Terça, 18 de Setembro de 2018 - 10:00

Carreiras FTC: Caminhos para o profissional de Medicina

por André Nazar

Carreiras FTC: Caminhos para o profissional de Medicina
Foto: Divulgação

Quais são os caminhos mais habituais que os médicos percorrem logo após a graduação? 

 

Primeiramente, é preciso dizer que a quantidade de vagas disponíveis nas residências médicas hoje é escassa. Abrange apenas cerca de metade dos egressos dos cursos de Medicina das universidades do Brasil. Isso faz com que os concursos de ingresso nesses cursos sejam muito difíceis. Do ponto de vista técnico, é uma prova exaustiva e os candidatos estão cada dia mais bem preparados, o que aumenta a concorrência. Existem especialidades, como Dermatologia e Radiologia, nas quais 60 candidatos disputam uma vaga. Assim, diversos estudantes não conseguem ingressar nas residências médicas, o que gera angústia e insegurança. Entretanto, existem outros caminhos para os novos médicos.


Ampliar os conhecimentos por meio de pós-graduações (lato sensu ou strictu senso) é uma possibilidade. Ao escolher essa opção, é necessário que o egresso pesquise se os cursos são credenciados pelo Ministério da Educação (MEC), observem se têm a carga horária mínima exigida e se possuem a chancela das sociedades médicas. Além disso, existe a opção de o médico se envolver diretamente com a área de pesquisa clínica, observacional ou de dados. Isso ocorre com muitos estudantes que saem de Hospitais Universitários ou são envolvidos com instituições com a Fiocruz. Esses médicos recém-formados acabam realizando mestrado e doutorado e alguns decidem seguir a carreira de professores universitários – outra área possível de atuação.


Nesse contexto, cabe destacar que a grande oportunidade que vemos hoje para os novos profissionais é a de se tornarem médicos da Família e Comunidade. Com a política do Governo de incentivo ao crescimento das clínicas voltadas para essa área, isso acabou se tornando um caminho para o médico se empregar logo após o final da faculdade. Os programas de residência médica em Medicina de Saúde da Família e Comunidade são credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica e, geralmente, são vinculados aos municípios dos principais estados do Brasil. Essa é uma área em que o médico pode, ainda, trabalhar com pesquisa ou buscar especialização em Saúde Pública. 


Por fim, outro espaço de atuação que tem se mostrado atrativo para os recém-formados em Medicina é o de gestão. Existem médicos que optam por cursar MBA (Master of Business Administration) de gestão em Saúde e tornam-se gestores de hospitais públicos e privados, clínicas ou até mesmo do próprio consultório médico. 


 Diante de tantas possibilidades, o mais importante é que o novo médico escolha aquilo que o faça mais feliz de maneira que possa se sentir realizado e transmitir isso para as pessoas com as quais convive. Afinal, é preciso muito mais do que conhecimento técnico para ser um bom médico em qualquer ambiente e foco de trabalho. 

 

* André Nazar é coordenador geral do curso de Medicina da FTC

Histórico de Conteúdo