Danuza Leão critica ato em premiação: 'Toda mulher devia ser assediada 3 vezes por semana'

A escritora Danuza Leão polemizou ao comentar sobre o ato que atrizes de Hollywood organizaram durante o Globo de Ouro deste ano. Danuza foi questionada pelo jornal O Globo sobre uma carta escrita por celebridades francesas, publicada nesta quarta-feira (10) pelo jornal Le Monde, que defendia a liberdade dos homens de “importunar” as mulheres com “paqueras insistentes” (veja aqui). “O que não está claro para mim é o conceito de assédio. É uma paquera? ”, declarou a escritora. “Espero que essa moda de denúncia contra assédio sexual não chegue ao Brasil. O que aconteceu no Globo de Ouro me pareceu um grande funeral”, escreveu. E finalizou com a frase: “Acho que toda mulher deveria ser assediada pelo menos três vezes por semana para ser feliz. Viva os homens”. O fotógrafo João Wainer, neto de Danuza, postou nesta quarta-feira (10) em sua conta do Instagram uma imagem com a frase “Minha vó tá maluca! ”, que faz referência a uma música de funk. Diversos seguidores do fotógrafo interpretaram a foto como uma crítica ao artigo que sua avó escreveu. 

 

 

????

Uma publicação compartilhada por Joao Wainer (@joaowainer) em