desenvolvimento dos roteiros até a seleção da atriz que viveria Shasha, seu alter-ego. "Foi muito divertido", afirma. O papel ficou com Kyla-Drew, 16.

"Meu pai é muito exagerado e extravagante, enquanto eu sou mais reservada e responsável", diz. "Nós estávamos procurando alguém que pudesse contracenar com ele e, só com a cara que ela fez olhando para ele, nós dissemos que havíamos encontrado o que procurávamos."

Ela lembra que a personagem não é uma mímese dela própria. "Ela interpreta uma versão de mim", explica. "Não queríamos que ela tivesse a pressão de reproduzir os meus gestos ou que ficasse nervosa porque eu ia assisti-la fazendo aquilo. Deixamos ela livre para usar a própria experiência de adolescente."

Apesar de ter uma carreira em ascensão como atriz, Corinne Foxx diz que não pensou em aparecer na frente das câmeras desta vez. "Ser produtora era algo completamente novo para mim, então já precisava me preocupar com muitas coisas", diz. "Tive uma grande curva de aprendizado, principalmente com relação a tomar decisões importantes. É o que mais um produtor faz o dia inteiro. E para alguém indecisa como eu, foi algo difícil."

Embora Jamie Foxx seja mais conhecido no Brasil pelos papéis dramáticos --ele venceu o Oscar de melhor ator em 2005 pelo papel do músico cego Ray Charles (1930-2004) no filme "Ray"--, a filha lembra que o pai também já se aventurou nas comédias de situação.

"Talvez não tenha chegado ao Brasil, mas ele começou na comédia", diz ela, lembrando do programa de esquetes In Living Color (1990-1994), do qual ele participou no canal NBC, e do Jamie Foxx Show, que ficou no ar entre 1996-2001 no canal americano The WB.

"Ele cresceu com as comédias, então para ele é como uma volta às origens", diz. "Então, definitivamente é um lado diferente dele, mas é muito mais comum vê-lo fazendo palhaçadas do que sério."

Ela afirma que, assim como Sasha é uma versão dela, Brian é uma versão do pai. "Na vida real, penso que meu pai é um pouco mais descolado", admite. "Brian é um pouco brega e um pouco mais pateta. Já o meu pai sabe de tudo o que está rolando, conhece todas as músicas novas. Às vezes nem sei como ele descobre."

Outros membros da família na série "Meu Pai e Outros Vexames" também foram inspirados na dos artistas. "Pops é baseado no meu avô de verdade, que gosta de umas coisas medicinais", entrega sobre o personagem vivido pelo ator David Alan Grier, que aparece fumando maconha. Já a tia Chelsea (Porscha Coleman) é inspirada na irmã de Jamie, Deidre. "Inclusive ela trabalhou na série como maquiadora e cabeleireira."

Além do próprio Brian, Jamie Foxx aparece interpretando tipos esdrúxulos, como um pastor e o barman Rusty --este último o preferido de Corinne. "A gente queria que ele se parecesse com o cara da 'Máfia dos Tigres', então colocamos uns mullets loiros", lembra aos risos. "Ele passou o dia inteiro de gravações vestido daquele jeito e contando piadas."

Ela explica que o título original ("Dad, Stop Embarrassing Me", algo como "pai, para de me fazer passar vergonha") foi escolhido por resumir a série. Embora eles tenham pensado em várias opções, nenhum explicava o conceito da mesma forma.

"Mesmo que meu pai fosse descolado para todo mundo, ele não era para mim quando eu era adolescente", diz. "Ele sempre atraiu muita atenção, gosta de entreter as pessoas. Eu só queria desaparecer e ser igual a todo mundo. Tivemos muitos momentos em que ele fazia alguma palhaçada e eu só revirava meus olhos e dizia que queria que ele parasse."

Entre as situações que estão na série --e que ela revela ter passado de fato-- algumas são micos que hoje ela ri. "Sabe quando o Brian vai na casa do namorado da Sasha e tenta intimidá-lo? Aqui aconteceu", diz. "O episódio em que ele encontra a identidade falsa dela também foi baseada em uma história real."

Por outro lado, Corinne Foxx diz que algumas histórias foram acrescentadas (ou não ocorreram) exatamente como mostrado. "Na série, o Brian não quer que a Sasha aprenda a dirigir, mas na vida real foi o contrário, ele queria que eu aprendesse logo, porque tem medo de dirigir", entrega.

A produtora conta que a série, rodada durante a pandemia, teve que fazer algumas adaptações durante as filmagens, que ocorreram com o mínimo de profissionais possível no local. "Eu mesma tinha que assistir do computador e depois passar as minhas anotações para o diretor", diz.

A principal é que não foi possível contar com uma plateia ao vivo, como é normal em sitcoms. "Porém, todo mundo no set ria bastante para fazer os atores se sentirem bem", revela. "Como seguimos esses protocolos muito rígidos, fomos uma das primeiras séries da Netflix que conseguiu filmar na pandemia."

Terça, 20 de Abril de 2021 - 19:00

Giro: Villa Forma recebe nova unidade da Clínica Rebeca Grasso

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Villa Forma recebe nova unidade da Clínica Rebeca Grasso
Carol Sousa | Foto: Divulgação

A partir da primeira semana de maio, a Academia Villa Forma vai ganhar um reforço de peso no seu mix. O charmoso casarão do Rio Vermelho será o endereço da nova unidade da Clínica Rebeca Grasso, espaço dedicado à saúde, bem-estar e beleza, proporcionando aos alunos uma gama completa de serviços em um só lugar.

A clínica, que conta com projeto assinado pela arquiteta Juliana Paturi, ficará no segundo piso da academia em um espaço amplo pensado para trazer mais conforto para os alunos, que receberão mimos exclusivos de boas-vindas, como avaliação gratuita, cortesia de máscara detox, drenagem linfática, ou massagem relaxante. A marcação será feita na recepção do espaço.

“Estamos muito felizes com a chegada da RG na Villa Forma, pois reforça nosso conceito wellness, além de proporcionar uma experiência mais completa para os nossos alunos que têm a Villa como segunda casa”, revela a empresária Carol Sousa, à frente da Villa.  O espaço estará aberto ao público.

Histórico de Conteúdo