Quinta, 18 de Outubro de 2018 - 00:00

Apesar de debandada de Tum, governo não tem interesse em ter PSC na base por ressentimento

por Lucas Arraz / Guilherme Ferreira

Apesar de debandada de Tum, governo não tem interesse em ter PSC na base por ressentimento
Vando (PSC) traiu o PT para aliados | Foto: Reprodução / BFnotícias

A ida de Tum (PSC) para a base do governador Rui Costa (PT) (veja aqui) não deve abrir caminho para que o restante do PSC também mude de lado. Além da resistência antipetista de integrantes do partido cristão, como a feita pelo deputado estadual Soldado Prisco (PSC), o governo, em partes por ressentimento, não deseja abrigar a legenda que saiu fragilizada das urnas neste ano. 

 

Sem conseguir eleger o presidente estadual Heber Santana (PSC) deputado federal e Irmão Lázaro (PSC) senador, o PSC se viu derrotado. Elegeu três estaduais, dos quais, um já deixou a oposição por Rui. Dos dois que sobraram, nenhum interessa a bancada aliada ao governo. Prisco pelo antipetismo anunciado e o novato Laerte do Vando (PSC) por ressentimento. O pai do deputado estadual e o prefeito de Monte Santo, Vando (PSC), rompeu com o grupo governista após receber ajuda para se eleger no município. 

 

Sem descartar ou acenar para Rui, Heber Santana fala que o PSC aguarda o resultado do segundo turno das eleições presidenciais para ter qualquer conversa sobre o cenário político com correligionários. “Somos oposição e até hoje a opção de integrar outro grupo ainda não entrou na nossa pauta. Estamos aguardando o resultado do segundo turno para reunir a executiva e lideranças do partido”, falou. 

 

Já Prisco, tido como opositor a qualquer aceno do PSC ao PT, minimizou a debandada de Tum como um movimento isolado. "Foi uma posição dele, não do partido. O PSC se mantém na sua coerência, na oposição", comentou o estadual durante o retorno das atividades da Assembleia Legislativa (AL-BA) nesta terça-feira (16). 

Quinta, 18 de Outubro de 2018 - 00:00

Cláudio Tinoco critica vereadores do DEM por apoio a Geraldo Júnior: 'É só precipitação'

por Bruno Luiz / Guilherme Ferreira

Cláudio Tinoco critica vereadores do DEM por apoio a Geraldo Júnior: 'É só precipitação'
Foto: Bahia Notícias

O secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco (DEM) criticou os vereadores do DEM que já declararam apoio a Geraldo Júnior na disputa pela presidência da Câmara de Salvador. Também interessado no posto, ele lamentou o fato de correligionários escolherem um nome de outro partido.

 

"É só precipitação. Não estão levando em consideração a posição partidária", disse Tinoco em entrevista ao Bahia Notícias nesta quarta-feira (17). Segundo ele, os demais vereadores do partido deveriam aguardar uma posição oficial do Democratas antes de declarar o apoio.

 

"Vereadores do meu partido já se associaram à pré-candidatura do vereador Geraldo Júnior, sem o Democratas se reunir ou fazer uma avaliação. Eu até lamento que alguns colegas do Democratas tenham assumido essa posição, sabendo que tem um colega como eu, do mesmo partido, com essa pretensão pública", reclamou.

 

O secretário mencionou o nome de Alexandre Aleluia (DEM), que é inclusive coordenador político da campanha de Geraldo Júnior, mas vê necessidade do partido se pronunciar antes dele tomar uma posição. "Eu não tomo essa decisão olhando para o meu partido, eu tomo olhando para os meus colegas", respondeu Aleluia ao Bahia Notícias.

 

Ele ressaltou que "o presidente é presidente de todos os partidos" e que não se sente constrangido pelo apoio ao vereador do SD. Segundo Aleluia, seu papel dentro da candidatura de Geraldo inclui o levantamento de demandas da Câmara. "Quero sentar com ele e formular, junto com outros vereadores, as propostas, quais são as demandas da casa, para que a Casa seja cada vez mais valorizada", explicou.

 

Entre os seis dos vereadores do DEM em Salvador, quatro já declararam apoio a Geraldo. Além de Aleluia, Duda Sanches, Orlando Palhinha e Maurício Trindade também vão apoiar o vereador do SD. Leo Prates, atual presidente da Câmara e Vado Malassombrado, suplente de Tinoco, são os únicos que ainda não se posicionaram.

 

Apesar do desejo de se candidatar à presidência da Câmara, Tinoco ainda precisa deixar o cargo na prefeitura para retornar à Casa e concorrer com Geraldo, que já tem o apoio declarado de 19 vereadores. O secretário disse que ainda precisa conversar com o prefeito ACM Neto para ter uma definição sobre sua saída do posto.

Everaldo diz que PT só vai discutir presidência da AL-BA após 2º turno: 'Pauta é Haddad'
Rosemberg terá que esperar para iniciar articulações | Foto: Divulgação/ Ascom

O presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, deu um recado ao deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), que pretende ser candidato à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA): o partido só vai discutir o assunto após o segundo turno das eleições presidenciais.

 

Segundo Everaldo, o assunto eleição na AL-BA não é prioridade na sigla agora, mesmo com Rosemberg tendo externado para ele sua disposição em concorrer. 

 

“Temos uma pauta política, que é ampliar a votação de Haddad na Bahia. Essa é a única pauta política que nós temos. Depois de encerrado o segundo turno, nós vamos sentar para conversar sobre essa pauta [da presidência da AL-BA]”, indicou o dirigente estadual petista em entrevista ao Bahia Notícias. O comunicado foi feito, inclusive, ao próprio Rosemberg, que já se reuniu com ele para tratar do tema. 

 

Ele ainda reiterou que o partido, com a maior bancada da AL-BA, formada por 10 deputados, tem “legitimidade” de pleitear a presidência. No entanto, as discussões sobre o assunto precisam ser feitos junto à base governista, na opinião de Everaldo. 

 

“Assim como nas eleições majoritárias, o que tem garantido vitórias consecutivas nossas é esse diálogo. Temos maturidade para tomar decisões que possam contemplar os partidos”, defendeu, dizendo que a disposição do deputado em se colocar na disputa não depende apenas dele. 

 

“Ele tem a disposição de colocar o nome dele, mas essa disposição passa por um diálogo com o conjunto de partidos. Todos os deputados e deputadas da base aliada têm legitimidade para fazer esse pleito [de concorrer à presidência]”, afirmou. 

 

Rosemberg foi o segundo deputado estadual mais votado no estado nestas eleições, com 101.945. Na AL-BA, a candidatura dele é considerada como uma das mais competitivas na disputa. A favor dele, estão a alta votação, o fato de estar no partido com a maior bancada e que também é o mesmo do governador Rui Costa. 

 

Contra ele, pesa a questão de o PSD ter atualmente a presidência, na figura de Angelo Coronel, com altas chances de o partido querer manter o posto. Além disso, há a força política do presidente do partido, o senador Otto Alencar, que pode bancar a candidatura de um nome do PSD e abrir uma queda de braço dentro da base. 

 

Nos últimos anos, Otto tem se saído vitorioso nestas disputas internas, conseguindo, além da presidência da AL-BA, defenestrando Marcelo Nilo (PSB) do posto, o comando da União dos Municípios da Bahia (UPB) e a indicação de Coronel para o Senado na chapa de Rui. Outro fator é a oposição. Caso o grupo decida votar em bloco, dificilmente apoiaria uma candidatura petista. 

Sondado, Prates afasta liderança da minoria em primeiro biênio na AL-BA: ‘Quero aprender’
Foto: Reprodução / Alô Alô Bahia

Há seis anos exercendo cargos de liderança dentro da Câmara Municipal de Salvador (CMS), o vereador e deputado estadual eleito para a próxima legislatura na Assembleia Legislativa (AL-BA), Leo Prates (DEM), afastou a possibilidade de assumir a liderança da minoria na Casa no começo do mandato, no próximo ano.

 

Sondado por deputados estaduais veteranos da oposição que estão dispensando o cargo (veja aqui), o atual presidente da CMS declarou que aceitaria a missão, mas que no momento pensa em passar os primeiros meses na casa ao lado de Sandro Régis (DEM) "para aprender". 

 

“O meu desejo pessoal é ser deputado estadual e aprender com os colegas. Não tenho desejo de ser líder da oposição e não disputarei essa vaga com colegas. Eu entro na AL-BA neste momento para aprender”, discursou o vereador. 

 

O democrata, que também foi presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ), defendeu que sempre aceitou os desafios postos a ele, mas que também não deseja assumir, no começo do mandato, outras lideranças. “Se eu for chamado, em consenso, vou ocupar qualquer função como um soldado do Democratas, mas reforço que não tenho esse desejo nos meus primeiros dois anos como deputado”, completou. 

 

Prates foi apontado por colegas como uma indicação natural de ACM Neto (DEM) para a vaga que atualmente é do deputado Luciano Ribeiro (DEM), que se despede da Assembleia no fim do ano. 

Destaque em Justiça: CNJ intima desembargadora por criticar fala de Dias Toffoli sobre 1964

A desembargadora Kenarik Boujikian, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), terá que prestar novas explicações ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Dessa vez, ela deverá se pronunciar por ter criticado a declaração do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e também do CNJ, ministro Dias Toffoli, por chamar de “movimento” o golpe militar em 1964. A declaração foi dada para o Jornal Folha de São Paulo. Leia essa e outras notícias na coluna Justiça!

Destaque em Saúde: Canadá legaliza uso recreativo de maconha

O Canadá legalizou nesta quarta-feira (17) o uso recreativo de maconha. De acordo com a lei, os canadenses poderão comprar e cultivar a erva. A discussão se estende no país há dois anos e integrou a plataforma de campanha eleitoral do primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, em 2015. Desde 2001, o uso da maconha era autorizado para fins medicinais. Leia essa e outras notícias na coluna Saúde!

Destaque em Cultura: P!nk e Black Eyes Peas são confirmados no Rock in Rio 2019

O Rock in Rio confirmou, nesta terça-feira (16), a participação da cantora P!nk e do grupo Black Eyes Peas na próxima edição do evento, que acontece nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro de 2019, no Rio de Janeiro. Leia essa e outras notícias na coluna Cultura!

Destaque em Holofote: Livres por HC, membros da New Hit participam de show

Soltos desde março, os integrantes da banda New Hit começaram a retomar suas carreiras no pagode baiano. Eles participaram do show do grupo Zé Paredão, no GPS Live Music Bar, em Salvador, na madrugada desta quarta-feira (17). Leia essa e outras notícias na coluna Holofote!

Destaque em Esportes: Fluminense de Feira abre votação para torcida escolher novo escudo

O Fluminense de Feira resolveu mudar seu escudo. O Touro do Sertão disponibilizou, em seu site oficial, quatro opções para que os torcedores escolham o novo brasão do clube. A ideia da modificação partiu do segundo secretário da mesa diretiva do Conselho Deliberativo, Antônio Pinheiro. Ele afirma que a mudança trará uma identidade própria ao clube, já que por vezes o escudo é confundido com o do Fluminense-RJ. Leia essa e outras notícias na coluna Esportes!

Rui reúne lideranças, defende presidente que goste da Bahia e pede votos em Haddad
Fotos: Vaner Casaes / Divulgação

O governador Rui Costa (PT) voltou a discursar em defesa do candidato Fernando Haddad (PT) na tarde desta quarta-feira (17), no sul do estado. Durante reuniões que participou em Itapetinga, pela manhã, e em Itabuna, à tarde, Rui destacou a importância de garantir a vitória de um candidato que tenha “compromisso com os brasileiros”. 

 

“Se o povo me deu mais de 75% dos votos, foi para eu fazer mais e melhor! E, para eu fazer mais e melhor, quero ter um presidente da República que goste da Bahia, que seja apaixonado pelos baianos”, falou. 

 

Na conversa com lideranças do Médio Sudoeste e Litoral Sul, Rui agradeceu sua reeleição e os 60% dos votos dos baianos para Haddad, mas pediu empenho para ampliar a votação do presidenciável do PT no segundo turno: “Nosso objetivo é garantir 80% de votos válidos para Haddad na Bahia”. 

 

Na opinião do governador, “a educação, a fé em Deus e amor da família são os maiores valores que vamos passar aos nossos filhos e ele reúne todos esses atributos. O governo de Haddad não será do PT, mas de todas as forças democráticas capazes de fazer o Brasil retomar o caminho do desenvolvimento, com respeito à convivência de todos os seus cidadãos”. 

 

As reuniões promovidas pela coligação Mais Trabalho por Toda a Bahia, encabeçada pelo governador Rui Costa, continuam até a próxima sexta-feira (19). Nesta quinta-feira (18), os encontros serão em Teixeira de Freitas às 9h, no Espaço D Cerimonial, no bairro de Monte Castelo; e em Porto Seguro, às 14h, no Hotel Solar Imperador. 

Quarta, 17 de Outubro de 2018 - 22:00

Manter Rodrigo Maia passaria mensagem errada aos eleitores, diz Joice Hasselmann

por Angela Boldrini | Folhapress

Manter Rodrigo Maia passaria mensagem errada aos eleitores, diz Joice Hasselmann
Foto: Reprodução / Facebook

Mulher mais votada para deputada federal nas eleições 2018, a jornalista Joice Hasselmann (PSL) é contra é contra a recondução de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara, como desejam o deputado e seus aliados. 

Ela, que pleiteia o posto de líder do partido ou do governo, afirmou que o posto deve ficar com algum deputado do PSL de Jair Bolsonaro e sugeriu o nome de Luciano Bivar (PE), presidente licenciado da legenda. O partido, que tem atualmente oito deputados crescerá para ao menos 52 no próximo ano. 

"Acho muito natural que o PSL pleiteie, até porque deve ser a maior bancada já que muitos deputados vão ficar sem partido por causa da cláusula", afirmou ela à reportagem no aeroporto de Brasília, nesta terça-feira (16). 

A opinião da deputada eleita vai de encontro ao desejo de Maia de se reconduzir ao posto. Partidos do centrão articulam para a sua reeleição, e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) já admitiu a possibilidade de o comando da Casa não ficar com o partido. 

Para Joice, porém, a manutenção de Maia mandaria mensagem errada para eleitorado. "O Brasil deu uma mensagem de renovação, acho que não combina muito com o momento manter o mesmo presidente", afirmou. "Acho que seria uma ideia do ponto de vista de imagem muito ruim. Porque a população mostrou que quer mudança, e se você mantém o mesmo presidente, dá a sensação de que é mais do mesmo."

A entrevista é repetidamente interrompida por passageiros e funcionários do aeroporto que pedem para tirar fotos com Joice. "Eu tô ferrada. Se fizer alguma coisa, todo esse pessoal que vem me dar beijo vai vir atrás de mim", brinca ela.  Apesar de dizer que prefere a liderança do partido ou do governo na Casa, ela diz que não descarta, porém, concorrer ela própria ao posto de presidente. "Eu sou cacifada pelas urnas, e o Bivar pelo papel dele no partido", diz. 

Joice recebeu mais de 1 milhão de votos em sua primeira disputa para a Câmara, sendo a segunda mais votada, apenas atrás do filho do presidenciável Bolsonaro. "Acho que eu ia me divertir muito sendo líder de bancada, eu gosto dessa coisa do embate de ideias, do discurso", diz ela, que antes de chegar à Casa protagonizou alguns embates dentro da própria campanha. 

O principal bate-cabeça ocorreu com o presidente da legenda em São Paulo, Major Olímpio. Ele gravou vídeo desautorizando a pré-candidatura da jornalista ao governo do estado, que não se concretizou. Ela minimiza o episódio, mas diz que foi um erro do partido não lançar candidato ao governo ou dois ao Senado. "A gente não sabia o tamanho que seria a onda Bolsonaro", afirma. 

Também fez pouco caso do lançamento da candidatura do futuro colega de Casa Kim Kataguiri (DEM-SP) à presidência da Casa, que afirmou ter acontecido "para ganhar um espacinho no jornal". "Ele é um bom menino. Pode ser um ótimo presidente da Câmara daqui uns anos, mas agora não faz o menor sentido", diz. 

Ao contrário do braço direito de Bolsonaro, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), a deputada eleita é favorável à aprovação da reforma da Previdência ainda no governo de Michel Temer. Segundo ela, apesar de não considerar a reforma ideal, seria um problema a menos para um eventual novo governo.  "Ela é 40% boa, 60% ruim. Mas do ponto de vista de já ter um problema resolvido, seria interessante", diz. 

Além disso, defende a aprovação do projeto do Escola Sem Partido nos primeiros cem dias da nova legislatura, a flexibilização do Estatuto do Desarmamento, e a votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que endurece as regras do aborto no Brasil. "Não pode transformar aborto em método contraceptivo, que é o que essa bancada do PSOL, essas lhamas cuspideiras, querem", afirma. 

De projetos seus, diz querer acabar com as férias de meio de ano em Brasília. No Congresso, os trabalhos cessam em julho e recomeçam em agosto. "Isso é uma piada de mau gosto", afirma ela. 

Quer também propor texto para acabar "com todos os penduricalhos" acima do teto constitucional. E defende uma reforma trabalhista mais ampla. "A reforma foi um avanço, mas ela tem que ser melhorada. Eu vejo que as leis trabalhistas, o excesso delas, têm prejudicado o trabalhador demais." 

A deputada eleita será uma das novatas da "bancada Youtuber", que inclui também Kataguiri e a ativista de direita Carla Zambelli (PSL-SP), entre outros. Com mais de 950 mil inscritos no seu canal, Joice diz que fará seu mandato todo nas redes. "Vai ser quase um mandato reality, um reality da Câmara", diz. "E acho que a audiência da TV Câmara e dos nossos canais vai aumentar bastante, porque vai ser uma legislatura animada."

Sem direito a fundo partidário, presidente do PMB na Bahia não pretende trocar de sigla
Ana Rita Tavares preside PMB na Bahia | Foto: Reprodução / Informa1

Presidente do Partido da Mulher Brasileira (PMB) na Bahia, a vereadora Ana Rita Tavares declarou que ainda não sabe qual será o futuro da legenda que não ultrapassou a cláusula de barreira em 2018 e irá deixar de ter direito ao fundo partidário e tempo de rádio e televisão a partir do próximo ano (entenda mais aqui). 

 

Ao lado do governador Rui Costa (PT), porém, Ana Rita não pretende abandonar o barco do partido e procurar abrigo em outra sigla da base. “O PMB sofre sem ter fundo partidário e sem poder coligar na proporcional. Vamos precisar de candidaturas robustas do ponto de vista político, mas ainda existem caminhos que serão discutidos pela executiva nacional”, narrou. Tavares foi candidata a deputada federal pelo PMB neste ano, sem conseguir se eleger. 

Haddad admite que contava com maior apoio de FHC contra Bolsonaro
Foto: Reprodução / Tv Globo

O candidato petista à presidência da República, Fernando Haddad, admitiu que o tucano Fernando Henrique Cardoso  (PSDB) não o apoiou como gostaria. FHC disse que a porta entre Haddad e ele está agora com a fechadura "enferrujada". "Quando ele falou que tinha uma porta eu ouvi isso com alguma esperança. Só soube que ela estava enferrujada hoje, então ele está aos poucos contando toda a história", disse Haddad em coletiva de imprensa.

 

O ex-prefeito de São Paulo disse ainda que procurou montar uma frente com os "democratas" contra a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) e que recebeu o apoio individual de lideranças do PSDB. "Nem todos vão atuar da maneira como eu gostaria e como eu sugeriria para uma pessoa com a formação que ele [FHC] tem", completou. 

Preso por estupro em Manaus, professor diz que 'dava carinho' às alunas
Foto: Jander Robson / A Crítica

O professor preso em Manaus por estuprar uma aluna de 8 anos disse, ao negar os crimes, que "dava carinho" às vítimas. Segundo o portal A Crítica, Carlos Alberto Pereira Cruz, de 47 anos,  foi apresentado pela polícia nesta quarta-feira (17).

 

"A maioria das crianças são muito carentes, então eu oferecia café da manhã e elas retribuíam com abraços e beijos", declarou em entrevista ao A Crítica. Carlos Alberto é professor do ensino fundamental em uma escola da rede municipal.

 

Ele já havia sido preso no último 1º de outubro pelo mesmo crime, mas foi solto pela Justiça durante audiência de custódia. Carlos Alberto também investigado por abusar sexualmente de mais duas crianças, de 8 e 9 anos de idade.

TSE decide a favor de João Capiberibe e impasse sobre 2º turno no Amapá chega ao fim
Foto: Reprodução / Agência Senado

O impasse sobre qual candidato irá disputar o segundo turno do governo do Amapá chegou ao fim nesta terça-feira (16), após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidir validar os votos recebidos por João Capiberibe (PSB) no primeiro turno da eleição. Assim, Capiberibe está mantido no segundo turno.

 

Os votos recebidos por Capiberibe no último dia 7 foram anulados porque candidatos do PT tiveram os registros indeferidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP). Na chapa de Capiberibe, o candidato a vice-governador é Marcos Roberto, do PT. De acordo com a Globo News, no primeiro turno da eleição, Waldez Góes (PDT) recebeu 133.214 votos, João Capiberibe 119.500 e o  terceiro colocado, Davi (DEM), somou 94.278 votos.

 

Os ministros do TSE entenderam que não houve má-fé por parte da chapa de Capiberibe ao indicar o candidato a vice do PT, conforme o G1. Ainda de acordo com o portal, na avaliação dos ministros, Marcos Roberto não estava em uma situação "sabidamente inelegível".

‘Governador deve esclarecimentos sobre privatização da Embasa’, diz líder da oposição
Foto: Reprodução / Mural de Notícias

Luciano Ribeiro (DEM), deputado líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), acusou o governador Rui Costa (PT) de esperar o resultado eleitoral passar para “surpreender” com uma ação que deve mudar a gestão do saneamento no estado. De acordo com a revista Veja, o petista planeja fazer a concessão à iniciativa privada da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) ou firmar uma parceria público-privada (PPP) (veja aqui). 

 

“O governador precisa explicar essa conversa de privatizar a Embasa. O Governo não vai poder impor uma mudança dessa, sem antes dizer o porquê. Exigimos um posicionamento sobre o assunto”, cobrou o líder da bancada oposicionista.

 

Ribeiro afirma que, caso o governador privatize a Embasa e promova ainda a concessão de outros órgãos como a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), ele mudará o próprio discurso. De acordo com o deputado estadual, o gestor e seus aliados condenavam a possibilidade de privatizar empresas do Estado.

 

Em 2013, a bancada governista na assembleia chegou a aprovar um projeto de lei, enviado pelo então governador Jaques Wagner (PT), que revogava uma lei de 1999 que permitia ao estado privatizar a Embasa. À época, deputados petistas se inflamaram em discursos na Casa, sendo contrários a possível venda da empresa de água. “Será que agora depois que quebraram o estado tornou-se conveniente adotar a medida?”, questionou o líder.

Réveillon de Salvador terá Ferrugem, Anitta, Safadão e La Fúria; grade foi divulgada em SP
Ivete Sangalo também está confirmada | Foto: Divulgação / Prefeitura de Salvador

Com previsão de cinco dias de festa, 70 horas de música e apresentação de artistas com renome nacional, a prefeitura de Salvador anunciou nesta quarta-feira (17), em São Paulo, as atrações já confirmadas para a edição do Festival Virada Salvador deste ano, festa da gestão municipal que marca o réveillon na capital baiana. A cantora Ivete Sangalo já tinha sido confirmada para comandar a virada (veja aqui)

 

Em coletiva para um público formado por operadores e agentes de turismo, influenciadores, artistas e imprensa, o prefeito ACM Neto anunciou as atrações de mais um festival. Já estão confirmadas as apresentações de Anitta, Wesley Safadão, Ferrugem, Ivete Sangalo, Luan Santana, Léo Santana, Daniela Mercury, Lá Fúria, Jorge e Mateus, Milton Nascimento, Harmonia do Samba, Kevinho, Lincoln & Duas Medidas, Psirico, Matheus e Kauan, Xand Avião, Devinho Novaes, Cláudia Leite, Alok e Bell Marques. A dupla Simone e Simaria, atualmente em pausa por conta de problemas de saúde de Simaria (entenda aqui), também foi confirmada na festa. 

 

A expectativa é que a grade completa para cada dia de evento seja anunciada pelo prefeito nas próximas semanas.. O Festival Virada Salvador vai movimentar a primeira capital do Brasil entre 28 de dezembro e 1º de janeiro, na orla da Boca do Rio. A expectativa é que 500 mil turistas passem pela festa, o que significa, pelos cálculos da prefeitura, uma injeção de R$400 milhões na economia da cidade e 100% de ocupação hoteleira. 

 

“A gente faz esse evento em São Paulo todo ano para apresentar ao Brasil, em seu berço econômico, o maior Réveillon do Brasil. Quando assumi a Prefeitura, em 2013, Salvador praticamente não tinha Réveillon. Era uma festa improvisada, no Farol da Barra. Levamos o Réveillon para a Praça Cairu, na Cidade Baixa, e foi um sucesso, se transformando em festival. Como a festa foi crescendo a cada ano, a praça ficou pequena e mudamos a festa, desde o ano passado, para a orla da Boca do Rio”, disse o prefeito. 

 

O prefeito também detalhou a estrutura de serviços para o evento, com médicos, ambulâncias e transporte 24 horas. E mais: revelou que o Festival Virada Salvador terá outros espaços para divertir quem marcar presença, a exemplo de roda-gigante (a mesma do Rock in Rio) e da tirolesa, que atraíram um grande público ano passado, e espaço de alimentação. 

Quarta, 17 de Outubro de 2018 - 20:21

Paulo Câmara declara apoio e Geraldo Júnior chega a 20 aliados pela presidência da Câmara

por Guilherme Ferreira

Paulo Câmara declara apoio e Geraldo Júnior chega a 20 aliados pela presidência da Câmara
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias

O vereador e ex-presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Câmara (PSDB), e o vereador Téo Senna (PHS) anunciaram na noite desta quarta-feira (17) que vão apoiar Geraldo Júnior (SD) na disputa pela presidência da Casa este ano. Com essas confirmações, o representante do SD já possui 20 aliados na eleição.

 

Ao Bahia Notícias, Paulo Câmara afirmou que Geraldo "é o candidato hoje que reúne as melhores condições para presidir a Casa". O vereador do PSDB foi eleito deputado estadual no último dia 7, mas deve participar da votação para a presidência da Câmara, marcada para o dia 19 de dezembro. Ele já foi eleito presidente do Legislativo de Salvador por dois mandatos, entre 2013 e 2016.

 

Geraldo retornou à Câmara esta semana após passar mais de um ano e meio à frente da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer. Já nesta terça (16), Geraldo havia anunciado o apoio de dez nomes: Marcelle Moraes (PV), Paulo Magalhães Júnior (PV), Sabá (PV), Orlando Palhinha (DEM), Maurício Trindade (DEM), Alexandre Aleluia (DEM), Duda Sanches (DEM), Joceval Rodrigues (PPS), Cezar Leite (PSDB) e Tiago Correia (PSDB).

 

Nesta quarta, também já declararam apoio a Geraldo outros oito vereadores, além de Paulo Câmara: Edvaldo Brito (PSD), Lorena Brandão (PSC), Felipe Lucas (MDB), Daniel Rios (MDB), Luiz Carlos (PRB), Rogéria Santos (PRB), Ireuda Silva (PRB) e Isnard Araújo (PHS). (Atualizada às 21h32)

Pesquisa diz que só 8% de imagens em grupos de WhatsApp são verdadeiras
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Um levantamento realizado pela agência de checagem Lupa e por professores de universidades brasileiras analisou 357 grupos de WhatsApp e encontrou, entre as imagens mais compartilhadas, apenas 8% do conteúdo podendo ser classificado como verdadeiro. 

 

De acordo com a Agência Brasil, o estudo buscou analisar o fenômeno da desinformação e das mensagens falsas em grupos na plataforma, que vem sendo apontada como principal espaço de disseminação desse tipo de conteúdo.

 

Das 50 imagens mais compartilhadas nos grupos checados, considerando foto e texto, apenas quatro foram consideradas verdadeiras, entre elas uma de Bolsonaro em uma maca e outra do autor da facada no candidato, Adélio Bispo de Oliveira. Do total, oito (16%) eram falsas, como uma montagem que mostrava a ex-presidente Dilma Rousseff ou lado de Che Guevara.

 

Outras Quatro (8%) foram consideradas insustentáveis, conceito da agência para conteúdos que não se baseiam em nenhum banco de dados público confiável, como fotos de Lula e FHC afirmando que os dois se reuniram para planejar assaltos a banco. Outras nove eram fotos reais, mas com alusões a teorias da conspiração sem comprovação.

 

Da amostra, apenas sete fotos eram reais, mas tiradas de contexto, como um registro de Aécio Neves e Fidel Castro acompanhado da acusação do político tucano ter virado “aluno” do dirigente cubano. No total, segundo o levantamento, 56% das imagens que mais circularam foram consideradas “enganosas”.

 

PROPOSTA
Os autores do estudo sugeriram propostas para reverter o quadro revelado. Em documento enviado ao WhatsApp, foi solicitado a redução da possibilidade de encaminhamento de mensagens para, no máximo, cinco destinatários. Hoje, este limite é de até 20 pessoas ou grupos. Segundo o professor da Universidade de São Paulo (USP), Pablo Ortellado, o WhatsApp respondeu que tal medida seria inviável.

 

“Nós discordamos. Na Índia, após uma série de linchamentos causados por boatos difundidos no aplicativo, o WhatsApp conseguiu implementar mudanças em poucos dias. Nossa situação é bastante grave. Estamos conclamando também o TSE e outras instituições com poder regulatório para agir”, escreveu Ortellado, em texto em sua rede oficial sobre o relatório.

 

O estudo analisou conteúdos enviados entre os dias 16 de setembro de 7 de outubro, ou seja, em boa parte do 1º turno das eleições deste ano. A amostra trouxe 347 grupos monitorados pelo projeto Eleição sem Fake, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). 

Régis, ex-Bahia, é preso por tentar invadir apartamento de vizinho no DF
Foto: Divulgação / EC Bahia

O jogador de futebol Régis, que tem passagem pelo Bahia, foi preso no Distrito Federal após tentar invadir o apartamento de um vizinho, segundo informações do G1. A Polícia Civil informou que o crime aconteceu na manhã de segunda-feira (15).

 

Detido em flagrante, Régis foi liberado após assinar um termo circunstanciado, mas deve se apresentar à Justiça para uma audiência, que ainda não tem data marcada.

 

Segundo a Polícia Militar, o atleta estava "alterado" e "ameaçava o vizinho e dizia que quebraria tudo no apartamento". No entanto, ele foi detido antes de cometer qualquer ato violento.

 

Régis foi desligado oficialmente do São Paulo no início do mês. A diretoria do clube paulista alegou "problemas pessoais" do atleta.

Estudo revela que brasileira tem cada vez menos filhos, aponta ONU
Foto: Agência Brasil

 

No Brasil, as mulheres têm cada vez menos filhos, segundo o relatório Situação da População Mundial, do Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa-ONU). O estudo, lançado nesta quarta-feira (17), revela que a média de filhos da família brasileira é de 1,7 - a média era de 6 filhos na década de 1960. Os dados ainda mostram que a taxa de fecundidade no Brasil é inferior à média da América Latina (20 e do mundo (2,5).

 

O Brasil tem menor índice de fecundidade na comparação com outros 11 países da América Latina. Entre eles são República Dominicana, Costa Rica, El Salvador, México, Nicarágua, Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Uruguai e Venezuela.  Conforme as informações do relatório, a brasileira se torna mãe em média aos 26,4 anos.

 

O representante da Unfpa, Jaime Nadal, explica que a expectativa é de um processo de envelhecimento "maior e mais acelerado" da população. "Hoje não só as pessoas têm menos filhos, como vivem mais", afirma. Para ele, existem duas realidades: casais e mulheres que decidem ter menos filhos por dificuldade de conciliar vida profissional e pessoal, por exemplo - e ainda mulheres que não têm acesso a serviços de saúde pública e métodos contraceptivos para evitar a gravidez.

Presidente da OAB emite nota de repúdio contra ameças à presidente do TSE
Foto: Reprodução / Blog da Floresta

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, emitiu uma nota de repúdio na última terça-feira (16) contra as ameaças feitas à presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber. Na nota, Lamachia diz que "são graves e preocupantes as mensagens em tom de ameaça endereçadas à presidente" e que "a apuração do caso deve ser prioritária e os responsáveis devem ser punidos de forma exemplar, de acordo com o rigor da lei".


O dirigente destacou ainda que a OAB "tem a obrigação de zelar pela manutenção de um ambiente eleitoral saudável e que lutou pela existência de um Judiciário independente, não abrirá mão de atuar em defesa da Justiça".


Lamachia ressaltou que "na medida em que a eleição se aproxima do desfecho, é preciso que todas as correntes políticas passem a propagar a necessidade de equilíbrio, respeito às leis e pacifismo. São também inaceitáveis os recentes episódios de agressão motivados pela posição política da vítima".


A ministra Rosa Weber recebeu uma mensagem na última semana, em tom de ameaça, dizendo que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) está "matematicamente eleito", e que "se as urnas forem fraudadas", a população irá para as ruas até que uma nova eleição com voto impresso seja feita. Ao final, a mensagem dizia: "experimente deixar que isso aconteça".


O presidente da OAB afirmou que "não há espaço, dentro do ordenamento brasileiro, a manifestações de incitação à violência e ao ódio".

TRF-4 nega pedido da defesa e decide manter Eduardo Cunha como apenado
Foto: Reprodução / EBC

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou, nesta quarta-feira (17), o pedido de reconsideração da decisão que indeferiu a liminar que pretendia mudar a condição do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, de apenado para preso preventivo.

 

De acordo com o TRF-4, no julgamento da apelação de Cunha pelo Tribunal, o qual foi condenado por unanimidade a 14 anos e seis meses de reclusão em novembro do ano passado, houve a determinação de execução provisória da pena em segundo grau, tornando o réu apenado, e não mais preso preventivo.

 

Contra a decisão da apelação, a defesa interpôs embargos infringentes e de nulidade. O recurso não foi admitido, pois segundo o relator, desembargador federal João Pedro Gebran Neto, não houve divergência na decisão condenatória. A defesa então, impetrou habeas corpus solicitando a alteração do status de Cunha, de apenado para preso preventivo, que foi negado pelo relator em liminar.

 

Na decisão desta quarta, a 8ª Turma do TRF-4 manteve o indeferimento da liminar negada pelo relator,  entendendo que, enquanto não houver decisão da 4ª Seção, não pode haver alteração na condição de apenado para preso preventivo.

Jovem desaparece após passar fim de semana em Ilhéus; ela está sumida há 18 dias
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Uma jovem de 24 anos, moradora de Itabuna está desaparecida desde que saiu de casa para passar um fim de semana na cidade de Ilhéus. Daniele Elias Santa Leão foi vista pela última vez no dia 28 de setembro.

 

Imagens de uma câmera de segurança mostram a jovem em uma moto, no bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus. Segundo a família de Daniele, a jovem apareceu em casa por volta das 14h, no dia em que foi vista pela última vez, na companhia de um mototaxista, falando que iria para Ilhéus passar o fim de semana. Desde então, ela não deu mais notícia e não atendeu mais ao telefone.

 

Antes de ir para Ilhéus, Daniele foi em casa para pegar uma encomenda e fez um saque em um caixa eletrônico em seguida.

 

A polícia informou que a Justiça pediu a quebra do sigilo telefônico da jovem para conseguir pista das pessoas envolvidas no desaparecimento dela. Segundo o G1, o caso está sendo investigado pela delegacia de Itabuna.

Corpos de três primos são encontrados com sinais de tortura na Fazenda Grande do Retiro
Foto: VestCom

Corpos de três primos foram encontrados com os braços amarrados, marcas de tiros e sinais de tortura na Rua do Horto, no bairro da Fazenda Grande do Retiro, nas proximidades da Avenida San Martin, na madrugada desta quarta-feira (17).

 

Conforme a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os corpos dos três homens foram localizados pela polícia por volta das 3h sem nenhuma identificação. De acordo com o Correio, a assessoria de comunicação do Departamento de Polícia Técnica (DPT) informou que as vítimas eram Willdemar Souza Santos, Diego Marlon Lemos da Silva e Carlos Fabrício dos Santos Espírito Santos. As idades não foram reveladas.

Haddad divulga carta aberta aos evangélicos enaltecendo origem religiosa
Foto: Divulgação / PT

Com diversas citações bíblicas e reafirmando que posições em relação ao aborto e o que chamou de “ideologia de gênero” não estão o seu plano de governo, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, divulgou nesta quarta-feira (17), uma carta aberta aos evangélicos. 

 

Intitulada “Carta aberta ao Povo de Deus”, o texto defende a origem cristã e familiar do candidato que é professor. “Venho de família religiosa desde meu avô. Sou casado há 30 anos com a mesma mulher, Ana Estela, minha companheira de jornada que criou comigo dois filhos, nos valores que aprendemos com nossos pais. Sou professor, passaram por minhas mãos milhares de jovens com os quais aprendi e ensinei meus sonhos de um Brasil digno e soberano”, escreveu o ex-ministro da Educação no governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

 

Na carta direcionada diretamente ao povo evangélico, segmento religioso cujo lideranças declararam apoio a Jair Bolsonaro (PSL), Haddad defendeu que sua candidatura se espelha em mais ideais cristãos ao não refletir o medo, ódio e mentiras. 

 

“Desde as eleições de 1989, o medo e a mentira são semeados entre o povo cristão contra candidatos do PT. Comunismo, ideologia de gênero, aborto, incesto, fechamento de Igrejas, perseguição aos fiéis, proibição do culto: tudo o que atribuem ao meu futuro governo foi  usado antes contra Lula e Dilma. As peças veiculadas, de baixo nível, agridem a inteligência das pessoas de boa vontade, que não se movem pelo ódio e pela descrença”, argumentou o presidenciável. 

PM prende falso vendedor ambulante com arma e munição dentro de isopor em um ônibus
Foto: Divulgação

Um homem que fingia ser vendedor ambulante foi preso portando um revólver calibre 38, além de munições dentro de isopor em um ônibus. A prisão foi feita por equipes da Operação Gêmeos, nesta quarta-feira (17), na Boca do Rio, em Salvador.

 

De acordo com a Polícia Militar, os policiais faziam rondas preventivas na localidade, quando populares informaram sobre um roubo dentro de um ônibus intermunicipal, da empresa Costa Verde. O veículo foi cercado e o falso vendedor, identificado como Cleidson dos Santos Sousa Júnior, de 21 anos, foi capturado.

 

Ainda segundo a PM, três aparelhos celulares foram recuperados na ação e Cleidson responde em liberdade provisória por crime de roubo. O caso foi registrado no Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc), na Baixa do Fiscal. 

Câmara derruba veto de Temer e libera piso de R$ 1.250 para agentes de saúde em 2019
Foto: Reprodução /

A Câmara dos Deputados derrubou, nesta quarta-feira (17), um veto do presidente Michel Temer (MDB) a um projeto de lei que reajustava para R$ 1.550,00 o piso salarial de agentes comunitários de saúde para os próximos anos. 

 

Aprovados, os reajustes começam a partir de 2019 com um aumento do piso para R$ 1.250,00 a partir de janeiro e seguem, em previsão, até janeiro de 2021, quando o piso deve atingir R$ 1.550,00. A votação desta quarta-feira foi realizada por meio de cédula e, no plenário da Câmara, não houve oposição à derrubada do veto.

PF encontra mensagens entre integrante da PGR e braço direito de Temer
Foto: Reprodução / EBC

A Polícia Federal (PF) encontrou mensagens eletrônicas trocadas pelo ex-assessor de Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures, com um integrante da cúpula da Procuradoria-Geral da República (PGR), de acordo com o jornal O Globo. As mensagens, registradas em 2016, envolvem o secretário-geral da gestão da PGR, Alexandre Camanho, e foram encontradas após quebra de sigilo do ex-deputado Rocha Loures.

 

De acordo com O Globo, as mensagens indicam que o procurador tinha uma relação próxima com Rocha Loures, que na época era o braço-direito de Temer. Alexandre Camanho indica nomes para o ministério do presidente e sugere repassar informações ao presidente por meio de Rocha Loures. Ainda de acordo com o veículo, em um dos diálogos, Camanho diz ao assessor que tinha um “assunto importante e urgente” para tratar, mas pede que seja fora do palácio por ser “muito expositivo”.

 

Alexandre Camanho é atualmente um dos principais auxiliares da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Na época das conversas, Dodge ainda não era procuradora-geral da República e Camanho não era subordinado a ela, segundo O Globo.

Asilo inglês atende pedido e contrata gogo boys para animar e servir jantar para idosas
Foto: Reprodução / Extra

Gogo boys foram contratados pela direção de um asilo da cidade de Colchester, na Inglaterra, para divertir e servir um jantar para as idosas que moram na instituição. O pedido para a contratação dos profissionais partiu das próprias idosas, e os gestores do asilo decidiram atender a reclamação.

 

Imagens do evento circulam nas redes sociais e é possível ver as idosas rindo, sendo massageadas e tendo o jantar servido por dois gogo boys usando aventais. De acordo com o portal Extra, familiares das idosas também foram convidados por elas para participarem da comemoração.

Histórico de Conteúdo