Líder do PSL na Câmara dispara contra Bolsonaro: 'Vou implodir o presidente'
Foto: Alan Santos/PR

A crise no PSL ganha cada vez mais corpo. Em áudio divulgado pelo Estadão nesta quinta-feira (17), o líder do PSL na Câmara, o deputado federal Delegado Waldir (GO) disse que vai “implodir” o presidente Jair Bolsonaro (PSL). A afirmação teria sido feita numa reunião interna da ala ligada ao presidente do partido, Luciano Bivar (PE). O áudio foi gravado por um dos presentes.

“Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Não tem conversa. Eu implodo ele. Eu sou o cara mais fiel. Acabou, cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo. Eu andei no sol em 246 cidades para defender o nome desse vagabundo”, afirma Waldir. Logo em seguida, alguém não identificado o alerta: “Cuidado com isso, Waldir”.

A reunião teria acontecido no final da tarde da última quarta-feira (16), no gabinete da liderança do PSL na Câmara. Parlamentares relataram que estavam sendo pressionados por Bolsonaro a assinar uma lista para alçar o filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) à liderança da sigla na Câmara, destituindo, portanto, Delegado Waldir do posto (leia mais aqui e aqui). 

Dois deputados relataram ter recebido os pedidos em reunião com o próprio presidente no Palácio do Planalto. “Os meninos chegaram lá e o presidente disse: ‘Assina se não é meu inimigo’”, diz uma das presentes. “Eu não consegui não assinar”, responde o deputado Luiz Lima (PSL-RJ). O deputado Loester Trutis (PSL-MS)  também diz ter sido pressionado.

No entanto, apesar da articulação, Bolsonaro sofreu uma derrota nesta quinta. a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados afirmou que Delegado Waldir prossegue como líder do partido na Casa (leia mais aqui).

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 16:40

Bandeira Azul: Ilha dos Frades entra em alerta com óleo na Baía de Todos-os-Santos

por Jade Coelho

Bandeira Azul: Ilha dos Frades entra em alerta com óleo na Baía de Todos-os-Santos
Foto: Jade Coelho / Bahia Notícias

A chegada das manchas de petróleo em Salvador e na Baía de Todos-os-Santos (saiba mais aqui e aqui) acendeu o sinal de alerta da Fundação Baía Viva responsável pela praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, na Ilha dos Frades. A praia possui certificação internacional de Bandeira Azul. O selo foi renovado pela quarta vez pela Foundation for Environmental Education (FEE) em setembro deste ano (leia aqui), ele certifica a qualidade das principais praias ao redor do mundo.

 

Para a concessão do selo, são observados requisitos de qualidade socioambiental, como segurança, qualidade da água, gestão e educação ambiental.

 

De acordo com a coordenadora de projetos da Fundação Baía Viva, Adriana Alencar, a praia está sendo monitorada 24 horas e a Fundação está enviando relatórios diários para a coordenadora do programa Bandeira Azul no Brasil Leana Bernardes.

 

Adriana garantiu ao Bahia Notícias que a balneabilidade da praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe segue normalizada e que nenhuma mancha de óleo foi detectada em sua extensão.

 

A integrante da Baía Viva afirmou que não se sabe se o selo de Bandeira Azul da praia corre risco. Adriana também ressaltou que a fundação vem acompanhando de perto as decisões e informações divulgadas pelo Ibama e o Inema, e que ainda não tem um retorno do programa Bandeira Azul nesse sentido.

Justiça suspende despejo do principal centro de formação do MST no Nordeste
Foto: Reprodução / MST.org

A reintegração de posse do centro de formação do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) no Nordeste, no assentamento Normandia, em Caruaru, interior de Pernambuco, foi suspensa por uma liminar na noite da última terça-feira (15) pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

 

O desembargador Manoel Erhardt determinou que a ordem de despejo não seja cumprida até que o recurso do movimento social questionando a execução da sentença contra o centro de formação Paulo Freire seja julgado pelo TRF-5, segundo a Folha de São Paulo.

 

O recurso chamado agravo de instrumento foi impetrado pela associação responsável pela gestão do centro de formação. O mesmo magistrado também acolheu pedido semelhante elaborado por outra associação, responsável pelo assentamento.

 

No despacho, o desembargador alega que a questão envolve interesses sociais sensíveis e que é possível se chegar a uma solução conciliada.

 

O desembargador alegou que não enxerga perigo da demora em desfavor do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), autor do pedido de reintegração, que, segundo ele, em caso de insucesso na via conciliatória, poderá retomar o curso do cumprimento da sentença.

 

“Por outro lado, há fundado perigo de produção de danos irreparáveis na imediata reintegração de posse, sendo recomendável a prévia tentativa de resolução amigável do conflito”, diz o magistrado. 

 

O centro de formação faz parte da área comum no assentamento Normandia. O local conta com três agroindústrias, 52 alojamentos, salas de aula, auditório para 700 pessoas, centro comunitário, quadra esportiva, academia pública para atividades físicas, creche e refeitório.

 

O processo tramitava desde 2008 e foi transitado em julgado contra o MST no final de 2017. Em agosto passado, 20 dias após ser nomeado superintendente do Incra em Pernambuco, o coronel da PM Marcos Campos de Albuquerque solicitou que a Justiça Federal ordenasse o cumprimento da sentença.

 

O juiz da 24º Vara Federal Tiago Antunes de Aguiar aceitou o pedido e deu prazo de 30 dias, a contar da notificação, para desocupação espontânea da área. Em seguida, após reuniões com representantes do governo estadual e deputados federais da comissão de direitos humanos da Câmara, o magistrado abriu novo prazo para posicionamento oficial do Incra.

 

O órgão federal, diferentemente do que afirma o MST, alega que as construções na área comum do assentamento foram feitas sem a anuência do órgão federal. O local é considerado o coração do movimento social na região por já ter formado, em parcerias com universidades federais e estaduais, mais de 8.000 pessoas só em cursos de graduação e pós-graduação.

 

Há também cursos técnicos na área de agroecologia e parcerias, entre outras instituições, com UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), UPE (Universidade Estadual de Pernambuco), Embrapa  (Empresa Brasileira de Pesquisa de Agropecuária) e Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

 

A fazenda, com 556 hectares, foi invadida pelo MST em maio de 1993. Em abril de 1996, após greve de fome que durou dez dias, uma equipe do Incra de fora de Pernambuco vistoriou o local e emitiu laudo atestando que o imóvel era improdutivo.

 

Um ano depois, o Incra concedeu a posse da área a 41 famílias. Posteriormente, o imóvel virou oficialmente um assentamento. Cada lote tem 10 hectares.

Em derrota do Planalto, PSL mantém líder na Câmara e destitui filhos de Bolsonaro
Foto: Reprodução / Câmara dos Deputados

Em uma derrota para a ala do PSL ligada ao presidente Jair Bolsonaro, a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados afirmou nesta quinta-feira (17) que o Delegado Waldir (GO) continua líder do partido na Casa.

A Secretaria-Geral conferiu as assinaturas das três listas protocoladas na noite desta quarta (16), duas delas apresentadas pela ala bolsonarista do PSL, que tentava destituir Waldir e substituí-lo pelo deputado Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), na liderança da legenda na Câmara.

Segundo deputados, o presidente atuou pessoalmente para influir no processo. A disputa opõe aliados de Bolsonaro e do presidente do PSL, Luciano Bivar (PE).

Em outro capítulo da guerra aberta dentro do PSL, Bivar destituiu Eduardo Bolsonaro (SP) e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) das presidências da legenda em São Paulo e no Rio de Janeiro, respectivamente. Ambos são filhos do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Outra aliada de Bolsonaro, a deputada Bia Kicis (PSL-DF) também foi removida do comando do PSL do Distrito Federal.

Na noite de quarta, a ala bolsonarista entregou uma lista com 27 assinaturas para tirar Waldir do comando da bancada. Pouco depois, a ala bivarista apresentou sua própria lista, com 31 deputados. Os aliados do presidente apresentaram outra lista, com 27 nomes.

Segundo a Secretaria-Geral, das 27 assinaturas da primeira lista, 26 conferiram. Na lista dos apoiadores de Waldir, dos 31 nomes, 29 foram confirmados. E da terceira, dos 27 nomes, 24 conferiram –a assinatura é comparada com o cartão de assinatura do deputado.

A SGM reportou a análise ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que chancelou.

Pelas regras, a última lista apresentada valeria. Mas, como não alcançou um nome a mais da metade dos parlamentares do partido, foi desconsiderada. Ficou valendo, então, a protocolada pelos apoiadores do Delegado Waldir, a única também com apoio de mais da metade dos deputados peselistas.

Alguns nomes aparecem nas duas listas, como os dos deputados Coronel Chrisóstomo, Daniel Silveira e Luiz Lima.

Nesta quinta, Delegado Waldir reuniu jornalistas e afirmou que os dissidentes da ala bolsonarista não serão expulsos, mas poderão sofrer sanções legais.

“Ninguém vai ser expulso. Nós vamos atender o que existe de regras na Constituição, no que existe no regimento da Câmara e dentro do regimento do PSL”, afirmou.

Apesar do tom pacificador, Waldir criticou “algumas pessoas que não respeitaram o partido, o presidente Luciano Bivar, a minha pessoa e outros parlamentares.”

Ele disse estar sofrendo uma campanha “deliberada” para prejudicar a imagem de alguns parlamentares com fake news. “Esses que estão usando esse critério, propagando difamação, até calúnia, essas pessoas sofrerão as sanções legais”, disse.

O parlamentar minimizou ainda o embate com os bolsonaristas. “Só aconteceu, o que é muito normal na democracia, uma disputa pela liderança do PSL, que é um espaço estratégico.”

Waldir afirmou que sua liderança é temporária e termina em janeiro, e que em fevereiro o partido escolherá outro líder. O parlamentar disse ter começado a elaborar uma lista ao tomar conhecimento de que havia o recolhimento de assinaturas de alguns parlamentares. Apesar disso, Waldir afirmou que pretende pacificar o PSL.

“A gente sabe que houve um grande embate, muito desgaste, mas queria dizer que nós somos extremamente fiéis ao governo. Repetir: 98% fiel ao governo”, afirmou o parlamentar, que negou ter obstruído, na terça, a votação da medida provisória que reformulava a estrutura do governo.

Durante a sessão, Waldir determinou que a legenda entrasse em obstrução —tática comumente usada pela oposição para dificultar votações de interesse do Planalto. Segundo o parlamentar, a obstrução teve como objetivo evitar que os peselistas levassem falta no plenário.

MAIA

Mais cedo, em referência à disputa travada na bancada do PSL, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que brigas internas de partidos não atrapalham o andamento das pautas no Congresso.

“Há um ambiente de modernização do Estado brasileiro que contamina a maioria daquela Casa e não são brigas internas de partido A ou B que vão atrapalhar o prosseguimento da nossa pauta”, disse Maia.

Ele confirmou na ocasião que a decisão sobre a liderança da bancada caberia à Secretaria-Geral da Mesa da Câmara, com a verificação e a contagem das assinaturas.

“O que for checado será cumprido. Essa não é uma decisão política, é uma decisão estritamente da Secretaria-Geral”, afirmou.

Bolsonaro decide retirar Joice Hasselmann da liderança do Governo no Congresso
Foto: Reprodução/ Pablo Valadares - Câmara dos Deputado

O presidente Jair Bolsonaro resolveu retirar a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) da liderança do governo no Congresso. Seu substituto no cargo será o senador Eduardo Gomes (MDB-TO). De acordo com integrantes do governo, a crise com o PSL acelerou a saída de Joice, mas a troca já era cogitada há algum tempo.

 

A situação de Joice ficou insustentável no governo na quarta-feira, após a deputada assinar uma lista de apoio à permanência de Delegado Waldir (GO) na liderança do PSL na Câmara. Bolsonaro articulou para que um dos seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), assuma o lugar, segundo O Globo.

 

Joice foi escolhida líder do governo em fevereiro, pela indicação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e tinha bom trânsito com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que no início do governo era responsável pela articulação política. Ela vinha perdendo espaço, no entanto, desde que a a articulação foi repassada para a Secretaria de Governo, em agosto. O ministro Luiz Eduardo Ramos, titular da pasta, deu preferência ao líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO).

 

Bolsonaro também já criticou Joice publicamente por, segundo ele, estar com "um pé em cada canoa", em referência à sua aproximação com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), para uma possível candidatura à prefeitura de São Paulo em 2020. Entre a noite de quarta-feira e a manhã desta quinta-feira, Joice discutiu no Twitter com o o assessor especial da Presidência Filipe Martins e com o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP).

 

Senador de primeiro mandato, Eduardo Gomes foi deputado federal por três mandatos, entre 2003 e 2011. Também já foi vereador em Palmas entre 1997 e 2003.

Justiça concede liminar que garante feriado no Dia dos Comerciários
Foto: Reprodução / G1

Juíza da 22ª Vara do Trabalho de Salvador, vinculada ao Tribunal Regional do Trabalho - 5ª Região (TRT-BA), Cristina Maria Oliveira de Azevedo concedeu nesta quinta-feira (17) uma liminar garantindo o feriado do Dia dos Comerciários, na próxima segunda-feira (21).

A liminar foi concedida ao Sindicato dos Comerciários, e garante feriado para toda a categoria do setor lojista e da Federação do Comércio.

"Que a reforma trabalhista vetou o caráter ultrativo das normas coletivas, causando prejuízo aos comerciários em função da não assinatura da Convenção deste ano, inclusive quanto ao  tradicional dia da categoria", disse a juíza na decisão, entendendo o argumento do Sindicato, de que em todas as convenções coletivas da categoria, até hoje celebradas, sempre foi estabelecido esse feriado.  “Em Salvador, o feriado para os comerciários em outubro de cada ano é evento que ocorre há décadas, já tendo se incorporado à tradição desta localidade”, acrescentou.

Ainda foi determinado que a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA) e o (Sindicato dos Lojistas do Com da Cidade do Salvador) Sindilojas divulguem a decisão, sob pena de
pagarem multas de R$ 500 mil e de R$ 2 mil por cada funcionário que for obrigado a trabalhar no feriado.

Na última sexta-feira (11), o presidente do Sindlojas, Paulo Motta, afirmou ao Bahia Notícias que o acordo que não liberou o feriado se deu por divergências com o Sindicato dos Comerciários. Ele apontou que o acordo não aconteceu por conta de detalhes. Os comerciários pediam uma bonificação de R$ 45 por cada feriado – 12 de outubro e 8 de dezembro -, folga e vale alimentação de R$ 8 para quem trabalhasse acima de 6h. Eles só quiseram avançar nos R$ 40 do trabalhador e R$ 5 depositados na conta do sindicato. Eles falaram que só podiam fazer isso autorizados pelo dono do dinheiro: o comerciário. Eles não concordaram porque entendem que o comerciário não iria deixar fazer esse desconto para eles”, disse na ocasião.

Por isto, as lojas e shoppings não funcionaram durante o feriado de Nossa Senhora Aparecida, no último sábado (12), quando também foi comemorado o Dia das Crianças. Segundo Motta, o dia 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição, estes espaços também não terão funcionamento. 

Tecon lamenta decisão judicial que proíbe a ampliação do Porto de Salvador
Foto: Reprodução / Tecon Salvador

A Tecon Salvador lamentou a decisão do juiz Ávio Mozar de Novaes, da 12ª Vara Federal da Bahia, que determinou liminarmente (isto é, provisoriamente) a suspensão das obras de ampliação do Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon) (saiba mais aqui). 

"Tecon Salvador está indignado e lamenta imensamente a proibição de ampliação, que vai causar prejuízos enormes tanto ao empreendimento, que está com 60% das obras concluídas e gera cerca de 700 empregos, quanto para o Estado da Bahia, que se vê impedido de avançar em seu desenvolvimento comercial. O terminal é fundamental para a atração de novos negócios para a Bahia, geração de emprego e renda. Com investimentos de cerca de R$ 400 milhões, realizados com recursos totalmente privados, a expansão é de extrema urgência e importância para manter o Porto de Salvador na rota dos principais serviços marítimos. A ampliação vai dobrar o tamanho do atual berço de atracação – de 377 metros para 800 metros -, permitindo atender a navios maiores", informou em nota. 

A Tecon frisou, ainda, que a execução da obra é o "único" empreendimento portuário em andamento classificado pelo Governo Federal como de "prioridade nacional", tendo sido incluída no Programa de Parcerias de Investimentos do Governo Federal (PPI). "Isso quer dizer que é de interesse estratégico e deve ser tratado como prioridade nacional", pontuou. 

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 15:00

Com Biden acuado, aliados de Trump apontam Warren como rival em 2020

por Fábio Zanini | Folhapress

Com Biden acuado, aliados de Trump apontam Warren como rival em 2020
Foto: Divulgação

A campanha à reeleição de Donald Trump já vê a senadora Elizabeth Warren como sua mais provável adversária na disputa de 2020, e o caminho para a vitória passa por associá-la a um termo que é quase uma ofensa para muitos americanos: socialista. A avaliação foi feita por Mercedes Schlapp, 46, que foi diretora de Comunicação da Casa Branca de 2017 até julho deste ano e participou da Cpac, conferência conservadora ocorrida na sexta-feira (11) e no sábado (12) em São Paulo.

"Elizabeth Warren é uma candidata da extrema esquerda, que tem a marca do socialismo. Se você olha para os independentes, olha inclusive para os democratas moderados, eles não gostam disso", disse à reportagem Mercedes, que ocupará a função de "conselheira-sênior" na campanha de Trump à reeleição. "Trump tem a oportunidade de dizer: 'a economia está mais forte do que nunca, estamos enfrentando a imigração ilegal, e esses socialistas vão mudar a direção e destruir a democracia dos EUA'."

Na visão da assessora republicana, o ex-vice-presidente Joe Biden, que vinha sendo apontado como favorito para ser o postulante democrata, está praticamente descartado como oponente. "As pesquisas mostram que ela [Warren] está ganhando terreno, e é porque há tanta controvérsia cercando Biden. O cenário é problemático para ele. Acho que veremos Warren ir bem já nas primárias dos primeiros estados", afirmou. Nos EUA, a escolha dos candidatos a presidente é feita por meio de eleições primárias nos estados, que devem começar em fevereiro.

Segundo uma média de pesquisas divulgada na sexta pelo jornal The New York Times, Biden, da ala moderada do Partido Democrata, ainda se mantém ligeiramente à frente da esquerdista Warren, por uma margem de 26% a 23%. Em julho ele tinha mais de 30%. A controvérsia a que ela se refere é a ligação do filho de Biden, Hunter, com uma empresa ucraniana suspeita de corrupção. Em uma conversa telefônica com o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, o líder americano pressionou para que a família do ex-vice-presidente fosse investigada, o que levou ao início de um processo de impeachment contra Donald Trump.

Mas o imbróglio também jogou luz sobre possíveis conflitos de interesse envolvendo Joe Biden e seu filho. No domingo (13), Hunter anunciou que deixaria o conselho de outra empresa à qual é ligado, a chinesa BHR, administradora de fundos de investimentos. "Agora mesmo há uma caçada por Hunter Biden, ninguém sabe onde ele está. Desapareceu, está escondido", disse Matt Schlapp, 51, marido de Mercedes e presidente da União Conservadora Americana, que organiza a versão americana da Cpac. O evento, que nos EUA é realizado desde 1973, ocorreu pela primeira vez no Brasil, trazido por Eduardo Bolsonaro.

A estratégia dos republicanos para rebater a suspeita de que Trump abusou do cargo para perseguir Biden também já está traçada e terá duas ações simultâneas, segundo deixou claro o casal. A primeira é reforçar que presidentes têm a prerrogativa de conversar com líderes estrangeiros livremente, pois isso atende ao interesse nacional dos EUA.

"Temos uma longa tradição diplomática na qual o chefe de Estado pode conversar com líderes estrangeiros e isso se mantém confidencial. Se isso começa a ser vazado para a imprensa, pode levar a menos comunicações. Quanto menos Trump conversa, menos sabe o que está acontecendo nesses países e qual a decisão correta a tomar sobre diversos assuntos", afirmou Matt. A segunda perna da estratégia é dizer que o impeachment é algo que poderá desestabilizar os Estados Unidos. "O objetivo deles [democratas] é criar distração e caos. Isso pode levar a uma crise econômica, a uma crise constitucional, por causa do ódio contra Trump", disse Mercedes.

Para seu marido, o processo de impeachment é preocupante, mas não em razão de algum crime que o presidente tenha cometido. "Estou preocupado no sentido de que é um processo em busca de um crime. Os democratas tentaram por dois anos e meio provar alguma ligação de Trump com a Rússia, e não conseguiram. Estão tentando de novo agora", afirmou Matt.

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 14:54

Óleo chega à Baía de Todos-os-Santos; Paraguaçu e Subaé podem ser atingidos

por Ian Meneses / Bruno Leite

Óleo chega à Baía de Todos-os-Santos; Paraguaçu e Subaé podem ser atingidos
Foto: Reprodução / Prefeitura de Vera Cruz

As manchas de óleo que atingem o Nordeste chegaram à Baía de Todos-os-Santos. Pelotas do petróleo bruto foram vistas na manhã desta quinta-feira (17) na praia do Jaburu, em Vera Cruz, na Ilha de Itaparica. A informação, confirmada pela Superintendência de Defesa Civil da Bahia (Sudec), aponta que até agora apenas a faixa de areia desta praia foi atingida.

 

De acordo com o superintendente da Sudec, Paulo Sergio Menezes Luz, o responsável pela Defesa Civil de Vera Cruz, Marcelo Faraó, já foi contatado e equipes foram designadas para a limpeza da faixa de areia. "Ele está fazendo a limpeza e retitraram um volume que, até o momento, é de três metros cúbicos de material", explicou. 

As operações de recolhimento das manchas de óleo estão se concentrando nas praias, segundo o superintendente, órgãos como a Marinha do Brasil e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), estudam uma maneira eficaz de conter o material ainda na água. 

 

Paulo Sergio Luz revelou ainda que há o risco das manchas chegarem até os dois rios que desembocam na Baía, o Paraguaçu e o Subaé, mas que o órgão segue trabalhando para encontrar uma estratégia de contenção. "Ainda não chegou, vamos ver se até lá descobrimos um jeito de conter ela [a mancha]", concluiu.

Jequié: MP aciona ex-prefeita por falta de repasse de verbas à previdência local
Foto: Reprodução / Júnior Mascote

A ex-prefeita de Jequié, no Médio Sudoeste, Tânia Britto, foi denunciada pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) por suspeita de irregularidades em repasses do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Jequié (Iprej). Em ação civil pública, os promotores Rafael de Castro Matias e Saulo Rezende Moreira afirmam que a ex-gestora causou grave prejuízo aos cofres da prefeitura por não fazer repasses das contribuições previdenciárias do Município e do Fundo Municipal de Saúde ao Iprej.

 

O MP-BA pediu também a indisponibilidade de bens da ex-prefeita até o limite mínimo de cerca de R$ 2 milhões, equivalente ao dano sofrido pelo erário. Além disso, os promotores cobraram que a Justiça condene Tânia Britto pela prática de improbidade administrativa, determinando entre outros atos a perda da função pública e suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos. 

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 14:20

Cúpula do DEM quer sigla distante da nova crise de Bolsonaro e não descarta fusão com PSL

por Rodrigo Daniel Silva

Cúpula do DEM quer sigla distante da nova crise de Bolsonaro e não descarta fusão com PSL
Foto: Divulgação

A cúpula do DEM quer manter o partido distante da crise entre o presidente Jair Bolsonaro e sua sigla, o PSL, segundo fontes da legenda ouvidas pelo Bahia Notícias. A estratégia é evitar que a "confusão" provocada pelo chefe do Palácio do Planalto afete a legenda que é comandada nacionalmente pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

A avaliação dentro da legenda é de que Bolsonaro quer o "controle do PSL" e prova disto é a articulação para colocar o seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, como líder do PSL na Câmara (relembre aqui). Neste sentido, segundo os aliados, Bolsonaro "vai tentar matar politicamente" o presidente do PSL, Luciano Bivar.

Fontes do DEM entendem que a operação da Polícia Federal contra Bivar foi orquestrada pelo Palácio do Planalto para enfraquecer o ainda correligionário (reveja aqui). Se perder a queda de braço, a tendência é o presidente da República deixar a sigla. 

Caso Bolsonaro deixe a legenda, os democratas cogitam uma fusão com o PSL, pois, há uma “disposição de concentrar” com os aliados de Bivar. "Mas temos que esperar essa lambança. É esperar o mar pegar fogo para comer o peixe fresco", disse um democrata, sob condição do anonimato. 

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 14:00

Dayane se opõe a Eduardo na liderança do PSL, mas nega agir contra Bolsonaro

por Rodrigo Daniel Silva

Dayane se opõe a Eduardo na liderança do PSL, mas nega agir contra Bolsonaro
Foto: Divulgação

Única deputada federal do PSL na Bahia, Dayane Pimentel se posicionou contra o colega Eduardo Bolsonaro assumir a liderança do partido na Câmara dos Deputados, mas negou, nas redes sociais, agir contra o presidente Jair Bolsonaro, que  articula para o filho ser o novo líder. 

Com a posição contrária a Eduardo, Dayane mostrou integrar a ala fiel ao presidente do partido, Luciano Bivar, que nos últimos dias entrou em rota de colisão com o presidente da República. Bivar quer manter o Delegado Waldir (PSL-GO) na liderança da sigla.

"Assinei a lista que me pediram para assinar. Não assinei contra ninguém, assinei a favor do que o partido me solicitou, pois foi esse o compromisso que fizemos no início do mandato, Delegado Waldir não era meu voto, mas aceitei a decisão da maioria, inclusive foi a opção de Eduardo. [...] Apoiei Eduardo para embaixada, e o apoiarei sempre que necessário. Apoio o presidente Bolsonaro dia e noite, apoio toda equipe governamental. Cobram o que mais de mim? Minha anulação como ser humano, meu 'amém' para absolutamente tudo mesmo quando não sou consultada?", questionou. 

Martelo batido! Final da Libertadores de 2020 será no Maracanã
Foto: Divulgação

O estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, será palco da final da Copa Libertadores da América de 2020. O anúncio foi feito pela Conmebol nesta quinta-feira (17), na sua sede em Assunção, no Paraguai, e a praça esportiva receberá a decisão do maior torneio de clubes da América do Sul justamente no ano em que completa 70 anos. O jogo está marcado para o dia 21 de novembro, um sábado. Já a disputa do título da Copa Sul-Americana será no estádio Mario Kempes, em Córdoba, na Argentina, no dia 7 do mesmo mês, uma quinta.

 

"Por decisão do Conselho da Conmebol, foram selecionadas as cidades de Rio de Janeiro e Córdoba como cidades-sedes para as finais únicas de 2020", informou a Conmebol.

 

Será a segunda vez na história da Libertadores que o Maracanã verá a volta olímpica de um time campeão. A primeira foi em 2008 quando a LDU venceu o Fluminense nos pênaltis. Em 1981, o Flamengo conquistou o título sobre o Cobreloa, do Chile, no terceiro jogo da decisão, após empatar no saldo de gols os duelos no Maraca e no Estádio Nacional. Já o Vasco levou a taça em Guaiaquil, no Equador, contra o Barcelona, após jogar o primeiro duelo em São Januário.

 

A Libertadores e a Copa Sul-Americana de 2019 serão decididas em jogo único, respectivamente, nos dias 23 e 9 de novembro. Até 2018, os torneios eram definidos partidas de ida e volta.

Ex-prefeitos de Cardeal da Silva, Entre Rios e Olindina são punidos por contratação irregular
Foto: Reprodução / Montagem

Os ex-prefeitos Cardeal da Silva, Maria Quitéria; de Entre Rios, Fernando de Oliveira; e de Olindina, Bianca Menezes de Jesus, foram punidos pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA). Segundo a Corte, os ex-gestores cometeram irregularidade na nomeação do médico Alexsandro da Anunciação Ramos. Conforme o relator do processo, Fernando Vita, o médico exerceu durante o ano inteiro de 2014 cinco cargos simultaneamente.

 

Ramos tinha cargo nas prefeituras de Olindina, Cardeal da Silva, Entre Rios, Conde e Rio Real. Na gestão dos três ex-prefeitos citados, o médico foi admitido em 01/01/2014 por Entre Rios; em 16/01/2014 por Cardeal da Silva e, por fim, em 03/02/2014 por Olindina. Pela irregularidade, os ex-prefeitos foram multados em R$ 2 mil.Ainda cabe recurso da decisão.

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 13:20

Inscrições para Fuzuê e Furdunço 2020 abrem nesta sexta; processo será digital

por João Brandão / Ailma Teixeira

Inscrições para Fuzuê e Furdunço 2020 abrem nesta sexta; processo será digital
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias

Os grupos culturais e atrações artísticas interessadas em participar do Fuzuê ou do Furdunço, no Carnaval de Salvador de 2020, devem ficar atentos: as inscrições começam nesta sexta-feira (18) e seguem abertas até o dia 1º de novembro. Os avisos de chamamento público serão publicados no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira (17).

 

De acordo com as publicações a que o Bahia Notícias teve acesso, uma das novidades é que, neste ano, o processo de seleção será totalmente digital. Os documentos referentes à fase inicial deverão ser enviados no prazo de inscrição. Assim, os projetos aprovados nessa etapa terão de 02 a 11 de dezembro para enviar a proposta artística e os documentos de avaliação. Em seguida, os aprovados terão o prazo de três dias úteis, contados a partir da publicação do resultado final no DOM, para enviar a documentação complementar.


No caso do Fuzuê, há ainda outra novidade. Pela primeira vez, o projeto será aberto para grupos culturais de Pessoas com Deficiência (PCD’s). Mais informações podem ser encontradas no site www.fuzue2020.salvador.ba.gov.br. Quanto ao Furdunço, o edital está disponível no endereço www.furdunco2020.salvador.ba.gov.br.

PF faz operação contra pirâmide financeira da Unick Forex, que opera na Bahia
Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (17) a Operação Lamanai, que tem como alvo a empresa Unick Forex, que opera na Bahia. No entanto, não há mandados no estado.  Com sede em São Leopoldo, ela é acusada de montar um esquema de pirâmide financeira. A empresa dizia ter mais de um milhão de clientes, atraídos pela promessa de dobrar o capital em seis meses e ainda ganhar comissão com a indicação de outros investidores. 

Segundo informações da Polícia Federal do Rio Grande do Sul, a investigação tem o apoio da Receita Federal e identificou captações que chegaram a R$ 40 milhões por dia pela organização criminosa, que parou de pagar os investidores em agosto deste ano. A empresa chegou a contratar no início de outubro um escritório de advocacia para negociar acordos para pagamentos aos clientes, o Nelson Wilians & Advogados Associados.

A Unick tinha sede também em Belize, paraíso fiscal na América Central, e dizia ter uma terceira empresa que garantia os investimentos e que era proprietária de um terreno para loteamento em Goiás. Nas últimas semanas, o presidente e fundador da Unick, Leidimar Lopes, estava enviando vídeos e comunicados da sede de Belize. Leidimar criou a Unick usando o mesmo CNPJ e endereço de outra empresa, a Phoner, de venda de produtos, que também era suspeita de atuar como pirâmide. O ex-Trapalhões Dedé Santana e a ex-Balão Mágico Simoni foram usados como garotos-propaganda da Unick.

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 13:00

Wagner cutuca ACM Neto e cobra decreto de emergência sobre manchas de óleo 

por Rodrigo Daniel Silva

Wagner cutuca ACM Neto e cobra decreto de emergência sobre manchas de óleo 
Foto: Montagem / Bahia Notícias

O senador Jaques Wagner (PT) cutucou, nesta quinta-feira (17), o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e cobrou que o democrata decrete situação de emergência ambiental após as manchas de óleos nas praias. 

"O Governo do Estado já decretou. Estranhamente, poucos prefeitos não decretaram emergência ambiental. Um deles é o da capital. Não sei se é porque tá querendo ser solidário à baixa eficiência da gestão federal", afirmou Wagner, em entrevista à Rádio Senado.

O senador cobrou ainda uma ação "mais concreta e objetiva" para resolver a questão. A prefeitura de Salvador informou, nesta quarta-feira (16), que o número parcial das manchas de petróleo retiradas das praias de Salvador é de 22 toneladas e 660 quilos, na Pituba, Jardim dos Namorados, Jardim de Alah, Boca do Rio, Stella Maris e Praia do Flamengo (saiba mais aqui). 

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 12:40

Oficiala de Justiça com notificação de liminar é recebida com aplausos na Petrobras

por Cláudia Cardozo

Oficiala de Justiça com notificação de liminar é recebida com aplausos na Petrobras
Foto: Reprodução/ Instagram

A oficiala de Justiça Rozângela Gama foi recebida com aplausos pelos trabalhadores da Petrobras, da unidade da Pituba, em Salvador. A oficiala de Justiça levava aos representantes da estatal a notificação da liminar que suspende o desmonte da empresa na Bahia. O fato ocorreu na manhã desta quinta-feira (17). A liminar foi deferida pelo juiz do Trabalho Danilo Gaspar na noite desta quarta-feira (16) (veja aqui).

 

A ação foi movida pelo Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA). O registro foi publicado no Instagram da própria instituição. O MPT diz na publicação que o ato foi “um momento emocionante para todos os que se dedicam a proteger a lei trabalhista”. Ação do MPT visa garantir milhares de empregos, combater o assédio moral organizacional e proteger a comunidade de um “drástico golpe na economia local”. Os empregados da estatal desceram ao térreo para receber a servidora que trazia a notificação da liminar. Os trabalhadores ainda cantaram o hino nacional.

Mancha de óleo chega no Rio vermelho, Ondina e Farol da Barra
Foto: Bruno Concha/ Secom Salvador

Novas manchas de óleo apareceram nas praias do Rio Vermelho, Ondina e Farol da Barra, em Salvador, e o número de pontos da capital baiana atingidos pelo derramamento, ainda de causa desconhecida, subiu para 11 nesta quinta-feira (17).

Até esta quarta (16), ao menos 22 toneladas de óleo foram retiradas pela Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) durante oito horas num trecho de pouco mais de um quilômetro, desde a praia da Pituba até o Farol da Barra. 

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 12:20

Em cima da hora, União Europeia e Reino Unido chegam a acordo sobre o brexit

por Folhapress

Em cima da hora, União Europeia e Reino Unido chegam a acordo sobre o brexit
Foto: Reprodução / Facebook

O Reino Unido e a União Europeia (UE) chegaram a um acordo nesta quinta (17) para a saída do país do bloco, dando início a uma corrida contra o tempo para aprovar a proposta até 31 de outubro, data marcada para o brexit. Eram 10h35 em Londres (6h35 em Brasília) quando o premiê Boris Johnson fez o anúncio esperado há meses: "Nós temos um acordo que retoma o controle", escreveu ele em uma rede social. A informação foi confirmada simultaneamente pelo presidente da Comissão Europeia (o braço executivo da UE), Jean-Claude Juncker.  

A aprovação do projeto, porém, ainda tem um longo caminho a percorrer e há dúvidas se ele terá apoio suficiente para ser confirmado no Parlamento britânico, a etapa derradeira.  Os líderes dos 28 Estados-membros da União Europeia (incluindo Boris) vão se reunir em Bruxelas entre quinta e sexta (18) para dar uma espécie de bênção ao acordo. Isso feito, caberá aos legislativos do bloco e do Reino Unido aprovarem a medida, que depois voltará para os chefes de Estado ratificarem.  Enquanto pelo lado europeu não são esperados problemas na aprovação, no Reino Unido ninguém tem ideia do que acontecerá. 

Durante a madrugada, o partido norte-irlandês DUP, que faz parte da coalizão governista e é considerado o fiel da balança para a aprovação do projeto, anunciou que era contra o acordo até aquele momento -a sigla ainda não se manifestou após o anúncio do primeiro-ministro.  Além disso, a oposição trabalhista não perdeu tempo e já se declarou contra o projeto. "Pelo que sabemos, parece que o primeiro-ministro negociou um acordo ainda pior que o de Theresa May, que foi amplamente rejeitado", disse o líder da sigla, Jeremy Corbyn. 

Ele se referiu ao acordo anterior feito pela UE com a antecessora de Boris. A proposta foi aprovada pelos europeus, mas acabou rejeitada três vezes pelo Legislativo britânico, o que acabou precipitando a renúncia de May. O novo acordo de Boris é, na realidade, uma versão modificada deste acordo anterior e o temor é que ele tenha o mesmo destino. A votação no Parlamento britânico deve acontecer já neste sábado (19), em uma sessão extraordinária -a última vez que a Casa se reuniu em um sábado foi em 1982, um dia após o início da Guerra das Malvinas.  

Uma lei aprovada pelos deputados estabelece que o Parlamento deve aprovar até as 23h locais (19h de Brasília) de sábado um acordo para o brexit. Caso isso não aconteça, o premiê deve pedir um adiamento do brexit para o fim de janeiro de 2020.  O projeto foi aprovado porque os parlamentares queriam impedir o chamado "no deal", ou seja, o divórcio sem acordo. Segundo estudos, uma saída dessa forma poderia derrubar a economia britânica. 

Boris, porém, chegou ao cargo prometendo que o Reino Unido deixaria o bloco no dia 31 de qualquer maneira. Ele já disse que, caso isso não aconteça, vai buscar brechas para não pedir o adiamento -o que poderia jogar o país em uma crise constitucional entre Executivo e Legislativo. Por isso, a corrida para a aprovação imediata. 

Quais os próximos passos

17.out Governo britânico deve divulgar o novo texto do acordo e a recomendação de sua equipe jurídica 

18.out Líderes europeus reunidos em Bruxelas tem até esta data para recomendarem a aprovação do projeto

19.out Parlamento britânico vota a aprovação ou não do acordo

31.out Data marcada para o brexit

31.jan.2020 Data para a qual o brexit deve ser adiado caso o acordo não seja aprovado   

Advogados querem impedir lançamento de série da Netflix sobre Panama Papers
Foto: Reprodução / Toofab

Um escritório de advocacia entrou com uma ação judicial para que a Justiça proíba o lançamento do filme "The Laundromat", na Netflix. Traduzido como "A Lavanderia", o longa-metragem aborda o escândalo que ficou conhecido como “Panama Papers” por expor 11,5 milhões de documentos que revelaram um esquema global de empresas de fachada em paraísos fiscais, as “offshores”.

 

Ao todo, 376 jornalistas de 76 países e 109 órgãos de mídia trabalharam em conjunto para apontar cerca de 200 mil companhias offshore, vinculadas ao escritório de advocacia Mossack Fonseca. De acordo com a revista Exame, apenas no Brasil, ao menos 107 empresas de fachada foram criadas para 57 brasileiros envolvidos no esquema de corrupção da Petrobras. Um dos políticos citados no caso foi o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

 

Diante desse montante de dados, o Panama Papers também é lembrado como o maior vazamento sobre corrupção do mundo.

 

Com isso, os advogados Jürgen Mossack e Ramón Fonseca entraram com uma ação no Tribunal Federal de Connecticut e estão pressionando por uma ordem de restrição para impedir o lançamento do filme. Segundo o Papel Pop, com informações do Hollywood Reporter, eles alegam que a produção é difamatória e que seu lançamento interferiria um julgamento criminal, caso os promotores federais os acusassem de lavagem de dinheiro.

 

Previsto para chegar à plataforma de streaming nesta sexta-feira (18), o filme é estrelado por Meryl Streep no papel de uma viúva que, sozinha, começa a investigar a fraude no mercado de seguros. Ao chegar à dupla de advogados, ela descobre que Mossack, interpretado por Gary Oldman, e Fonseca, vivido Antonio Banderas, se aproveitam do sistema financeiro a nível mundial.

Decisão do STF sobre prisão em 2ª Instância pode beneficiar 5 mil presos e não 169 mil
Foto: CNJ

Uma mudança de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca da execução provisória de uma pena após condenação em 2º Grau pode beneficiar 4,8 mil presos no país. A informação é do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).  Em dezembro de 2018, quando o ministro Marco Aurélio Mello suspendeu, em liminar, a prisão após condenação em segunda instância, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, citou um número muito maior: 169 mil presos. O número também foi citado pela Procuradoria-Geral da República no pedido de manutenção do entendimento atual.

 

Ao divulgar o número reduzido, o CNJ explicou que o número citado pelo presidente do STF faz referência ao total de presos provisórios no país, extraído do Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP). O número é a soma de todos os presos já sentenciados, mas sem trânsito em julgado, incluindo também o universo de prisões cautelares aplicadas em sentença de primeiro grau ou mesmo em segunda instância, o que não está em julgamento nas referidas ADCs.

 

“São casos de prisão cautelar previstos na legislação processual penal como, por exemplo, para garantia da ordem pública, por conveniência da instrução penal ou para assegurar a aplicação da lei penal (art. 312 do Código de Processo Penal), que podem inclusive ser aplicadas em qualquer fase do processo, até mesmo antes de sentença de primeiro grau”, explica o CNJ. O CNJ refuta a possibilidade de soltura dos quase 5 mil presos após a decisão do STF, pois a situação variará de caso a caso, com a possibilidade de um juiz determinar a prisão preventiva, que pode ser decretada a qualquer tempo, a depender das peculiaridades do caso. Assim, nem todas essas pessoas seriam liberadas.

Torcedores do Vasco são agredidos antes de clássico com Botafogo
Foto: Reprodução / TV Globo

Dois torcedores do Vasco foram espancados por vários homens num posto de combustível, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. A dupla estava à caminho do estádio de São Januário para acompanhar o clássico com o Botafogo, realizado na noite desta quarta-feira (16), pela 26ª rodada do Brasileirão.

 

De acordo com as informações do site "G1", Jeferson Oliveira, de 21 anos, e Jorge Alexandre da Cruz, de 30 anos, estavam indo em direção a um ponto de ônibus quando foram cercados por um grupo de dez homens munidos com pedaços de paus. Os dois correram para o posto de combustível em busca de abrigo. Segundo testemunhas, eles seriam torcedores do Flamengo. Antes do clássico carioca, o time Rubro-Negro também jogou nesta quarta contra o Fortaleza, no Ceará. Um das vítimas tentou entrar no carro de uma mulher que estava abastecendo. Os agressores então passaram a atacar o veículo.

 

Os dois vascaínos foram levados ao Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo. Após atendimento, Jorge foi liberado, enquanto Jeferson recebeu pontos na cabeça, foi encaminhado ao Hospital de Saracura, mas segundo familiares, os médicos disseram que ele está fora de perigo.

 

A Polícia Civil informou que os celulares dos dois torcedores do Vasco foram levados. Os donos dos carros onde as vítimas tentaram se esconder registraram queixa por vandalismo e roubo, já que na confusão os pertences dentro dos veículos foram levados. Em outro local, próxima à Rodovia Washington Luiz, um terceiro torcedor do Vasco também foi agredido pelo mesmo grupo de homens.

Liminar da Justiça do Trabalho suspende desmonte da Petrobras na Bahia
Foto: Google Street View

O juiz Danilo Gaspar, da 6ª Vara do Trabalho de Salvador, suspendeu a desmobilização da Petrobras na Bahia. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA) em uma ação cautelar protocolada na terça-feira (15) para garantir a proteção da sociedade e dos trabalhadores. A decisão foi proferida na noite desta quarta-feira (16). Na terça-feira, o órgão havia realizado uma mediação entre o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro) e a Petrobras. O cumprimento da decisão é imediato, mas a empresa precisa ser notificada pessoalmente. Um oficial de justiça deverá ser enviado à sede da empresa para entregar o documento a partir dessa quinta-feira (17).

 

A decisão proíbe a Petrobras de transferir empregados e criar programas de demissão voluntária. "Essa é uma atuação histórica. Faz parte da luta para a garantia de empregos, reiterando os limites da lei. Constatamos, por meio da força-tarefa, a submissão dos trabalhadores da Petrobras a uma situação de terror psicológico, seja pela falta de transparência, seja pela sonegação do mínimo de informação, ou pela ausência de segurança sobre o destino profissional daquelas milhares de pessoas. Ficou caracterizado o assédio moral organizacional (coletivo). O MPT agiu e o Poder Judiciário confirmou”, avaliou o procurador-chefe do MPT na Bahia, Luís Carneiro. Além dele, a ação é assinada também pelos procuradores do trabalho Séfora Char, Luís Barbosa e Rosineide Mendonça.

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 11:00

Rui Costa reúne prefeitos para tratar sobra manchas de óleo; secretários de ACM Neto irão

por Rodrigo Daniel Silva

Rui Costa reúne prefeitos para tratar sobra manchas de óleo; secretários de ACM Neto irão
Foto: Montagem / Bahia Notícias

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), reúne, na tarde desta quinta-feira (17), prefeitos e dirigentes da Defesa Civil dos municípios baianos atingidos por manchas de óleo. Na Europa, o prefeito ACM Neto (DEM) não vai ao encontro, mas enviará três integrantes da gestão soteropolitana.

Segundo apurou o Bahia Notícias, vão para a reunião: o secretário da Casa Civil, Luiz Carreira, o chefe da Limpurb, Marcos Passos e o diretor da Codesal, Sosthenes Macedo. Depois de ir para a canonização de Irmã Dulce e ter encontros em Portugal, ACM Neto chega no final da tarde desta quinta a Salvador. 

O convite do governador foi feito a gestores de oito municípios afetados. Além da capital baiana, Mata de São João, Conde, Camaçari, Entre Rios, Esplanada, Jandaira e Lauro de Freitas. Participam da reunião também órgãos estaduais envolvidos nesta ação: Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria do Meio Ambiente, Inema, Procuradoria Geral do Estado, Casa Civil, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Secretaria de Infraestrutura.

TONELADAS
A prefeitura informou, nesta quarta-feira (16), que o número parcial das manchas de petróleo retiradas das praias de Salvador é de 22 toneladas e 660 quilos, na Pituba, Jardim dos Namorados, Jardim de Alah, Boca do Rio, Stella Maris e Praia do Flamengo

Até terça-feira (15), Salvador havia registrado apenas 37 quilos do material desde a última quinta-feira, quando chegaram as primeiras pelotas de petróleo na capital baiana. Além das praias acima, também foram atingidas as de Ipitanga, Piatã, Itapuã, Placaford e Buracão (Rio Vermelho).

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 10:40

Desabamento de prédio residencial em Fortaleza deixa ao menos quatro mortos

por Folhapress

Desabamento de prédio residencial em Fortaleza deixa ao menos quatro mortos
Foto: João Pedro Ribeiro/ TVM

Uma quarta vítima foi confirmada após desabamento de prédio residencial em Fortaleza. O corpo foi retirado da área dos escombros por volta das 6h40 desta quinta-feira (17), terceiro dia seguido de buscas. Segundo o coronel, o corpo é de um homem, mas ainda não há identificação da vítima. 

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, Eduardo Holanda, sete pessoas resgatadas com vida e seis desaparecidas. Não há crianças entre eles. "Temos esperança de encontrar pessoas vivas. Há bolsões [de ar] e localizamos cinco pontos, por meio dos cães farejadores e de drone que identifica calor em que podem existir vítimas", disse.

O maquinário pesado, utilizado quando não há mais vítimas, só foi usado para retirada de laje que colocava em risco os socorristas. "Ainda estamos trabalhando manualmente para achar pessoas vivas", disse o comandante. Os corpos das duas mulheres encontrados nesta quarta já foram retirados dos escombros. Segundo os bombeiros, não houve durante o dia barulhos notados de possíveis sobreviventes, mas isso não significa que não haja mais vítimas vivas apesar de mais de 32 horas do desabamento.

"As pessoas podem perder a força, mais debilitadas, para fazer barulhos, mas não significa que não estejam vivas", disse Holanda. O desabamento do edifício residencial Andrea, de sete andares, ocorreu na manhã de terça (15) no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. Frederick Santana dos Santos tinha 30 anos e não resistiu aos ferimentos. Ele estava em um mercado que foi atingido pelos escombros.

O edifício Andrea tinha dois apartamentos por andar e um na cobertura, 13 no total. Era antigo e grande e, segundo vizinhos, moradia de muitos idosos. No momento do desabamento, barulho e fumaça chamaram a atenção da vizinhança toda. O edifício não tinha porteiro, apenas um zelador a ser acionado em caso de problemas. Havia segurança inteligente, contratada de uma empresa, mas relatos mostram que além da obra estrutural que estava sendo feita em pilares do prédio, e que será investigada se é a causa do desabamento, moradores dividiam o apartamento, de cerca de 140 metros cada, em dois, principalmente para alugar.

Um deles com essa modificação, no primeiro andar, estava sendo oferecido há cerca de um ano por R$ 1.000 o aluguel mensal.

Conquista: Homem é preso com quase 30 kg de maconha em ônibus de turismo
Foto: Divulgação / SSP-BA

Quase 30 quilos de maconha foram apreendidos na noite desta quarta-feira (16) em Vitória da Conquista, no sudoeste. A droga estava em uma mala de um passageiro que viajavam em um ônibus de turismo. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um homem, de 29, foi preso após confessar que levaria a droga para Maceió, em Alagoas, depois de ter embarcado em São Paulo (SP).

 

O flagrante ocorreu durante fiscalização na BR 116. Durante a varredura no veículo, foram encontrados 28 kg de maconha prensada, embaladas em 39 pacotes. O homem, de 29 anos e natural de Aracaju (SE), contou que receberia R$ 1,5 mil para levar o entorpecente. O acusado vai responder por tráfico de drogas (art. 33 da lei de tóxicos).

Por criticar canonização de Irmã Dulce, público pede saída de Márcia Fellipe de show católico
Foto: Reprodução / Instagram

Após usar as redes sociais, no último final de semana, para criticar a canonização de Irmã Dulce (veja aqui), a forrozeira Márcia Fellipe causou revolta em muitos seguidores, que a acusaram de promover intolerância religiosa por ser evangélica.

 

Com a repercussão negativa, a artista fez uma live para se explicar aos seguidores e pedir desculpas. “Eu peço aqui desculpa. Não falei sobre religião. Falei sobre o que a palavra nos diz. Muita coisa que a gente vê acontecendo no meio do mundo, ela é feita pelo homem. Assim, tem gente distorcendo que eu tenho intolerância a religião, em nenhum momento”, garantiu.

 

“O que falei sobre a Irmã Dulce não foi sobre ela. Foi sobre o que iam fazer com o nome dela. Eu quero deixar bem claro: ela é um ser humano exemplo a ser seguido por todos nós”, lembrou.

 

A forrozeira confessou ainda que estava se sentindo a pior pessoa de todo o mundo. “Se botar o mundo todo, eu sou o pior ser humano. Sou a mais pecadora de todas, mas eu tenho buscado e espero que eu possa nascer de novo em Cristo. Que isso fiquei claro pra todo mundo. Não tenho intenção de ofender ninguém. Aqui no nosso País tem disso. Eu, que não sou nem subcelebridade, trabalho para sustentar meus filhos. Canto para sustentar minha casa. Eu não almejo ser renomada, ser isso ou aquilo. Quem trabalha comigo me conhece. Não tenho essa vaidade. Sou grata a Deus por ele abrir as portas. Grato aos que vão aos meus shows”, finalizou.

 

Apesar das desculpas, os moradores de Guarabira, na Paraíba, pediram à organização da Festa da Luz que cancele o show da cantora no tradicional evento católico que será realizado na última semana de janeiro. O evento é uma celebração à padroeira da Diocese de Guarabira, Nossa Senhora da Luz.

 

"Recomendo que a organização reveja a contratação da Márcia Fellipe. Festa de uma padroeira onde ela critica a religião, mas quer ganhar cachê das festas. Uma extrema hipocrisia"; "Contradição chamar uma mulher que não acredita nos santos para cantar em um evento dos padroeiros. Ainda dá tempo de tirar ela"; "#ElaNão"; "Fora Márcia", são alguns dos recados deixados na página oficial da festa.

Morre ex-diretor da Globo Maurício Sherman; ele foi um dos criadores do 'Fantástico'
Foto: Divulgação

O diretor da TV Globo Maurício Sherman morreu, na manhã desta quinta-feira (17), aos 88 anos. De acordo com o G1, ele estava em casa, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

 

Sherman foi um dos criadores do “Fantástico” e diretor de diversos programas na emissora, como o "Faça Humor, Não Faça a Guerra", "Chico Anysio Show", "Os Trapalhões", e "Zorra Total" e foi também diretor-executivo da Central Globo de Produção. Além disso, esteve à frente de programas de variedades, a exemplo do "Video Show" e "Domingão do Faustão". 

Simões Filho: PF deflagra operação contra cartel de 'cegonheiros'
Foto: Reprodução / Caminhões e Carretas

Policiais federais cumprem mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (17) em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Denominada de pacto, a operação apura formação de cartel entre empresas de transporte rodoviário de veículos novos, conhecidos como “cegonheiros”. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), a investigação constatou a existência de um acordo anticompetitivo entre as empresas que fixava artificialmente o valor do frete dos veículos 0km.

 

Eles também dividiam o mercado nacional entre os participantes do cartel. O objetivo do grupo era eliminar a livre concorrência e impedir a entrada de novas empresas no mercado, o que eleva substancialmente o valor do serviço. Os envolvidos vão responder peles crimes contra a ordem econômica (artigo 4º, da Lei 8.137/90) e de organização criminosa (art. 2º, da Lei nº. 12.850/2013), cujas penas somadas poderão alcançar 13 anos de prisão.

 

Além de Simões Filho, os mandados são cumpridos nas cidades de Santo André e São Bernardo do Campo, na região do ABC Paulista, Serra (ES) e Betim (MG).

Histórico de Conteúdo