Cápsula anti-HIV permitirá tratamento semanal com apenas um comprimido

Uma cápsula para pílula anti-HIV vai permitir que, em apenas um comprimido, seja garantido o tratamento de uma semana inteira. A cápsula foi desenvolvida por pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos. O estudo foi publicado nesta terça-feira (9) na "Nature Communications". Os três principais compostos do anti-HIV hoje usados (dolutegravir, rilpivirina e cabotegravir) foram envolvidos em um sofisticado polímero que permitiu a liberação lenta dos compostos na corrente sanguínea -- garantindo, assim, que uma única dose semanal seja suficiente. A cápsula, uma vez dentro do estomago, se transforma em uma “estrela”, o que impede sua passagem para o intestino, liberando compostos, ao mesmo tempo em que permite que alimentos continuem passando pelo sistema digestivo. Uma estrutura parecida já havia sido testada em medicamentos de combate à malária.